of 119

Power Point + Backup

Published on June 2016 | Categories: Documents | Downloads: 0 | Comments: 0
13 views

Comments

Content


INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 1

Aula 4 - Cópias de Segurança (Backup). Conceitos e Modos de
Utilização de Aplicativos para Edição de Apresentações: Ambiente
Microsoft Office
Olá, pessoal, saudações a todo(a)s!!
Rumo à nossa aula sobre Backup e Powerpoint!
Bons estudos, CONFIANÇA e DEDICAÇÃO. Não desista, você
conseguirá.

Prof
a
Patrícia Lima Quintão
Twitter !ttp""www#twitter#com"p$uintao
%acebook !ttp""www#&acebook#com"pro&essorapatricia$uintao

Conteúdo desta Aula Página
Backup (Segurança). '(
)icroso&t Powerpoint (2003)# (*
)icroso&t Powerpoint (2007)# +,
)icroso&t Powerpoint (2010)# -.
/ista de Questões Comentadas# 0(
/ista de Questões Apresentadas na 1ula# (''
2abarito# ((.
Glossário# ((3

Antes de conceituarmos o termo backup, vamos a alguns conceitos
fundamentais de segurança, listados a seguir.
O que significa segurança?
4 colocar tranca nas portas de sua casa5 4 ter as in&ormações
6uardadas de &orma su&icientemente se6ura para $ue pessoas sem
autori7aç8o n8o ten!am acesso a elas5 Vamos nos preparar
para que a próxima vítima não seja você ☺ ☺☺!!!
1 segurança 9 uma pala:ra $ue está presente em nosso cotidiano
e refere-se a um estado de proteção, em que estamos "livres" de
perigos e incertezas!




Segurança da informação é o processo de proteger a informação de
diversos tipos de ameaças externas e internas para garantir a
continuidade dos negócios, minimizar os danos aos negócios e
maximizar o retorno dos investimentos e as oportunidades de
negócio.
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 2

;oluções pontuais isoladas n8o resol:em toda a problemática associada à
se6urança da in&ormaç8o# ;e6urança se &a7 em pedaços, por9m todos eles
inte6rados, como se &ossem uma corrente#
Segurança se faz protegendo todos os elos da corrente, ou seja,
todos os ativos (físicos, tecnológicos e humanos) que compõem seu
negócio. Afinal, o poder de proteção da corrente está diretamente
associado ao elo mais fraco!
<m uma corporaç8o, a se6urança está li6ada a tudo o $ue manipula direta
ou indiretamente a in&ormaç8o (inclui=se a> tamb9m a pr?pria in&ormaç8o e
os usuários !!!), e $ue merece proteç8o# <sses elementos s8o c!amados de
ATIVOS, e podem ser di:ididos em
• tan6>:eis in&ormações impressas, m?:eis, !ardware (<@#impressoras,
scanners)A
• intan6>:eis marca de um produto, nome da empresa, con&iabilidade de
um ?r68o &ederal etc#A
• l?6icos in&ormações arma7enadas em uma rede, sistema <RP (sistema de
6est8o inte6rada) etc#A
• &>sicos 6alp8o, sistema de eletricidade, estaç8o de trabal!o etcA
• !umanos &uncionários#
Os ATIVOS são os elementos que sustentam a operação do negócio e
estes sempre trarão consigo VULNERABILIDADES que, por sua vez,
submetem os ativos a AMEAÇAS#
Princípios da segurança da informação
1 se6urança da in&ormaç8o busca prote6er os ati:os de uma empresa ou
indi:>duo com base na preser:aç8o de al6uns princ>pios# Bamos ao estudo de
cada um deles!!
Os $uatro princípios considerados centrais ou principais, mais comumente
cobrados em pro:as, s8o a Con&idencialidade, a Inte6ridade, a
Disponibilidade e a Autenticidade (4 poss>:el encontrar a si6la CIDA, ou
DICA, para &a7er menç8o a estes princ>pios!)# Importante
D isponibilidade
I ntegridade
C onfidencialidade
A utenticidade
%i6ura# )nemCnico DICA
• Confidencialidade (sigilo): 9 a 6arantia de $ue a in&ormaç8o n8o será
con!ecida por $uem n8o de:e# O acesso às in&ormações de:e ser limitado,
ou seDa, somente as pessoas [email protected] autori7adas podem acessá=
las# Perda de con&idencialidade si6ni&ica perda de se6redo# ;e uma
in&ormaç8o &or con&idencial, ela será secreta e de:erá ser 6uardada com
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 3

se6urança, e n8o di:ul6ada para pessoas sem a de:ida autori7aç8o para
acessá=la#
<@emplo o nEmero do seu cart8o de cr9dito s? poderá ser con!ecido por
:ocF e pela loDa em $ue 9 usado# ;e esse nEmero &or descoberto por
al6u9m mal intencionado, o preDu>7o causado pela perda de
con&idencialidade poderá ser ele:ado, Dá $ue poder8o se &a7er passar por
:ocF para reali7ar compras pela Gnternet, proporcionando=l!e preDu>7os
&inanceiros e uma 6rande dor de cabeça!
• Integridade: esse princ>pio destaca $ue a in&ormaç8o de:e ser mantida
na condiç8o em $ue &oi liberada pelo seu proprietário, 6arantindo a sua
proteç8o contra mudanças intencionais, inde:idas ou acidentais# <m
outras pala:ras, 9 a 6arantia de $ue a in&ormaç8o $ue &oi arma7enada 9 a
$ue será recuperada!!!
1 $uebra de inte6ridade pode ser considerada sob . aspectos
(# alterações nos elementos $ue suportam a in&ormaç8o = s8o &eitas
alterações na estrutura &>sica e l?6ica em $ue uma in&ormaç8o está
arma7enada# Por [email protected] $uando s8o alteradas as con&i6urações de
um sistema para ter acesso a in&ormações restritasA
.# alterações do conteEdo dos documentos
[email protected](# ima6ine $ue al6u9m in:ada o notebook $ue está sendo
utili7ado para reali7ar a sua declaraç8o do Gmposto de Renda
deste ano, e, momentos antes de :ocF en:iá=la para a Receita
%ederal a mesma 9 alterada sem o seu consentimento! Heste
caso, a in&ormaç8o n8o será transmitida da maneira ade$uada, o
$ue $uebra o princ>pio da inte6ridadeA
[email protected] alteraç8o de sites por hackers (vide a &i6ura se6uinte,
retirada de !ttp""www#6(#6lobo#com)# 1cesso em Dun# .'((#

%i6ura# ;ite da Iia = a6Fncia de inteli6Fncia do 6o:erno
1mericano = $ue te:e seu conteEdo alterado inde:idamente
em Dun# .'((#
• Disponibilidade 9 a 6arantia de $ue a in&ormaç8o de:e estar dispon>:el,
sempre $ue seus usuários (pessoas e empresas autori7adas)
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 4

necessitarem, n8o importando o moti:o# <m outras pala:ras, 9 a 6arantia
$ue a in&ormaç8o sempre poderá ser acessada!!!
Iomo [email protected], !á $uebra do princ>pio da disponibilidade $uando :ocF
decidir en:iar a sua declaraç8o do Gmposto de Renda pela Gnternet, no
Eltimo dia poss>:el, e o site da Receita %ederal esti:er indispon>:el#
• Autenticidade: 9 a capacidade de 6arantir a identidade de uma pessoa
(&>sica ou Dur>dica) $ue acessa as in&ormações do sistema ou de um
ser:idor (computador) com $uem se estabelece uma transaç8o (de
comunicaç8o, como um e-mail, ou comercial, como uma :enda on-line)# É
por meio da autenticação que se confirma a identidade da pessoa
ou entidade que presta ou acessa as informações#
1ssim, desejamos entregar a informação CORRETA, para a pessoa
CERTA, no momento CORRETO, confirmando a IDENTIDADE da
pessoa ou entidade que presta ou acessa as informações!!!
<ntenderam55 <is a essFncia da aplicaç8o dos $uatro princ>pios acima
destacados# 1inda, cabe destacar $ue a perda de pelo menos um desses
princípios já irá ocasionar impactos ao negócio (a> sur6em os
incidentes de segurança!!)
Juando &alamos em se6urança da in&ormaç8o, estamos nos re&erindo a
salvaguardas para manter a confidencialidade, integridade,
disponibilidade e demais aspectos da segurança das informações
dentro das necessidades do cliente!
Vulnerabilidades de segurança
Vulnerabilidade 9 uma e:idFncia ou &ra6ilidade $ue ele:a o 6rau de
[email protected]ç8o dos ati:os $ue sustentam o ne6?cio, aumentando a probabilidade
de sucesso pela in:estida de uma ameaça#

Outro conceito bastante comum para o termo





<m outras pala:ras,
vulnerabilidade 9 uma fragilidade $ue poderia ser [email protected] por
uma ameaça para concreti7ar um ata$ue#
O con!ecimento do maior nEmero de :ulnerabilidades poss>:eis permite à
e$uipe de se6urança tomar medidas para proteção, e:itando assim
ata$ues e conse$uentemente perda de dados#
vulnerabilidade trata=se de falha no projeto,
implementação ou configuração de software ou sistema
operacional que, quando explorada por um atacante,
resulta na violação da segurança de um computador#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 5

H8o !á uma receita ou lista padr8o de :ulnerabilidades# <sta de:e ser
le:antada Dunto a cada or6ani7aç8o ou ambiente# ;empre se de:e ter em
mente o $ue precisa ser prote6ido e de $uem precisa ser prote6ido de
acordo com as ameaças [email protected]# Podemos citar, como [email protected] inicial,
uma análise de ambiente em uma sala de ser:idores de conecti:idade e
Gnternet com a se6uinte descriç8o a sala dos ser:idores n8o possui controle
de acesso &>sico!! <is a :ulnerabilidade detectada nesse ambiente#
Ameaças à Segurança
Ameaça 9 al6o $ue possa pro:ocar danos à se6urança da in&ormaç8o,
preDudicar as ações da empresa e sua sustentaç8o no ne6?cio, mediante a
[email protected]ç8o de uma determinada :ulnerabilidade#

<m outras pala:ras, uma ameaça é tudo aquilo que pode comprometer
a segurança de um sistema, podendo ser acidental (&al!a de hardware,
erros de pro6ramaç8o, desastres naturais, erros do usuário, bugs de
software, uma ameaça secreta en:iada a um endereço incorreto etc#) ou
deliberada (roubo, espiona6em, &raude, sabota6em, in:as8o de hackers,
entre outros)#
Risco
Risco 9 a medida da [email protected]ç8o à $ual o sistema computacional está suDeito#
Kepende da probabilidade de uma ameaça atacar o sistema e do impacto
resultante desse ata$ue#




Iomo [email protected] de um risco pode=se ima6inar um &uncionário insatis&eito e
um martelo ao seu alcanceA nesse caso o &uncionário poderia dani&icar al6um
;Fmola (.''3, p# -') di7 $ue risco é a "probabilidade de ameaças
explorarem vulnerabilidades, provocando perdas de
confidencialidade, integridade e disponibilidade, causando,
possivelmente, impactos nos negóciosL#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 6

ati:o da in&ormaç8o# 1ssim pode=se entender como risco tudo a$uilo $ue tra7
danos às in&ormações e com isso promo:e perdas para a or6ani7aç8o#
<@istem al6umas maneiras de se classi&icar o 6rau de risco no mercado de
se6urança, mas de uma &orma simples, poder>amos tratar como alto, m9dio
e [email protected] risco# Ho caso do nosso [email protected] da sala dos ser:idores, poder>amos
di7er $ue, baseado na :ulnerabilidade encontrada, a ameaça associada 9 de
alto risco#
Incidente de segurança da informação 9 indicado por um simples ou
por uma série de eventos de segurança da informação indesejados
ou inesperados, $ue ten!am uma 6rande probabilidade de comprometer
as operações do ne6?cio e ameaçar a se6urança# <@emplos in:as8o di6italA
:iolaç8o de padrões de se6urança de in&ormaç8o#
Ciclo da Segurança
Iomo mostrado na &i6ura se6uinte os ativos de uma or6ani7aç8o precisam
ser prote6idos, pois est8o suDeitos a vulnerabilidades#
;e as :ulnerabilidades aumentam, aumentam=se os riscos permitindo a
[email protected]ç8o por uma ameaça e a concreti7aç8o de um ata$ue# ;e estas
ameaças crescem, aumentam=se ainda mais os riscos de perda da
inte6ridade, disponibilidade e con&idencialidade da in&ormaç8o podendo
causar impacto nos ne6?cios#
Hesse [email protected], medidas de segurança de:em ser tomadas, os riscos
de:em ser analisados e diminu>dos para $ue se estabeleça a se6urança dos
ati:os da in&ormaç8o#

%i6ura# Iiclo da ;e6urança da Gn&ormaç8o ()OR<GR1, .''()


Ativos

Medidas de
Segurança
diminui
limitados

Vulnerabilidades
aumenta
sujeitos

Impactos no
negócio
causam
aumenta
Riscos

Confidencialidade
Integridade
Disponibilidade
perdas
aumenta

permitem
aumenta
Ameaças

protege
Ciclo da
segurança
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 7

Noções de vírus, worms e outras pragas virtuais
Você sabe o significado de malware?



O termo 9 especialmente importante para nosso estudo por$ue descre:e os
programas de computador criados para realizarem operações
PREJUDICIAIS à máquina (na verdade, aos programas dela)#

O termo Malware é usado para todo e quaisquer softwares
maliciosos, programados com o intuito de prejudicar os sistemas de
informação, alterar o funcionamento de programas, roubar
informações, causar lentidões de redes computacionais, dentre
outros.





Iertbr (.'(.) destaca al6umas das di:ersas maneiras como os c?di6os
maliciosos (malwares) podem in&ectar ou comprometer um computador# ;8o
elas
• por meio da [email protected]ç8o de :ulnerabilidades (&al!as de se6urança)
[email protected] nos pro6ramas instaladosA
• por meio da [email protected]ç8o de m>dias remo:>:eis in&ectadas,
como pen=dri:esA
• pelo acesso a pá6inas da Meb maliciosas, com a utili7aç8o de
na:e6adores :ulnerá:eisA
• por meio da aç8o direta de atacantes $ue, ap?s in:adirem o computador,
incluem ar$ui:os contendo c?di6os maliciososA
• pela [email protected]ç8o de ar$ui:os pre:iamente in&ectados, obtidos em [email protected] de
mensa6ens eletrCnicas, :ia m>dias remo:>:eis, em pá6inas Meb ou
diretamente de outros computadores (atra:9s do compartil!amento de
recursos)#

Nma :e7 instalados, os c?di6os maliciosos passam a ter acesso aos dados
arma7enados no computador e podem [email protected] ações em nome dos
usuários, de acordo com as permissões de cada usuário#
Resumindo, malwares são programas que
executam deliberadamente ações mal-
intencionadas em um computador!!
Malware (combinaç8o de malicious software –
programa malicioso)!

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 8

Ha cate6oria de malwares s8o inclu>dos os :>rus de computador, Morms,
entre outras ObeldadesL do mundo da in&ormática# Os tipos mais comuns
de malware estão detalhados a seguir:
-vírus,
-worms,
-bots,
-cavalos de troia (trojans),
-spyware,
-keylogger,
-screenlogger,
-Backdoors, etc.

• Vírus Importante
;8o pe$uenos c?di6os de pro6ramaç8o maliciosos $ue se Oa6re6amL a
ar$ui:os e s8o transmitidos com eles# <m outras pala:ras, tecnicamente,
um :>rus 9 um pro6rama (ou parte de um pro6rama) $ue se [email protected] a um
ar$ui:o de pro6rama $ual$uer (como se o esti:esse OparasitandoL) e
depois disso procura &a7er c?pias de si mesmo em outros ar$ui:os
semel!antes#
Juando o ar$ui:o 9 aberto na mem?ria R1), o :>rus tamb9m 9, e, a
partir da> se propa6a in&ectando, isto 9, inserindo c?pias de si mesmo e se
tornando parte de outros pro6ramas e ar$ui:os de um computador#
O :>rus depende da execução do programa ou arquivo hospedeiro
para $ue possa se tornar ati:o e dar continuidade ao processo de
in&ecç8o# 1l6uns :>rus s8o ino&ensi:os, outros, por9m, podem dani&icar um
sistema operacional e os pro6ramas de um computador#
1 se6uir destacamos al6uns ar$ui:os $ue podem ser portadores de
vírus de computador
• ar$ui:os [email protected]á:eis com [email protected] #[email protected] ou #comA
• ar$ui:os de scripts (outra &orma de [email protected]á:el) [email protected] #:bsA
• atal!os [email protected] #lnk ou #pi&A
• proteç8o de tela (animações $ue aparecem automaticamente $uando o
computador está ocioso) [email protected] #scrA
• documentos do );=O&&ice como os ar$ui:os do Mord ([email protected] #doc
ou #dot), ar$ui:os do <@cel (#@ls e #@lt), apresentações do Powerpoint
(#ppt e #pps), bancos de dados do 1ccess (#mdb)#
• ar$ui:os multim>dia do Mindows )edia PlaPer mEsicas com [email protected]
#M)1, :>deos com [email protected] #M)B, dentre outros#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 9

• Worms (Vermes) Importante
Pro6ramas parecidos com :>rus, mas $ue na :erdade s8o capa7es
de se propa6arem automaticamente atra:9s de redes, en:iando
c?pias de si mesmo de computador para computador (obser:e $ue
os worms apenas se copiam, n8o in&ectam outros ar$ui:os, eles
mesmos s8o os ar$ui:os !!)# 1l9m disso, 6eralmente utili7am as redes de
comunicaç8o para in&ectar outros computadores (:ia e-mails, Meb, %TP,
redes das empresas etc#)#
Ki&erentemente do :>rus, o worm não embute cópias de si mesmo em
outros programas ou arquivos e não necessita ser explicitamente
executado para se propagar. Sua propagação se dá através da
exploração de vulnerabilidades existentes ou falhas na configuração de
softwares instalados em computadores
Morms s8o notadamente responsá:eis por consumir muitos recursos#
Degradam sensivelmente o desempenho de redes e podem lotar o
disco rígido de computadores, devido à grande quantidade de
cópias de si mesmo que costumam propagar. 1l9m disso, podem
6erar 6randes transtornos para a$ueles $ue est8o recebendo tais c?pias#
Ki&>ceis de serem detectados, muitas :e7es os worms reali7am uma s9rie
de ati:idades, incluindo sua propa6aç8o, sem $ue o usuário ten!a
con!ecimento# <mbora al6uns pro6ramas anti:>rus permitam detectar a
presença de Morms e at9 mesmo e:itar $ue eles se propa6uem, isto nem
sempre 9 poss>:el#
• Bots (“robs!"
De modo similar ao worm, 9 um pro6rama capa7 de se propa6ar
automaticamente, [email protected] :ulnerabilidades [email protected] ou &al!as na
con&i6uraç8o de so&tware instalado em um computador#
Adicionalmente ao worm, dispõe de mecanismos de comunicaç8o com
o in:asor, permitindo $ue o bot seDa controlado remotamente# Os bots
esperam por comandos de um hacker, podendo manipular os sistemas
in&ectados, sem o con!ecimento do usuário#
;e6undo IertBr(.'(.) a comunicaç8o entre o in:asor e o computador
in&ectado pelo bot pode ocorrer :ia canais de GRI, ser:idores Meb e redes
do tipo P.P, entre outros meios# 1o se comunicar, o in:asor pode en:iar
instruções para $ue ações maliciosas seDam [email protected], como des&erir
ata$ues, &urtar dados do computador in&ectado e en:iar spam#
Nesse ponto, cabe destacar um termo que já foi cobrado várias
vezes em prova pela banca!! Trata=se do si6ni&icado do termo botnet,
Dunç8o da contraç8o das pala:ras robot (bot) e network (net)# Nma rede
in&ectada por bots 9 denominada de botnet !tamb9m con!ecida como
rede zumbi), sendo composta 6eralmente por mil!ares desses elementos
maliciosos $ue &icam residentes nas má$uinas, a6uardando o comando de
um in:asor#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 10

Juanto mais 7umbis (7ombie computers) participarem da botnet mais
potente ela será# Nm in:asor $ue ten!a controle sobre uma botnet pode
utili7á=la para coletar in&ormações de um 6rande nEmero de
computadores, aumentar a potFncia de seus ata$ues, por [email protected], para
en:iar centenas de mil!ares de e-mails de phishing ou spam, des&erir
ata$ues de ne6aç8o de ser:iço etc# (I<RT#br, .'(.)#
O es$uema simpli&icado apresentado a se6uir destaca o &uncionamento
básico de uma botnet (I<RT#br, .'(.)
Q o atacante propa6a um tipo espec>&ico de bot com a intenç8o de
in&ectar e conse6uir a maior $uantidade poss>:el de má$uinas
7umbisA
Q essas má$uinas 7umbis &icam ent8o à disposiç8o do atacante, a6ora
seu controlador, à espera dos comandos a serem [email protected]
Q $uando o controlador deseDa $ue uma aç8o seDa reali7ada, ele en:ia
às má$uinas 7umbis os comandos a serem [email protected], usando, por
[email protected], redes do tipo P.P ou ser:idores centrali7adosA
Q as má$uinas 7umbis [email protected] ent8o os comandos recebidos,
durante o per>odo predeterminado pelo controladorA
Q $uando a aç8o 9 encerrada, as má$uinas 7umbis :oltam a &icar à
espera dos [email protected] comandos a serem [email protected]#
• #ro$an %orse (Cavalo de Troia)
4 um pro6rama aparentemente ino&ensi:o $ue entra em seu computador
na &orma de cart8o :irtual, álbum de &otos, protetor de tela, Do6o etc#, e
$ue, $uando [email protected] (com a sua autori7aç8o!), parece l!e di:ertir,
mas, por trás abre portas de comunicaç8o do seu computador para $ue
ele possa ser in:adido#
Por de&iniç8o, o ca:alo de troia distin6ue=se de um :>rus ou de um worm
por n8o in&ectar outros ar$ui:os, nem propa6ar c?pias de si mesmo
automaticamente#
O tro"ans &icaram &amosos na Gnternet pela &acilidade de uso, e por
permitirem a $ual$uer pessoa possuir o controle de um outro computador
apenas com o en:io de um ar$ui:o#
Os tro"ans atuais s8o di:ididos em duas partes, $ue s8o o ser:idor e o
cliente# Hormalmente, o servidor encontra=se oculto em al6um outro
ar$ui:o e, no momento em $ue o ar$ui:o 9 [email protected], o ser:idor se
instala e se oculta no computador da :>tima# Hesse momento, o
computador Dá pode ser acessado pelo cliente, $ue en:iará in&ormações
para o ser:idor [email protected] certas operações no computador da :>tima#
& 'a(alo de #roia n)o * um (+rus, pois n)o se duplica e n)o se
dissemina como os (+rus.
Ha maioria das :e7es, ele irá instalar pro6ramas para possibilitar $ue um
in:asor ten!a controle total sobre um computador#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 11

<stes pro6ramas podem permitir $ue o in:asor
• :eDa e copie ou destrua todos os ar$ui:os arma7enados no
computadorA
• instalaç8o de ke#loggers ou screenloggers (descubra todas as
sen!as di6itadas pelo usuário)A
• &urto de sen!as e outras in&ormações sens>:eis, como nEmeros de
cartões de cr9ditoA
• inclus8o de backdoors, para permitir $ue um atacante ten!a total
controle sobre o computadorA
• &ormate o disco r>6ido do computador, etc#
<@emplos comuns de Ia:alos de Troia s8o pro6ramas $ue :ocF recebe ou
obt9m de al6um site e $ue parecem ser apenas cartões :irtuais animados,
álbuns de &otos de al6uma celebridade, Do6os, protetores de tela, entre
outros# <n$uanto est8o sendo [email protected], estes pro6ramas podem ao
mesmo tempo en:iar dados con&idenciais para outro computador, instalar
backdoors, alterar in&ormações, apa6ar ar$ui:os ou &ormatar o disco
r>6ido#

%i6ura# Nm spam contendo um Ia:alo de Troia# O usuário
será in&ectado se clicar no link e [email protected] o [email protected]#
• ,pyware
Trata=se de um pro6rama espi8o (sp# em in6lFs R espi8o)# 4 um
pro6rama $ue tem por &inalidade monitorar as ati:idades de um sistema e
en:iar as in&ormações coletadas para terceiros#
Pode ser usado tanto de &orma le6>tima $uanto maliciosa, dependendo de
como 9 instalado, das ações reali7adas, do tipo de in&ormaç8o monitorada
e do uso $ue 9 &eito por $uem recebe as in&ormações coletadas# Bamos à
di&erença entre seu uso
Q Legítimo $uando instalado em um computador pessoal, pelo
pr?prio dono ou com consentimento deste, com o obDeti:o de
:eri&icar se outras pessoas o est8o utili7ando de modo abusi:o ou
n8o autori7ado#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 12

Q Malicioso $uando [email protected] ações $ue podem comprometer a
pri:acidade do usuário e a se6urança do computador, como
monitorar e capturar in&ormações re&erentes à na:e6aç8o do usuário
ou inseridas em outros pro6ramas (por [email protected], conta de usuário e
sen!a)#
1l6uns tipos espec>&icos de pro6ramas spPware s8o
-eylogger ('opia as teclas digitadas."
Nm tipo de malware $ue 9 capaz de capturar e armazenar as teclas
digitadas pelo usuário no teclado de um computador# Kentre as
in&ormações capturadas podem estar o [email protected] de um e-mail, dados
di6itados na declaraç8o de Gmposto de Renda e outras
in&ormações sens>:eis, como sen!as bancárias e nEmeros de cartões de
cr9dito# <m muitos casos, a ati:aç8o do ke#logger 9 condicionada a uma
aç8o pr9:ia do usuário, como por [email protected], ap?s o acesso a um site
espec>&ico de com9rcio eletrCnico ou Gnternet Bankin6# Hormalmente, o
ke#logger cont9m mecanismos $ue permitem o en:io automático das
in&ormações capturadas para terceiros (por [email protected], atra:9s de e-mails)#
,creenloggers ('opia as telas acessadas."
1s instituições &inanceiras desen:ol:eram os teclados :irtuais para e:itar
$ue os kePlo66ers pudessem capturar in&ormações sens>:eis de usuários#
<nt8o, &oram desen:ol:idas &ormas mais a:ançadas de kePlo66ers,
tamb9m con!ecidas como screenloggers capa7es de
• arma7enar a posiç8o do cursor e a tela apresentada no monitor, nos
momentos em $ue o mouse 9 clicado, ou
• arma7enar a re6i8o $ue circunda a posiç8o onde o mouse 9 clicado#
Hormalmente, o kePlo66er :em como parte de um pro6rama spPware ou
ca:alo de troia# Kesta &orma, 9 necessário $ue este pro6rama seDa
[email protected] para $ue o kePlo66er se instale em um computador#
2eralmente, tais pro6ramas :Fm [email protected] a e=mails ou est8o dispon>:eis
em sites na Gnternet# <@istem ainda pro6ramas leitores de e=mails $ue
podem estar con&i6urados para [email protected] automaticamente ar$ui:os
[email protected] às mensa6ens# Heste caso, o simples &ato de ler uma
mensa6em 9 su&iciente para $ue $ual$uer ar$ui:o [email protected] seDa
[email protected]#
• Backdoors (Abre portas)
Hormalmente um atacante procura 6arantir uma &orma de retornar a um
computador comprometido, sem precisar recorrer aos m9todos utili7ados
na reali7aç8o da in:as8o# Ha maioria dos casos, tamb9m 9 intenç8o do
atacante poder retornar ao computador comprometido sem ser notado# 1
esses pro6ramas $ue permitem o retorno de um in:asor a um computador
comprometido, utili7ando ser:iços criados ou modi&icados para este &im,
dá=se o nome de backdoor#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 13

1 &orma usual de inclus8o de um backdoor consiste na disponibili7aç8o de
um no:o ser:iço ou substituiç8o de um determinado ser:iço por uma
:ers8o alterada, normalmente possuindo recursos $ue permitam acesso
remoto (atra:9s da Gnternet)# Pode ser inclu>do por um in:asor ou atra:9s
de um ca:alo de troia# Pro6ramas de administraç8o remota, como
BackOri&ice, HetBus, ;ub=;e:en, BHI e Radmin, se mal con&i6urados ou
utili7ados sem o consentimento do usuário, tamb9m podem ser
classi&icados como backdoors#
Algumas tendências para 2012!
)c1&ee (.'(.) destacou as principais ameaças da Gnternet em .'(. deve
haver um aumento dos ataques destinados a serviços públicos,
sistemas operacionais, dispositivos móveis, spams e ameaças
envolvendo questões políticas (hacktivismo) e ciberguerra.
Os ata$ues neste ano tamb9m podem comprometer carros, aparel!os de
2P; e outros dispositi:os conectados, atra:9s da in&iltraç8o no dispositi:o
en$uanto ele ainda 9 &abricado ou le:ando os usuários a [email protected]
malwares $ue penetrem na rai7 dos sistemas desses aparel!os# 1 empresa
tamb9m alertou para o aumento de malwares em celulares,
principalmente atra:9s de aplicati:os mal=intencionados $ue, ap?s o
download, podem en:iar di:ersos anEncios ou mesmo mensa6ens de [email protected] a
partir do celular in&ectado# O aumento no nEmero de spams tamb9m 9
esperado#
%onte !ttp""tecnolo6ia#terra#com#br"noticias"',,OG--+-',-=<G(.SS+,''=
1ta$ueTaTcelularesTestaTentreTasTprincipaisTameacasTde#!tml
'ookies
São pequenos arquivos que são instalados em seu computador
durante a navegação, permitindo que os sites (servidores) obtenham
determinadas informações. 4 isto $ue permite $ue al6uns sites o
cumprimentem pelo nome, saibam $uantas :e7es :ocF o :isitou, etc#

Spams
Spams: são mensagens de correio eletrônico não autorizadas ou não
solicitadas. O spam n8o 9 propriamente uma ameaça à se6urança, mas 9
um portador comum delas# ;8o spams, por [email protected], os e=mails &alsos $ue
recebemos como sendo de ?r68os como Receita %ederal ou Tribunal ;uperior
<leitoral# Hesse caso, os spams costumam indu7ir o usuário a instalar um dos
malwares $ue :imos anteriormente#

Procedimentos de Segurança
Kiante desse 6rande risco, uma s9rie de procedimentos de se6urança,
considerados como Oboas práticas de se6urançaL podem ser implementadas
para sal:a6uardar os ati:os da or6ani7aç8o (IertBR, .'',), como os
destacadas a se6uir
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 14


Cuidados com Contas e Senhas (já caiu em prova!)


Iriar uma sen!a $ue conten!a pelo menos oito caracteres, compostos
de letras, nEmeros e s>mbolosA


Damais utili7ar como sen!a seu nome, sobrenomes, nEmeros de
documentos, placas de carros, nEmeros de tele&ones, datas $ue
possam ser relacionadas com :ocF ou pala:ras $ue &açam parte de
dicionáriosA


utili7ar uma sen!a di&erente para cada ser:iço (por [email protected], uma
sen!a para o banco, outra para acesso à rede corporati:a da sua
empresa, outra para acesso a seu pro:edor de Gnternet etc#)A


alterar a sen!a com &re$UFnciaA


criar tantos usuários com pri:il96ios normais, $uantas &orem as
pessoas $ue utili7am seu computadorA


utili7ar o usuário $dministrator (ou root) somente $uando &or
estritamente necessário#

Cuidados com Malwares (já caiu em prova!)
*Vírus


Gnstalar e manter atuali7ado um bom pro6rama anti:>rusA


atuali7ar as assinaturas do anti:>rus, de pre&erFncia diariamenteA


con&i6urar o anti:>rus para :eri&icar os ar$ui:os obtidos pela Gnternet,
discos r>6idos (VKs), &[email protected]>:eis (dis$uetes) e unidades remo:>:eis, como
IKs, KBKs e pen drivesA


desabilitar no seu pro6rama leitor de e-mails a [email protected]ç8o de
ar$ui:os [email protected] às mensa6ensA


n8o [email protected] ou abrir ar$ui:os recebidos por e-mail ou por outras
&ontes, mesmo $ue :en!am de pessoas con!ecidas# Iaso seDa
necessário abrir o ar$ui:o, certi&i$ue=se $ue ele &oi :eri&icado pelo
pro6rama anti:>rusA


utili7ar na elaboraç8o de documentos &ormatos menos suscet>:eis à
propa6aç8o de :>rus, tais como RT%, PK% ou %ostScript etc#

* Worms, bots e botnets


;e6uir todas as recomendações para pre:enç8o contra :>rus listadas no
item anteriorA


manter o sistema operacional e demais softwares sempre atuali7adosA
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 15



aplicar todas as correções de se6urança (patches) disponibili7adas
pelos &abricantes, para corri6ir e:entuais :ulnerabilidades [email protected]
nos softwares utili7adosA


instalar um firewall pessoal, $ue em alguns casos pode e:itar $ue
uma :ulnerabilidade [email protected] seDa [email protected] (observe que o
firewall não corrige as vulnerabilidades!!) ou $ue um worm ou bot
se propa6ue#
*Cavalos de troia, backdoors, keyloggers e spywares


;e6uir todas as recomendações para pre:enç8o contra :>rus, worms e
botsA


instalar um firewall pessoal, $ue em alguns casos pode e:itar o
acesso a um backdoor Dá instalado em seu computador etc#A


utili7ar pelo menos uma &erramenta anti=sp#ware e mantF=la sempre
atuali7ada#

Elaboração de uma Política de Segurança com o objetivo de
solucionar ou minimizar as vulnerabilidades encontradas na
organização.
Hesse [email protected], dos principais itens necessários para uma boa pol>tica de
se6urança pode=se citar os se6uintes
• Possuir instalações &>sicas ade$uadas $ue o&ereçam o m>nimo necessário
para 6arantia da inte6ridade dos dados#
• Iontrole de umidade, temperatura e press8o#
• ;istema de aterramento proDetado para suportar as descar6as el9tricas,
[email protected] de incFndio ade$uados para e$uipamentos
el9tricos"eletrCnicos#
• Nso ade$uado de e$uipamentos de proteç8o e se6urança tais como NP;
(Ono-break&), &iltro de lin!a, estabili7ador de tens8o#
• )anutenç8o do computador, limpe7a e pol>tica da boa utili7aç8o#
• Ntili7aç8o de sistemas operacionais $ue controlem o acesso de usuários e
$ue possuem um n>:el de se6urança bem elaborado, Duntamente com o
controle de sen!as#
• Ntili7aç8o de sistemas de proteç8o de uma rede de computadores, tais
como Firewall (sistema $ue &iltra e monitora as ações na rede)#
• ;o&tware anti:>rus atuali7ado constantemente#
• ;istema de criptografia (&erramenta $ue 6arante a se6urança em todo
ambiente computacional $ue precise de si6ilo em relaç8o às in&ormações
$ue manipula)# Ho en:io de mensa6ens uma mensa6em 9 cripto6ra&ada e
se &or interceptada di&icilmente poderá ser lida, somente o destinatário
possuir o c?di6o necessário#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 16

• Treinamento e conscienti7aç8o de &uncionários para diminuir as &al!as
!umanas#
• Reali7aç8o de backups (c?pia de se6urança para salvaguardar os
dados, geralmente mantida em CDs, DVDs, fitas magnéticas,
pendrives, etc., para que possam ser restaurados em caso de
perda dos dados originais)#

Procedimentos de Backup (Cópia de segurança)
O procedimento de backup (cópia de segurança) pode ser descrito de
&orma simpli&icada como copiar dados de um dispositivo para o outro
com o objetivo de posteriormente recuperar as informações, caso
haja algum problema#
Nm backup en:ol:e c?pia de dados em um meio &isicamente separado do
ori6inal, re6ularmente, de &orma a prote6F=los de $ual$uer e:entualidade#
Ou seDa, copiar nossas &otos di6itais, arma7enadas no VK (disco r>6ido), para
um KBK 9 &a7er backup# ;e !ou:er al6um problema com o VK ou se
acidentalmente apa6armos as &otos, podemos ent8o restaurar os ar$ui:os a
partir do KBK# Hesse [email protected], c!amamos as c?pias das &otos no KBK de
c?pias de se6urança ou backup# I!amamos de restauração o processo de
copiar de volta ao local original as cópias de segurança#
4 importante estabelecer uma política de backup $ue obedece a crit9rios
bem de&inidos sobre a se6urança da in&ormaç8o en:ol:ida# <m suma, o
obDeti:o principal dos backups 9 6arantir a disponibilidade da in&ormaç8o#
Por isso a pol>tica de backup 9 um processo rele:ante no [email protected] de
se6urança dos dados#
<@istem, basicamente, dois métodos de Backup#

Ho Mindows WP, por [email protected], tem=se o so&tware )icroso&t Backup, $ue irá
aDudá=lo nesta tare&a# 1o clicar com o bot8o direito do mouse no >cone de um
ar$ui:o do Mindows WP, e selecionar a opç8o PropriedadesA em se6uida, 6uia
6eral =X1:ançado, será [email protected]bida uma [email protected] Oo ar'uivo está pronto para ser
ar'uivadoL, marcada como padr8o (Ho Mindows WP, leia=se ar$ui:o morto)#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 17


1 tela se6uinte desta a opç8o de Oar$ui:o mortoL obtida ao clicar com o
bot8o direito do mouse no ar$ui:o intitulado lattes#pd&, do meu computador
$ue possui o sistema operacional Mindows Bista#

Juando um arquivo está com esse atributo marcado, significa que
ele deverá ser copiado no próximo backup#
;e esti:er desmarcado, si6ni&ica $ue, pro:a:elmente, Dá &oi &eito um
backup deste ar$ui:o#

1s principais técnicas (tipos) de Backup, $ue podem ser combinadas com
os mecanismos de backup on=line e o&&=line, est8o listadas a se6uir
**NORMAL (TOTAL ou GLOBAL)
• COPIA TODOS os ar$ui:os e pastas selecionados#
• DESMARCA o atributo de arquivo morto (ar$ui:amento) limpa os
marcadores!!
• Iaso necessite restaurar o backup normal, :ocF s? precisa da c?pia mais
recente#
• Hormalmente, este backup 9 [email protected] $uando :ocF cria um conDunto de
backup pela (Y :e7#
• 16ili7a o processo de restauraç8o, pois somente um backup será
restaurado#
**INCREMENTAL
• Copia somente os arquivos CRIADOS ou ALTERADOS desde o
último backup normal ou incremental.
• O atributo de ar$ui:amento (ar$ui:o morto) É DESMARCADO limpa os
marcadores!!
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 18

**DIFERENCIAL
• Iopia somente os ar$ui:os CRIADOS ou ALTERADOS desde o último
backup normal ou incremental#
• O atributo de ar$ui:amento (ar$ui:o morto) NÃO É ALTERADO n8o
limpa os marcadores!!
**CÓPIA (AUXILIAR ou SECUNDÁRIA)
• %a7 o backup de ar$ui:os e pastas selecionados#
• O atributo de ar$ui:amento (ar$ui:o morto) NÃO É ALTERADO n8o
limpa os marcadores!
**DIÁRIO
• Iopia todos os ar$ui:os e pastas selecionados $ue &oram ALTERADOS
DURANTE O DIA da [email protected]ç8o do backup#
• O atributo de ar$ui:amento (ar$ui:o morto) NÃO É ALTERADO: n8o
limpa os marcadores!
Quanto à RECUPERAÇÃO do backup:
Para recuperar um disco a partir de um conDunto de backups (normal T
incremental) será necessário o primeiro (normal) e todos os
incrementais#
Para recuperar um disco a partir de um conDunto de backups (normal T
diferencial) basta o primeiro (normal) e o Eltimo di&erencial, Dá $ue este
cont9m tudo $ue 9 di&erente do primeiro#

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 19

Microsoft Powerpoint
O PowerPoint 9 um aplicativo desen:ol:ido para a criação de
apresentações em slides, possibilitando ao usuário uma 6rande &acilidade
e recursos na criaç8o da sua apresentaç8o#
Hada mel!or do $ue obDeti:idade e :isual atraente para apresentar suas
ideias# <m di&erentes áreas, como ne6?cios ou assuntos com conteEdo
didático, a apresentaç8o por meio de slides torna=se uma soluç8o e&iciente#
1l9m de permitir a inclus8o de [email protected], 6rá&icos, &i6uras, &otos, &ilmes, sons,
e&eitos e animações, 9 poss>:el acessá=la de di:ersas &ormas no
computador, com um proDetor de transparFncias ou at9 mesmo na internet#

Microsoft Powerpoint 2003
Iniciando o PowerPoint
Bá ao menu Iniciar, selecione Programas e, em se6uida, Microsoft
PowerPoint# Heste momento, 9 [email protected] a [email protected] de diálo6o, ilustrada
[email protected]
Heste caso podemos Abrir uma apresentação existente ou iniciar
uma nova apresentação usando uma das trFs
maneiras
-Assistente de AutoConteúdo: irá aDudá=lo
a desen:ol:er o conteEdo da sua
apresentaç8oA
-Modelo de estrutura: cria uma no:a
apresentaç8o baseada em um dos modelos
de &ormato do PowerPointA
-Apresentação em branco: cria uma no:a
apresentaç8o em branco usando as de&inições
padr8o para o [email protected] e as cores#
;elecione a opç8o Apresentação em Branco e
cli$ue OK# ;erá [email protected] a Danela Ho:o
;lide#
Hessa Danela :ocF escol!e o laPout do
slide $ue :ocF deseDa trabal!ar# O
Powerpoint o&erece um conDunto de
pranc!as (slides) com .+ autolayouts
para serem preenc!idos com recursos
6rá&icos e [email protected]# <ssas estruturas
possuem espaços reservados para título, texto, gráfico, clip-art e
tabela# Os autola#outs podem ser alterados e adaptados con&orme a sua
necessidade#
Ili$ue no Eltimo slide da Danela, Em Branco e selecione Ok#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 20

Elementos Básicos da Janela do PowerPoint


Barra de Título: Gdenti&ica o nome do pro6rama e do ar$ui:o de
apresentaç8o $ue está sendo trabal!ado no momento#
Barra de Menu: Iont9m os :ários menus do PowerPoint com suas opções#
Barra de Ferramentas Padrão Possui botões $ue correspondem às
opções do menu, a6ili7ando a utili7aç8o de comandos com o mouse#
Barra de Ferramentas Formatação 16ili7a a utili7aç8o dos comandos do
menu com o mouse para a &ormataç8o rápida do conteEdo da c9lula#
Barra de Status: <@ibe as in&ormações sobre a ati:idade ou modo de
:isuali7aç8o atual#
Criando Apresentações
Para mel!or entendimento, nesta seç8o :ocF irá aprender como criar
apresentações usando o Assistente de AutoConteúdo, um pro6rama $ue
[email protected] na criaç8o de aplicações, com :árias opções de assuntos para $ue
:ocF possa or6ani7ar suas ideias e &a7er com $ue estas se comuni$uem com
!armonia de &orma pro6ressi:a#
Exercícios
Irie uma apresentaç8o utili7ando o 1ssistente de 1utoIonteEdo do
PowerPoint# <sta apresentaç8o de:erá nos &ornecer uma :is8o 6eral de um
determinado produto da sua empresa#
1bra o Powerpoint# Ho menu Arquivo, cli$ue em Novo#
)inimi7ar
)[email protected]
%ec!ar
%ec!ar
Barra de ;tatus
Barra de T>tulo
Barra de )enus Barra
Padr8o
Barra
%ormataç8o
Zrea de Trabal!o
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 21

Ha [email protected] de diálo6o OHo:a apresentaç8oL, selecione a opç8o Assistente
de AutoConteúdo e cli$ue em OK/ ;erá [email protected] a Danela Assistente de
AutoConteúdo#
Ili$ue sobre o bot8o Avançar e :eDa a tela $ue irá aparecer.

O [mapa[ à es$uerda desta tela di7 para especi&icar um tipo de
apresentaç8o# Todos os tipos est8o listados à direita e os botões centrais
permitem=l!e apresentar os tipos por cate6oria# <scol!a o 6rupo de
modelos Vendas0Marketing e o assunto Vis)o geral do
produto0ser(i1os/
KF um cli$ue no bot)o 2(an1ar/
Ha etapa se6uinte, dependendo da :ers8o do PowerPoint $ue :ocF está
utili7ando, o sistema irá solicitar $ue :ocF escol!a como a apresentaç8o
será usada# ;elecione Apresentações formais, reuniões informais,
folhetos e cli$ue no bot8o Avançar#

Ha [email protected] etapa :ocF escol!erá $ue tipo de material :ocF deseDa usar,
e, em al6uns casos, se deseDa imprimir &ol!etos para distribuir à plat9ia#
)ar$ue a opç8o Apresentação na tela e sim para imprimir &ol!etos#
KF um cli$ue no bot8o Avançar# Obser:e $ue será [email protected] a [email protected] de
diálo6o do 1ssistente de 1utoIonteEdo, na $ual :ocF irá in&ormar o t>tulo
da apresentaç8o, o seu nome ou da empresa e in&ormações adicionais $ue
ser8o apresentadas no primeiro slide da apresentaç8o#
Ki6ite como t>tulo Visão Geral do Windows, e o Oseu nomeL, no campo
apropriado ou no rodap9, em se6uida, cli$ue em Avançar.
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 22


Ha [email protected] etapa :ocF irá concluir as respostas $ue o assistente
necessita para criar a sua apresentaç8o# KF um cli$ue em Concluir#
Pode=se alterar o modelo con&orme a necessidade (Por [email protected],
substituindo o conteEdo su6erido, alterando o es$uema de cores,
aplicando um modelo de &ormato di&erente ou usando o slide mestre
para alterar itens no se6undo plano)#
OB;#
Iada slide possui um Número e um ícone para identi&icaç8o#
O Título do Slide aparece ao lado do Ícone de identi&icaç8o do slide#
O IonteEdo do ;lide aparece recuado e destacado com marcador,
[email protected] do Título do Slide.

Ili$ue no botão Apresentação de slides , para visualizar a sua
apresentação. Para passar de um slide para outro basta clicar no slide#
Barra de
%erramentas
<strutura de
T?picos
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 23

Ho menu 2r3ui(o, escol!a a opç8o ,al(ar# Ha [email protected] ;al:ar em,
selecione o drive C e na [email protected] Home do ar$ui:o, di6ite Visão Geral do
Windows# <m se6uida cli$ue no bot)o ,al(ar/ &bs/4 1 [email protected] .PPT 9
automaticamente adicionada ao nome, a n8o ser $ue :ocF especi&i$ue
uma [email protected] di&erente#
BocF poderá reali7ar alterações na sua apresentaç8o posteriormente# Iaso
isso aconteça, n8o se es$ueça de sal:ar as suas alterações# Para isso
cli$ue sobre o botão Salvar # O PowerPoint 6ra:a rapidamente as
alterações reali7adas, preser:ando o nome, o disco e pasta do ar$ui:o# 1
:ers8o anti6a do documento 9 apa6ada#
%ec!e o seu ar$ui:o# 1 partir do menu Arquivo, selecione a opç8o
Fechar. Iaso !aDa alterações, será [email protected] uma [email protected] de diálo6o
per6untando se :ocF deseDa sal:ar o ar$ui:o#
Ili$ue Sim. O ar$ui:o 9 arma7enado no disco e encerrado#

Modos de Exibição de Slides
O )icroso&t PowerPoint .''3 o&erece di&erentes modos de exibição para
aDudá=lo en$uanto :ocF cria uma apresentaç8o# Os dois modos de [email protected]ç8o
principais $ue :ocF usa no PowerPoint s8o o modo normal e o modo de
classi&icaç8o de slides#
Para alternar &acilmente entre os modos de [email protected]ç8o, cli$ue nos botões na
parte in&erior es$uerda da Danela do PowerPoint#


Modo de Slides
O Modo de Slides permite trabal!ar apenas com um slide de cada :e7#
4 poss>:el di6itar [email protected], alterar a apresentaç8o do slide, inserir 6rá&icos,
desen!ar &ormas e inserir clip=arts, &i6uras, etc#

1bra a apresentaç8o Visão Geral do Windows.ppt.
Ili$ue sobre o bot8o Modo de Slides , o PowerPoint [email protected] a
apresentaç8o no modo ;lide#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 24



Movendo-se entre Slides
Ili$ue sobre a Barra de Rolagem e arraste para cima ou para [email protected]# 1o
arrastar o Bot8o de Rola6em, o PowerPoint [email protected], do lado es$uerdo da
Barra de Rola6em, o nEmero correspondente ao ;lide#
Juando atin6ir o nEmero do ;lide deseDado, solte o bot8o da Barra de
Rola6em# O PowerPoint [email protected] o slide selecionado como slide ati:o#

Alterando a escala de exibição
Ili$ue sobre a Seta Abaixo, ao lado da [email protected] Controle de Zoom. ;erá
[email protected] uma lista de opções, com opções pr9=de&inidas#
;elecione uma das opções ou simplesmente di6ite o :alor entre .-\ e
+''\# O PowerPoint aDusta a [email protected]ç8o da tela ao percentual indicado#

;lide
Gndicador
de ;lide
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 25

Modo de Estrutura de Tópicos
O Modo de Estrutura de Tópicos permite or6ani7ar a apresentaç8o e
desen:ol:er o conteEdo rapidamente#
Ili$ue sobre o bot8o Modo de Estrutura de Tópicos , o PowerPoint
[email protected] a apresentaç8o no modo T?picos#

O Modo de Estrutura de Tópicos permite trabal!ar apenas com os
t>tulos dos slides e com o [email protected] principal na &orma de t?picos clássico#
Ili$ue sobre o bot8o Expandir Tudo na barra de &erramentas
Estrutura de Tópicos, para [email protected] os t>tulos dos t?picos e o seu
conteEdo.
Ili$ue sobre o bot8o Mostrar a Formatação na barra de
&erramentas Estrutura de Tópicos para ati:ar a [email protected]ç8o da &ormataç8o
do [email protected]# Para desati:ar, basta clicar no:amente e Odesli6arL o bot8o#

Modo de Classificação de Slides
Modo de Classificação de Slides = Permite reor6ani7ar a posiç8o de
slides, adicionar transições e de&inir inter:alos de apresentações eletrCnicas#
<ste modo [email protected] uma miniatura de cada slide, permitindo trabal!ar com
todos os slides de uma Enica :e7# Heste modo :ocF pode reor6ani7ar os
slides, adicionar transições e de&inir inter:alos de apresentações eletrCnicas#
Ili$ue sobre o bot8o Modo de Classificação de Slides , o PowerPoint
[email protected] a apresentaç8o no modo de Classificação de Slides#

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 26


Movendo entre Slides
Ili$ue sobre a Seta de Rolagem# Juando atin6ir o ponto deseDado,
cli$ue sobre o slide para ati:á=lo#

Modo Normal
Modo Normal = Iont9m trFs pain9is o painel de estrutura de t?picos,
o painel de slide e o painel de anotações# <sses pain9is permitem $ue
:ocF trabal!e em todos os aspectos da apresentaç8o em um Enico local#
BocF pode aDustar o taman!o dos di&erentes pain9is, arrastando suas
bordas#

Painel de estrutura de tópicos: Nse esse painel para or6ani7ar e
desen:ol:er o conteEdo da apresentaç8o# BocF pode di6itar todo o [email protected]
da apresentaç8o e reor6ani7ar marcadores, pará6ra&os e slides#
Painel de slide: Hesse painel, :ocF pode :er a aparFncia do [email protected] em
cada slide# 4 poss>:el adicionar elementos 6rá&icos, &ilmes e sons, criar
!Pperlinks e adicionar animações a slides indi:iduais#
Painel de anotações: <sse painel permite adicionar as anotações do
orador ou in&ormações $ue :ocF deseDa compartil!ar com o pEblico# ;e
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 27

deseDar colocar elementos 6rá&icos nas anotações, adicione as anotações
no modo de pá6ina de anotações#
<sses trFs pain9is tamb9m s8o [email protected] $uando :ocF sal:a a apresentaç8o
como uma pá6ina da Meb# 1 Enica di&erença 9 $ue o painel de estrutura de
t?picos [email protected] um >ndice anal>tico para $ue :ocF possa na:e6ar pela
apresentaç8o#

Imprimindo Anotações
(# 1 partir do menu Arquivo, selecione a opç8o Imprimir# ;erá [email protected] a
[email protected] de diálo6o Imprimir#

.# Ha [email protected] Imprimir, selecione a opç8o Anotações#
3# Ili$ue OK. O PowerPoint imprimirá em cada pá6ina o slide e as anotações
para este slide#
+# Ili$ue em sal:ar e &ec!e essa apresentaç8o#
Obs# Ha opç8o ., se selecionar &ol!etos, :ocF poderá especi&icar $uantos
slides deseDa imprimir por pá6ina#

Modo Apresentação de Slides
Modo Apresentação de Slides = Preenc!e a tela com a apresentaç8o
eletrCnica#
Ili$ue sobre o botão Apresentação de Slides , o PowerPoint [email protected] a
apresentaç8o eletrCnica preenc!endo toda a tela com cada slide#
Para a:ançar para o [email protected] slide, cli$ue no bot8o Esquerdo do mouse,
ou tecle Enter#
Para retroceder um slide, cli$ue o bot8o Direito do mouse, e escol!a
anterior ou escol!a Ir para, selecione por t>tulo e selecione o t>tulo do
slide deseDado#
Obs. 1o criar uma apresentaç8o para ser apresentada a um pEblico
[email protected]:o atra:9s de aparel!os de proDeç8o, &aça um teste antes, se
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 28

poss>:el no pr?prio local ou local semel!ante, para n8o ter surpresas $uanto
à tonalidade das cores e :isibilidade do [email protected] apresentado#

Editando e Formatando a Apresentação no Modo Slides
Gnserindo um no:o ;lide e di6itando o seu t>tulo
%ec!e o ar$ui:o Visão Geral do Windows.ppt e abra uma apresentaç8o
em branco#
Ili$ue sobre o botão Novo ,na barra de &erramentas do PowerPoint#
;erá [email protected] a [email protected] de diálo6o Novo Slide.

Ili$ue sobre a se6unda opç8o Lista com marcadores para selecioná=la#
Ili$ue OK. O PowerPoint insere um slide :a7io no modo ;/GK<#
Ili$ue dentro da [email protected] de t>tulo, locali7ada na parte superior do no:o
slide, no ponto de inserç8o 9 [email protected] o [email protected] OClique para adicionar um
títuloL#
1dicione o t>tulo OEmpresa Alfa".

Digitando o conteúdo do Slide
Ili$ue dentro da [email protected] conteEdo do slide $ue cont9m o [email protected] clique para
adicionar texto, locali7ada na parte in&erior do no:o slide# O ponto de
inserç8o 9 [email protected] ao lado de um marcador#
Ki6ite OMissão" pressione <HT<R#
Ki6ite OMudançaL

Selecionando uma palavra
KF um duplo cli$ue sobre a pala:ra OMudança"#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 29


;elecionando toda a estrutura de t?picos
Tecle Ctrl + T#
Iopiando pala:ras
(# ;elecione a pala:ra deseDada no conteEdo do ;lide#
.# Ili$ue sobre o botão Copiar na barra de &erramentas Padr8o# 1
pala:ra selecionada 9 en:iada para a Zrea de Trans&erFncia#
3# Posicione o cursor ap?s onde deseDa $ue a pala:ra seDa colada#
+# Ili$ue sobre o botão Colar na barra de &erramentas Padr8o# 1
pala:ra 9 copiada na posiç8o indicada#

Apagando Palavras Com a tecla BackSpace
(# Posicione o cursor ap?s a pala:ra Mudança e tecle Back;pace at9 apa6ar a
pala:ra#
.# Ili$ue sobre o bot8o para des&a7er a operaç8o anterior# 1 pala:ra
Mudança de:erá aparecer no:amente#
3# Posicione o Ponto de Gnserç8o no in>cio da pala:ra Mudança $ue :ocF
acabou de restaurar#
+# Tecle Kel(ete) para apa6ar um caracter por :e7 da pala:ra# Ilicando duas
:e7es sobre a pala:ra e pressionando a tecla Kel, toda a pala:ra será
deletada# Ilicando sobre o bot8o a pala:ra será restaurada#
Digitando sobre uma seleção
(# ;elecione o [email protected] Mudança e di6ite Visão# O [email protected] anterior 9 substitu>do
pelo no:o [email protected] di6itado#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 30

.# Ha barra de &erramentas cli$ue no bot8o Novo Slide , e escol!a o
se6undo slide da Danela, com o mesmo laPout do anterior (/ista com
marcadores).
3# Ili$ue no t>tulo e di6ite OBis8oL#
+# Ili$ue na lin!a de inserç8o de [email protected] lo6o [email protected] e di6ite OSer referencial
de excelência em tecnologia de acesso à informaçãoL#

Movendo palavras
(# ;elecione a pala:ra referencial no conteEdo do slide.
.# Ili$ue sobre o botão Recortar na barra de &erramenta Padr8o# 1
pala:ra selecionada 9 apa6ada e en:iada para a Zrea de Trans&erFncia#
3# Posicione o cursor ap?s a pala:ra informação.
+# Ili$ue sobre o botão Colar na barra de &erramentas Padr8o# 1
pala:ra 9 inserida na posiç8o indicada#
Kes&a7endo uma aç8o
• Ili$ue sobre o botão Voltar na barra de &erramentas Padr8o# O
PowerPoint des&a7 imediatamente a Eltima aç8o [email protected]#

Localizando e Substituindo Palavras
(# 1 partir do menu Editar, selecione a opç8o Localizar# ;erá [email protected] a
[email protected] de diálo6o Localizar.


.# Ha [email protected] Localizar, di6ite acesso e cli$ue sobre o bot8o Localizar
Próxima# 1 pala:ra especi&icada 9 selecionada e a [email protected] de diálo6o
Localizar permanece aberta para :ocF decidir o $ue deseDa &a7er#
3# 1 partir do menu Editar, selecione a opç8o Substituir# ;erá [email protected] a
[email protected] de diálo6o substituir.
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 31


+# Ha opç8o locali7ar di6ite OinformaçãoL
-# Ha [email protected] ;ubstituir por, di6ite Oinformática#L
Ili$ue sobre o botão Localizar próxima# Iaso [email protected] mais :e7es esta
pala:ra, o PowerPoint salta para a [email protected] pala:ra e a [email protected] de diálo6o
permanece aberta para $ue :ocF decida se deseDa substituir apenas a$uela
pala:ra ou substituir todas as pala:ras idFnticas# Iaso n8o [email protected], o
1ssistente [email protected] uma mensa6em di7endo $ue concluiu a pes$uisa na
apresentaç8o#

Formatando Fontes
(# ;elecione a pala:ra Ser no [email protected] do slide#
.# 1 partir do menu Formatar, selecione a opç8o Fonte. ;erá [email protected] a
[email protected] de diálo6o Fonte.


INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 32

Opções da Caixa de Diálogo Fonte disponíveis no Modo Slides
Caixa Fonte Permite di6itar ou selecionar uma &onte#
Caixa Estilo da
Fonte
Permite di6itar ou selecionar um estilo para a &onte
selecionada#
Caixa
Tamanho
Permite selecionar ou di6itar um taman!o para a &onte
selecionada#
Caixa Efeitos Permite selecionar os e&eitos
• Sublinhado = ;ublin!a o [email protected] selecionado#
• Sombra = 1diciona uma sombra ao [email protected] selecionado#
• Em relevo = Ká ao [email protected] selecionado uma aparFncia
em rele:o#
• Sobrescrito - <le:a a lin!a base do [email protected] selecionado#
• Subscrito - [email protected] a lin!a base do [email protected] selecionado#
Cor Permite selecionar uma cor, na lista de opções#

3. Ha Danela Fonte mude o [email protected] para a cor vermelho#
4. Para alterar o taman!o da &onte, na barra de &erramentas padr8o cli$ue
em 1umentar taman!o da &onte ou Kiminuir taman!o da &onte#

Automatizando a formatação de textos
1p?s escol!er uma &ormataç8o, :ocF poderá copiar esta &ormataç8o para
outro [email protected], utili7ando a &erramenta Pincel. <sta &erramenta aplica em um
[email protected], uma &ormataç8o de caractere Dá [email protected] no documento# <@emplo
(# ;elecione a pala:ra $ue :ocF acaba de colorir#
.# Ili$ue sobre a &erramenta Pincel para copiar o seu &ormato#
3# Obser:e o ponteiro do mouse $ue a6ora carre6a o >cone do Pincel#
+# Iom o ponteiro neste &ormato, selecione o restante do [email protected] desse
pará6ra&o#
O &ormato 9 copiado automaticamente para o [email protected] selecionado#

Alterando o estilo do Marcador
(# Ili$ue na primeira posiç8o entre o marcador e o [email protected]#
.# 1 partir do menu Formatar, selecione a opç8o Marcador ou Marcadores
e Numeração. ;erá [email protected] a [email protected] de diálo6o Marcador.
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 33


+# Ha [email protected] Marcadores de, selecione a &onte Wingdings.
-# Ha [email protected] Cor, selecione a cor para os marcadores na lista de opções#
,# Ha [email protected] Tamanho, selecione o taman!o deseDado para os marcadores,
clicando sobre as setas acima e abaixo ou di6itando uma percenta6em#
0# Ha 6rade, cli$ue sobre um marcador de sua pre&erFncia#
S# Juando terminar a seleç8o, cli$ue sobre o bot8o OK.

Configurando Página
1s opções de con&i6uraç8o de slide aplicam=se às apresentações, $uando no
modo de :isuali7aç8o de slide# Permitem di6itar as dimensões do slide e
&ornecer as in&ormações sobre a numeraç8o#
1 partir do menu Arquivo, selecione a opç8o Configurar página# 1
[email protected] de diálo6o Configurar página 9 [email protected]


INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 34

Opções da Caixa de Diálogo Configurar Slides
Slides
dimensionados
para:
Permite selecionar uma dimens8o para a [email protected]ç8o do
;lide#
O taman!o padr8o para OPersonali7adoL 9 de&inido de
acordo com a área imprim>:el de sua impressora#
Largura/Altura: Permite di6itar :alores personali7ados de lar6ura e
altura#
1 opç8o OPersonalizadoL 9 selecionada
automaticamente na [email protected] O;lides dimensionados
paraL#
Numerar slides a
partir de:
Permite di6itar o nEmero a partir do $ual a numeraç8o
dos slides será iniciada# O nEmero 9 aplicado ao
nEmero do slide na Danela do PowerPoint, assim como
aos s>mbolos de nEmeros inclu>dos nas pá6inas
mestras#
Orientação: Permite selecionar Retrato para obter uma orientaç8o
:ertical e Paisagem para obter uma orientaç8o
!ori7ontal#
%aça as alterações necessárias e cli$ue OK para &ec!ar a [email protected] de diálo6o
Configurar Slides.

Configurando segundo plano do Slide
1. Ho menu OFormatar" escol!a a opç8o OSegundo Plano..." se :ocF n8o
pode optar pelas estruturas o&erecidas pelo PowerPoint (sua empresa [email protected]
um padr8o espec>&ico de se6undo plano), atra:9s desta opç8o podemos
determinar padrões de cores para o slide#

2. Ili$ue na seta apontando para [email protected] para selecionar a cor de
preenc!imento#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 35

3. Ili$ue na opç8o mais cores, e selecione a cor deseDada e cli$ue em Ok.
BocF tamb9m pode personali7ar uma cor $ue n8o ten!a na pal!eta de
cores#
4. Ili$ue de no:o na seta de opções e escol!a Efeitos de preenchimento, a
se6uinte Danela será aberta#

Repare $ue podemos trabal!ar com e&eitos de 6radiente, [email protected], padr8o e
&i6ura# Kestes e&eitos, os mais utili7ados s8o 6radiente e &i6ura#
O e&eito 6radiente nos permite criar &undos utili7ando mais de uma cor#
Obser:e as [email protected] de trabal!o na Danela Iores (opções de cor),
;ombreamento (disposiç8o do 6radiente) e Bariações (estilos de 6radiente)#
1 opç8o (%i6ura) 9 muito Etil $uando precisamos manter um lo6otipo de
&undo em todos os slides#
5. 1lterne entre as :árias opções e $uando alcançar o &ormato deseDado
cli$ue em OK.
6. BocF pode aplicar a todos os slides da apresentaç8o ou apenas ao slide
ati:o, cli$ue em OK.

,lide Mestre
1 aparFncia padr8o de uma apresentaç8o 9 obtida por meio do
slide-mestre# Tudo o $ue &or de&inido nessa estrutura aparecerá nas
demais# Nse o slide mestre para inserir seu nome e per>odo (no caso de
trabal!os da &aculdade), o lo6otipo da empresa, etc# O padr8o estabelecido
&acilitará o ol!ar para os pontos $ue de:em ser destacados#
#+tulo mestre
Para $ue os slides de t>tulo ten!am uma aparFncia di&erente dos outros slides
da apresentaç8o, altere o t>tulo mestre# <sse t>tulo a&eta apenas os slides $ue
usam o laPout Slide de título# Por [email protected], para en&ati7ar o slide de
abertura de cada seç8o em uma apresentaç8o, &ormate o t>tulo mestre com
uma aparFncia di&erente e use o laPout Slide de título nesses slides# 1cabe
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 36

de trabal!ar com o slide mestre antes de alterar o t>tulo mestre, pois
$ual$uer &ormataç8o de [email protected] $ue seDa alterada no primeiro tamb9m será
alterada no se6undo#
Exercício
1. Ho menu Exibir, cli$ue em Mestre, na [email protected] Danela cli$ue em Slide
Mestre, a se6uinte Danela 9 apresentada#



2. 1ltere o taman!o das &ontes, cores, se6undo plano, insira s>mbolos, data,
etc# Toda a alteraç8o &eita no ;lide )estre será re&letida em toda a
apresentaç8o#
Ili$ue no bot8o Fechar Slide Mestre #
3. Ili$ue no bot8o Novo Slide , e escol!a o se6undo slide da Danela#
4. Ki6ite no t>tulo Missão, e alterne para a posiç8o do [email protected] lo6o [email protected]#
5. Ki6ite no [email protected] Prover soluções de acesso aos sistemas de
informação que garantam o sucesso do cliente, com diferencial de
serviço#

Trabalhando com Transições de Slides

Adicionando Transições entre Slides
(# ;al:e o ar$ui:o como EmpresaAlfa.
.# 1lterne para o modo de [email protected]ç8o Classificação de Slides, e cli$ue no
primeiro slide para selecioná=lo#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 37

3# Ili$ue sobre o menu Apresentações e selecione Transição de slides
#

+# Ha [email protected] Efeito, selecione a transiç8o deseDada# <m se6uida, selecione a
:elocidade deseDada para a transiç8o selecionando uma das trFs opções
Lenta, Média ou Rápida.
Obser:e $ue, cada :e7 $ue :ocF clica em um e&eito ou opç8o de
:elocidade di&erente, o PowerPoint [email protected] o e&eito no [email protected] de &i6ura#
Para [email protected] no:amente a :isuali7aç8o, cli$ue na &i6ura#
-# Ili$ue em Aplicar para aplicar em apenas um slide, ou Aplicar a todos
para aplicar o mesmo e&eito em toda a apresentaç8o# 1pli$ue uma
transiç8o di&erente para cada slide#
,# Ha opç8o Avanço :ocF pode escol!er em clicar com o mouse para passar
para o [email protected] slide, ou automaticamente ap?s a $uantidade de se6undos
$ue :ocF in&ormar no espaço para se6undos#
0# Juando terminar de criar as transições, :eDa o resultado clicando no
primeiro slide e clicando sobre o bot8o Apresentação de slides.
S# 1lterne no:amente para o modo de [email protected]ç8o Classificação de slide#
Hesse modo :ocF tem a oportunidade de or6ani7ar a ordem da sua
apresentaç8o ou copiar um no:o slide Dá &ormatado#
*# Ili$ue no Eltimo slide da apresentaç8o, pressione a tecla CTRL e
manten!a pressionada en$uanto arrasta o slide para o [email protected] espaço em
branco ap?s o Eltimo slide#
('# Iom o slide $ue acabou de copiar selecionado, cli$ue no modo de
[email protected]ç8o Modo slide, cli$ue no &inal do [email protected] do slide e pressione ENTER
para criar um no:o t?pico, di6ite "Apresentando preços competitivos
com o mercado".

Adicionando Efeitos de Composição entre Tópicos de Slide
(# 1lterne para o modo de [email protected]ç8o Classificação de Slides, caso seDa
necessário#
.# Ili$ue no bot8o com uma seta para [email protected], do lado direito da barra de
&erramentas Ilassi&icaç8o de slides#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 38



3# 1lterne entre os slides e insira um e&eito di&erente para cada slide#
+# Juando terminar de criar as transições, :eDa o resultado clicando sobre o
botão Apresentação de slides #

Efeitos de animação
(# 1lterne para Modo Normal, e cli$ue sobre o botão Efeitos de animação
, na barra de &erramentas padr8o, a se6uinte [email protected] será apresentada#


2. Ili$ue em $ual$uer posiç8o no [email protected] do slide, e na Danela Efeitos de
animação insira uma animaç8o#
3. )ude para o [email protected] slide e repita os passos anteriores, aplicando um
e&eito di&erente para cada slide#
4. Ili$ue no modo apresentaç8o de slide para :er o e&eito#
Melhorando a Aparência da Apresentação
(# KF um cli$ue sobre o menu Formatar=XAplicar modelo de estrutura
ou cli$ue no bot8o Aplicar Estrutura , na Barra de %erramentas
Padr8o# 1 se6uinte tela 9 apresentada
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 39


2. Ili$ue em cima do ar$ui:o, um [email protected] do modelo será apresentado à
direita da Danela# ;elecione um modelo e cli$ue em aplicar para aplicar
a$uele modelo à apresentaç8o# Hesse caso, o modelo escol!ido :alerá
para toda a apresentaç8o, pois será inserido no Slide Mestre#

3. BocF pode tamb9m clicar em Arquivo na barra de &erramentas padr8o,
em Novo e :ocF poderá escol!er entre modelos de Estrutura ou modelos
de Conteúdo#

4. <scol!a o modelo de sua pre&erFncia e cli$ue em aplicar#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 40



Trabalhando com Objetos Gráficos
(nserindo )lip-$rts na $presentação
(# 1bra uma no:a apresentaç8o e insira um slide em branco#
.# Ili$ue sobre o bot8o Inserir Clip-Art na Barra de %erramentas#

+# ;elecione uma cate6oria e use a barra de rola6em para :isuali7ar todas as
&i6uras clip=art contidas dentro desta cate6oria#
-# 1p?s selecionar a &i6ura clip=art, cli$ue OK ou cli$ue com o bot8o direito
na &i6ura e selecione Inserir# 1 &i6ura será inserida no slide#

Redimensionando uma figura
(# Ili$ue sobre a &i6ura para selecioná=la#
.# Ili$ue sobre os 6erenciadores de taman!o e arraste at9 atin6ir o taman!o
deseDado# Para redimensionar para um taman!o proporcional, cli$ue sobre
os 6erenciadores de canto#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 41

Desagrupando a figura
(# Ili$ue na &i6ura para selecioná=la, na barra de &erramentas Kesen!o, na
opç8o Kesen!ar cli$ue em Desagrupar#

.# 1o a6rupar obDetos, :ocF os combina de modo a poder trabal!ar com eles
como se &ossem um Enico obDeto# BocF pode in:erter, 6irar e
redimensionar ou dimensionar todos os obDetos de um 6rupo como uma
Enica unidade# Tamb9m 9 poss>:el alterar os atributos de todos os obDetos
de um 6rupo de uma s? :e7 por [email protected], :ocF pode alterar a cor de
preenc!imento ou adicionar uma sombra a todos os obDetos do 6rupo#
1l9m disso, 9 poss>:el criar 6rupos dentro de 6rupos para aDudá=lo a criar
desen!os [email protected]#
3# BocF pode desa6rupar um 6rupo de obDetos de uma s? :e7 e rea6rupá=los
&acilmente selecionando $ual$uer um dos obDetos pre:iamente a6rupados,
isso permite :ocF modi&icar partes do desen!o, alterar cores e incluir
no:as &ormas à &i6ura#

#rabal%ando com o Word2rt
Gnsira um slide :a7io ap?s o Eltimo slide# Ha barra de &erramentas
Kesen!o, cli$ue em Inserir Wordart #

Ha Danela WordArt Gallery, selecione o estilo deseDado, e cli$ue OK#
Ha Danela Editar texto do WordArt, no espaço OSeu texto aquiL,
di6ite o [email protected] deseDado#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 42


Opções de desenho do WordArt
Tamanho ;elecione um taman!o de &onte a partir da lista ou, se
o taman!o deseDado n8o esti:er [email protected], di6ite=o#
Negrito Ili$ue sobre o bot8o Negrito para $ue o [email protected] do Mord1rt &i$ue
mais espesso#
Itálico Ili$ue sobre o bot8o Itálico para $ue o [email protected] do Mord1rt &i$ue
mais inclinado#
Ili$ue com o bot8o direito no Mord1rt criado# 1 barra do Mord1rt possui
:árias &erramentas para [email protected]á=lo em um obDeto do Mord1rt#


Editar Texto do Mord1rt, abre a Danela de ediç8o do Mord1rt permitindo a
alteraç8o do [email protected] editado#
Wordart Gallery , 1bre a 6aleria de estilo para alterar o estilo atual#
Formatar Wordart, permite alterar cores de preenc!imento, lin!as,
taman!o da &i6ura e posiç8o# Permite usar o e&eito semitransparente,
podendo ser usado como &undo do slide#


Forma do WordArt , Permite alterar a &orma do obDeto Mord1rt inserido
no slide#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 43


Girar livremente, permite 6irar li:remente o obDeto Mord1rt sobre um
[email protected] na tela#
Mesma altura de letra no WordArt, reaDusta a altura das letras pela
altura padr8o do [email protected] no Mord1rt#
Texto vertical do WordArt, permite alterar a posiç8o do [email protected] da
posiç8o !ori7ontal para :ertical e :ice=:ersa#
Alinhar de WordArt, permite o alin!amento do [email protected] no slide#

Espaçamento de caracteres no WordArt permite o aDuste do
espaço entre cada caractere do [email protected]# O<spaçamento entre caracteresL 9
&re$Uentemente c!amado de Okernin6L#

Principais Opções do PowerPoint

() )enu "Formatar" opç8o "Layout do slide..." esta opç8o nos permite
escol!er uma estrutura padr8o de laPout para um slide espec>&ico# Juando
:amos criar uma apresentaç8o, esta 9 a primeira opç8o $ue o PowerPoint
nos &ornece#
<ssa opç8o está dispon>:el $uando :amos inserir mais um slide em nossa
apresentaç8o (Menu "Inserir" opção "Novo slide")#

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 44



.) Menu "Formatar" opção "Aplicar modelo de estrutura..." o
PowerPoint nos permite escol!er um padr8o de estrutura incluindo
se6undo plano (ima6em de &undo) e laPout dos slides# ;e :ocF n8o
precisa personali7ar um se6undo plano (se a sua empresa n8o [email protected] uma
padroni7aç8o) esta opç8o 9 muito Etil#


3) Menu "Exibir" opção "Cabeçalho e rodapé..." 1presenta opções
como nEmero de pá6ina, rodap9, nEmero do slide, etc#, para con&i6uraç8o
de OslidesL e Oanotações e &ol!etosL# <ste Eltimo 9 mais utili7ado para
impress8o e se torna :is>:el atra:9s das opções de [email protected]ç8o (Menu
"Exibir" opções "Slide", "Estrutura de tópicos", "Classificação de
slides", "Anotações" e "Apresentação de slides")#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 45


Repare $ue podemos aplicar as opções de OIabeçal!o e rodap9L a um Enico
slide ou a todos (Botões OAplicar a todosL e OAplicarL)#

+) Menu "Apresentações" opção "Personalizar animação..." este
recurso 9 muito Etil $uando precisamos descre:er procedimentos do tipo
OPasso a passoL, principalmente $uando podemos representá=los atra:9s
de obDetos animados (6rá&icos, desen!os, &[email protected])#

Repare que temos opções de "Intervalos", "Efeitos", "Efeitos do
gráfico" e "Configurar execução". Bamos destacar . deles
=OGnter:alosL ] onde or6ani7amos de $ual &orma a animaç8o será iniciada
(automaticamente ap?s um determinado tempo ou por e:ento do click do
mouse)#
=O<&eitosL ] onde escol!emos os tipos de animaç8o (aparecer, re:elar à
direita ###)#

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 46

Powerpoint 2007
Para iniciá=lo basta clicar no bot8o Iniciar da barra de tare&as do Mindows,
apontar para Todos os Programas, selecionar Microsoft Office e clicar em
Microsoft Office PowerPoint 2007#

O bot8o Office substitui o menu 1r$ui:o (:ersões anteriores) e está
locali7ado no canto superior es$uerdo do pro6rama# 1o clicar no bot8o
Office , ser8o [email protected] comandos básicos Novo, Abrir, Salvar, Salvar
Como, Imprimir, Preparar, Enviar, Publicar e Fechar.
1 %[email protected] de Opções 9 composta de :árias guias#

1s principais s8o
2uia Início Permite criar no:os slides, &ormatar os slides $uanto à
&onte, alin!amento, entre outros#
2uia Inserir 1$ui est8o todos os itens $ue :ocF $ueira colocar em
um slide, de tabelas, ima6ens, dia6ramas, 6rá&icos e
[email protected] de [email protected] a sons, !iperlinks, cabeçal!os e rodap9s#
2uia Design <scol!a um :isual completo para os slides $ue inclui
design de plano de &undo, &ontes e es$uema de cores#
<m se6uida, personali7e esse :isual#
2uia
Animações
Todos os e&eitos de animaç8o est8o a$ui# 1nimações
básicas para listas ou 6rá&icos s8o as mais &áceis de
adicionar#
2uia
Apresentação
de Slides
;elecione uma cor de caneta ou um determinado slide
para começar# 2ra:e narraç8o, percorra a apresentaç8o
e [email protected] outras tare&as preparat?rias#
2uia
Revisão
Hela está o :eri&icador orto6rá&ico e o ser:iço de
pes$uisa# Permita à sua e$uipe usar anotações para
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 47

re:isar a apresentaç8o e, em se6uida, re:ise os
comentários &eitos#
2uia
Exibição
1lterne rapidamente para o modo de [email protected]ç8o
1notações, ati:e lin!as de 6rade ou or6ani7e todas as
apresentações abertas na Danela#

Iriar uma apresentaç8o no )icroso&t PowerPoint .''0 en6loba iniciar com
um design básicoA adicionar no:os slides e conteEdoA escol!er la#outsA
modi&icar o design do slide, se deseDar, alterando o es$uema de cores ou
aplicando di&erentes modelos de estrutura e criar e&eitos, como transições de
slides animados#

Criando apresentações
Para iniciar uma no:a apresentaç8o basta se6uir os se6uintes passos
• Ilicar no bot8o Office , e em se6uida clicar em Novo #
• <scol!er um modelo para a apresentaç8o (<m Branco, )odelos
Gnstalados, )eus modelos, Ho:o com base em documento [email protected] ou
)odelos do )icroso&t O&&ice Online)#
• Kepois de escol!ido o modelo clicar em Criar#


Modos de exibição de apresentação no PowerPoint
O menu das :ersões anteriores con!ecido como <@ibir do PowerPoint a6ora 9
a 6uia Exibição no )icroso&t PowerPoint .''0# Ion&orme :isto na &i6ura
se6uinte, o PowerPoint .''0 disponibili7a aos usuários os se6uintes modos
de [email protected]ç8o Hormal, Ilassi&icaç8o de ;lides, 1notações, 1presentaç8o de
;lides, ;lide )estre, %ol!eto )estre, 1notações )estras#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 48



• Modo de exibição "Normal"
4 o principal modo de ediç8o, onde :ocF escre:e e proDeta a sua
apresentaç8o# <sse modo de [email protected]ç8o possui $uatro áreas de trabal!o


1

Guia Slides: [email protected] os slides da sua apresentaç8o na &orma de ima6ens
em miniatura, à medida $ue :ocF reali7a a ediç8o, o $ue &acilita a sua
na:e6aç8o pela apresentaç8o e permite a obser:aç8o dos e&eitos de
$uais$uer alterações no desi6n# 1$ui tamb9m 9 poss>:el reor6ani7ar,
adicionar, ou [email protected] os slides com &acilidade#
2

Guia Tópicos: mostra o [email protected] do seu slide na &orma de estrutura de
t?picos#
3

Painel de Slides: [email protected] uma ima6em ampla do slide atual, o $ue nos
permite adicionar [email protected] e inserir ima6ens, tabelas, 6rá&icos, obDetos
desen!ados, [email protected] de [email protected], &ilmes, sons, !iperlinks, e animações#
4

Painel de Anotações: locali7ado [email protected] do painel de ;lides, nesse local 9
poss>:el di6itar anotações $ue se aplicam ao slide atual# )ais tarde, :ocF
poderá imprimir suas anotações e consultá=las ao &ornecer a sua
apresentaç8o#
2 1
3
4
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 49

• Modo de exibição "Classificação de Slides"
<@ibe os seus slides na &orma de miniaturas, con&orme ilustrado a se6uir#

• Modo de exibição "Anotações"
Permite=nos di6itar anotações no painel de 1notações, $ue está locali7ado
lo6o [email protected] do painel de ;lides, no modo de [email protected]ç8o Normal#
Toda:ia, se :ocF $uiser :isuali7ar e trabal!ar com as suas anotações em
&ormato de pá6ina inteira, na 6uia Exibir, no 6rupo Modos de Exibição de
Apresentação, cli$ue em Anotações#

• Modo de exibição "Apresentação de Slides"
Ocupa toda a tela do computador, como uma apresentaç8o real,
permitindo=nos assistir a apresentaç8o da mesma maneira $ue seu pEblico o
&ará# BocF pode obser:ar como os seus 6rá&icos, inter:alos, &ilmes, e&eitos
animados, e e&eitos de transiç8o ir8o parecer durante a apresentaç8o real#
• Modo de exibição "Slide Mestre"
Um slide mestre é o slide principal em uma
hierarquia de slides que armazena todas as
informações sobre o tema e os layouts de slide de
uma apresentação, inclusive o plano de fundo, a cor,
as fontes, os efeitos, os tamanhos de espaços
reservados e o posicionamento.
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 50

Cada apresentação contém pelo menos um slide mestre# BocF pode
alterar slide mestres, e o principal bene&>cio de modi&icá=los e usá=los 9 a sua
capacidade de &a7er alterações de estilo uni:ersais em cada slide da sua
apresentaç8o, incluindo os adicionais posteriormente à apresentaç8o# 1o
usar um slide mestre, :ocF economi7a bastante tempo, Dá $ue n8o precisa
di6itar as mesmas in&ormações em mais de um slide# O slide mestre 9
especialmente Etil $uando :ocF possui apresentações muito lon6as com
:ários slides#
Iomo os slides mestres a&etam a aparFncia da sua apresentaç8o inteira,
$uando :ocF criar e editar um slide mestre ou um ou mais laPouts
correspondentes, o trabal!o 9 &eito no modo de [email protected]ç8o de ;lide )estre#

1 Nm slide mestre no modo de [email protected]ç8o de ;lide )estre
2 /aPouts associados ao slide mestre
IMPORTANTE É uma boa ideia criar um slide mestre antes, e não
depois, de construir slides individuais# Se voc* criar o slide mestre
primeiro+ todos os slides 'ue adicionar , sua apresentação serão baseados
nesse slide mestre e nos la#outs associados -uando começar a fa.er
alteraç/es+ faça-as no slide mestre
1l9m disso, se :ocF criar um slide mestre depois de criar slides indi:iduais,
al6uns dos itens nesses slides tal:e7 n8o esteDam de acordo com o desi6n do
slide mestre# 4 poss>:el substituir al6umas das personali7ações do slide
mestre em slides indi:iduais utili7ando recursos de &ormataç8o de [email protected] e
plano de &undo, mas outras personali7ações (como rodap9s e lo6otipos)
somente podem ser modi&icadas no modo de [email protected]ç8o de ;lide )estre#

Observações
• 1o modi&icar um ou mais dos laPouts [email protected] de um slide mestre, :ocF
modi&ica essencialmente esse slide mestre# <mbora cada laPout de
slide seDa con&i6urado de maneira di&erente, todos os laPouts $ue est8o
associados a um determinado slide mestre contFm o mesmo tema
(es$uema de cor, &ontes e e&eitos)#
2
1
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 51

• Juando $uiser $ue a sua apresentaç8o conten!a dois ou mais estilos
ou temas di&erentes (como planos de &undo, cores, &ontes e e&eitos),
será necessário inserir um slide mestre para cada tema di&erente#
• BocF pode criar uma apresentaç8o $ue conten!a um ou mais slides
mestres e ent8o sal:á=la como um ar$ui:o de )odelo do PowerPoint
(#[email protected] ou #pot) e usá=la para criar outras apresentações# <sse ar$ui:o
inclui tudo o $ue um slide mestre cont9m e muito mais#

• Modo de exibição "Folheto Mestre"


• Modo de exibição "Anotações Mestras"


Inserindo figuras no slide
Para inserir uma &i6ura no slide basta clicar na 6uia Inserir, e, em se6uida,
clicar em um dos botões listados a se6uir
• Imagem do Arquivo para inserir uma ima6em de um ar$ui:o#
• Clip-art para escol!er entre :árias &i6uras $ue acompan!am o
)icroso&t O&&ice#
• Formas para inserir &ormas prontas, como ret^n6ulos e c>rculos,
setas, lin!as, s>mbolos de &[email protected] e [email protected] [email protected]:os#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 52

• SmartArt para inserir um elemento 6rá&ico ;mart1rt para
comunicar in&ormações :isualmente# <sses elementos 6rá&icos :ariam
desde listas 6rá&icas e dia6ramas de processos at9 6rá&icos mais
[email protected], como or6ano6ramas (:ide opções na &i6ura se6uinte)#

• Gráfico para inserir um 6rá&ico para ilustrar e comparar dados#

• WordArt para inserir um [email protected] com e&eitos especiais#

Finalizando o Powerpoint 2007
Para sair do PowerPoint, utili7ar as se6uintes opções
• 1cionar o bot8o Office e clicar em Sair do PowerPoint#
• Ilicar no bot8o Fechar #
• Pressionar as teclas ALT+F4#
Iaso o ar$ui:o n8o ten!a sido sal:o ainda, ou se as Eltimas alterações n8o
&oram 6ra:adas, o PowerPoint emitirá uma mensa6em, alertando=o do &ato#


Microsoft Powerpoint 2010
Para iniciá=lo basta clicar no bot8o Iniciar da barra de tare&as do Mindows,
apontar para Todos os Programas, selecionar Microsoft Office e clicar em
Microsoft PowerPoint 2010#


INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 53

Criando apresentações
Para iniciar uma no:a apresentaç8o basta se6uir os se6uintes passos
• Ilicar na 6uia Arquivo, e em se6uida clicar em Novo#

%i6ura# 2uia 1r$ui:o do Powerpoint .'('

• <scol!er um modelo para a apresentaç8o (<m Branco, )odelos
recentes, )odelos de [email protected], Ho:o a partir de [email protected] ou )odelos
do O&&ice Online)#
• Kepois de escol!ido o modelo clicar em Criar#


1 %[email protected] de Opções do Powerpoint .'(' 9 composta de :árias guias# 1s
principais s8o
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 54


2uia Arquivo Ho:a!! 1o clicar nessa 6uia s8o [email protected] comandos
básicos, como OSalvar", "Salvar Como", "Abrir",
"Fechar", "Informações", "Recente", "Novo",
"Imprimir", "Salvar e Enviar".

%i6ura# 2uia 1r$ui:o do Powerpoint .'('
2uia Página
Inicial
Permite criar no:os slides, &ormatar os slides $uanto à
&onte, alin!amento, entre outros#

%i6ura# 2uia Pá6ina Gnicial
2uia Inserir 1$ui est8o todos os itens $ue :ocF $ueira colocar em um
slide, como tabelas, ima6ens, clip=arts, instant^neo (uma
ima6em de $ual$uer pro6rama $ue n8o esteDa
minimi7ado na tela), álbum de &oto6ra&ias, &ormas,
elementos 6rá&icos ;mart1rts, !iperlinks, 6rá&icos, [email protected]
de [email protected], e$uações, :>deos, áudios, etc#

%i6ura# 2uia Gnserir
2uia
Design
<scol!a um :isual completo para os slides $ue inclui design
de plano de &undo, &ontes e es$uema de cores# <m se6uida,
personali7e esse :isual#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 55


%i6ura# 2uia Kesi6n
2uia
Transições
Ho:a!! 1s transições de slides s8o e&eitos de animaç8o $ue
ocorrem no modo de [email protected]ç8o 1presentaç8o de ;lides
$uando :ocF muda de um slide para o [email protected]# 4 poss>:el
controlar a :elocidade, adicionar som e at9 mesmo
personali7ar as propriedades de e&eitos de transiç8o por
essa 6uia#

%i6ura# 2uia Transições
2uia
Animações
Todos os e&eitos de animaç8o est8o a$ui#

%i6ura# 2uia 1nimações
2uia
Apresenta-
ção de
Slides
2ra:e a sua apresentaç8o de slides, narraç8o, percorra a
apresentaç8o e [email protected] outras tare&as preparat?rias#

%i6ura# 2uia 1presentações de ;lides
2uia
Revisão
Hela está o :eri&icador orto6rá&ico e o ser:iço de pes$uisa#
Permite à sua e$uipe usar anotações para re:isar a
apresentaç8o e, em se6uida, re:ise os comentários &eitos#

%i6ura# 2uia Re:is8o
2uia
Exibição
1lterne rapidamente para o modo de [email protected]ç8o 1notações,
ati:e lin!as de 6rade ou or6ani7e todas as apresentações
abertas na Danela#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 56


%i6ura# 2uia <@ibiç8o

Modos de Exibição de Apresentação no PowerPoint
O menu das :ersões anteriores con!ecido como <@ibir do PowerPoint a6ora 9
a 6uia Exibição no )icroso&t PowerPoint .'('# Ion&orme :isto na &i6ura
se6uinte, o PowerPoint .'(' disponibili7a aos usuários os se6uintes modos
de exibição


Hormal,
Ilassi&icaç8o de ;lides,
1notações,
)odo de <@ibiç8o de /eitura,
;lide )estre,
%ol!eto )estre,
1notações )estras#

• Modo de exibição "Normal"

%i6ura# 2uia <@ibiç8o
4 o principal modo de ediç8o, em $ue :ocF escre:e e proDeta a sua
apresentaç8o# <sse modo de [email protected]ç8o possui $uatro áreas de trabal!o

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 57




%i6ura# )odo de <@ibiç8o [Hormal[


1

Guia Slides <@ibe os slides da sua apresentaç8o na &orma de ima6ens
em miniatura, à medida $ue :ocF reali7a a ediç8o, o $ue
&acilita a sua na:e6aç8o pela apresentaç8o e permite a
obser:aç8o dos e&eitos de $uais$uer alterações no desi6n#
1$ui tamb9m 9 poss>:el reor6ani7ar, adicionar, ou [email protected]
os slides com &acilidade#
2

Guia Tópicos )ostra o [email protected] do seu slide na &orma de estrutura de
t?picos#
3

Painel de Slides <@ibe uma ima6em ampla do slide atual, o $ue nos permite
adicionar [email protected] e inserir ima6ens, tabelas, 6rá&icos, obDetos
desen!ados, [email protected] de [email protected], &ilmes, sons, !iperlinks, e
animações#
4

Painel de
Anotações
/ocali7ado [email protected] do painel de ;lides, nesse local 9
poss>:el di6itar anotações $ue se aplicam ao slide atual#
)ais tarde, :ocF poderá imprimir suas anotações e
consultá=las ao &ornecer a sua apresentaç8o#



• Modo de exibição "Classificação de Slides"
<@ibe os seus slides na &orma de miniaturas, con&orme ilustrado a se6uir#
2 1
3
4
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 58


%i6ura# )odo de <@ibiç8o OIlassi&icaç8o de ;lidesL

• Modo de exibição "Anotações"
Permite=nos di6itar anotações no painel de 1notações, $ue está locali7ado
lo6o [email protected] do painel de ;lides, no modo de [email protected]ç8o Normal#
Toda:ia, se :ocF $uiser :isuali7ar e trabal!ar com as suas anotações em
&ormato de pá6ina inteira, na 6uia Exibição, no 6rupo Modos de Exibição
de Apresentação, cli$ue em Anotações#

%i6ura# )odo de <@ibiç8o O1notaçõesL

• "Modo de Exibição de Leitura"
<@ibe a apresentaç8o como uma apresentaç8o de slides $ue cabe na Danela#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 59


%i6ura# )odo de <@ibiç8o de /eitura

• Modo de exibição "Slide Mestre"
Um slide mestre é o slide principal em uma
hierarquia de slides que armazena todas as
informações sobre o tema e os layouts de slide de
uma apresentação, inclusive o plano de fundo, a cor,
as fontes, os efeitos, os tamanhos de espaços
reservados e o posicionamento.


%i6ura# 2uia ;lide )estre


2
1
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 60

1 Nm slide mestre no modo de [email protected]ç8o de ;lide )estre
2 /aPouts associados ao slide mestre

IMPORTANTE É uma boa ideia criar um slide mestre antes, e não
depois, de construir slides individuais# Se voc* criar o slide mestre
primeiro+ todos os slides 'ue adicionar , sua apresentação serão baseados
nesse slide mestre e nos la#outs associados -uando começar a fa.er
alteraç/es+ faça-as no slide mestre
1l9m disso, se :ocF criar um slide mestre depois de criar slides indi:iduais,
al6uns dos itens nesses slides tal:e7 n8o esteDam de acordo com o desi6n do
slide mestre# 4 poss>:el substituir al6umas das personali7ações do slide
mestre em slides indi:iduais utili7ando recursos de &ormataç8o de [email protected] e
plano de &undo, mas outras personali7ações (como rodap9s e lo6otipos)
somente podem ser modi&icadas no modo de [email protected]ç8o de ;lide )estre#

Observações
• 1o modi&icar um ou mais dos laPouts [email protected] de um slide mestre, :ocF
modi&ica essencialmente esse slide mestre# <mbora cada laPout de
slide seDa con&i6urado de maneira di&erente, todos os laPouts $ue est8o
associados a um determinado slide mestre contFm o mesmo tema
(es$uema de cor, &ontes e e&eitos)#
• Juando $uiser $ue a apresentaç8o conten!a dois ou mais estilos ou
temas di&erentes (como planos de &undo, cores, &ontes e e&eitos) será
necessário inserir um slide mestre para cada tema di&erente#
• Juando :ocF acessar o modo de [email protected]ç8o de ;lide )estre, :erá $ue
[email protected] :ários laPouts padr8o associados a $ual$uer slide mestre
determinado# 4 muito pro:á:el $ue :ocF n8o :en!a a utili7ar todos os
laPouts &ornecidos# BocF pode escol!er um dos laPouts dispon>:eis,
determinando a$ueles $ue &uncionam mel!or para [email protected] as suas
in&ormações#
• BocF pode criar uma apresentaç8o $ue conten!a um ou mais slides
mestres e ent8o sal:á=la como um ar$ui:o de )odelo do PowerPoint
(#[email protected] ou #pot) e usá=la para criar outras apresentações# <sse ar$ui:o
inclui tudo o $ue um slide mestre cont9m e muito mais#

• Modo de exibição "Folheto Mestre"
Permite abrir o modo de [email protected]ç8o de &ol!eto mestre para alterar o
desi6n e o laPout dos &ol!etos impressos#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 61



%i6ura# )odo de <@ibiç8o [%ol!eto )estre[


• Modo de exibição "Anotações Mestras"
• 1bre o modo de [email protected]ç8o de anotações mestras, como listado a se6uir#


%i6ura# )odo de <@ibiç8o [1notações )estres[

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 62

Guia "Apresentação de Slides"

%i6ura# 2uia 1presentaç8o de ;lides

O bot8o permite=nos [email protected] a apresentaç8o de &orma $ue ocupe toda
a tela do computador, como uma apresentaç8o real, permitindo=nos assistir
à apresentaç8o da mesma maneira $ue seu pEblico o &ará# BocF pode
obser:ar como os seus 6rá&icos, inter:alos, &ilmes, e&eitos animados, e
e&eitos de transiç8o ir8o parecer durante a apresentaç8o real#

Importante
Seções
<ste novo recurso ;eções do Powerpoint .'(' pode ser utili7ado para
or6ani7ar seus slides, muito semel!ante à maneira como :ocF usa pastas
para or6ani7ar os seus ar$ui:os#
Podemos usar seções nomeadas para controlar 6rupos de slides e 9
poss>:el atribuir seções a cole6as para esclarecer a propriedade durante a
colaboraç8o# ;e esti:er começando do 7ero, as seções poder8o at9 ser
usadas para destacar os t?picos em sua apresentaç8o#
<n$uanto :ocF pode [email protected] seções no modo Ilassi&icador de ;lides ou no
modo Hormal, o modo 'lassificador de ,lides tende a ser mais 5til
3uando (ocê dese$ar organi6ar e classificar seus slides em categorias
l7gicas definidas por (ocê#
1 se6uir, está um [email protected] retirado da seç8o 1Duda do sistema $ue nos
mostra como 9 poss>:el [email protected] seções no modo Hormal
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 63


<, a se6uir, está um [email protected] de como :ocF pode [email protected] seções no modo
Ilassi&icador de ;lides

)ostra a seç8o selecionada no conDunto de slides
Outra seç8o do conDunto de slides#

Para adicionar e nomear uma seção
Ho modo Hormal ou no modo Ilassi&icador de ;lides, cli$ue com o bot8o
direito entre os dois slides onde :ocF deseDa adicionar uma seç8o#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 64


Heste [email protected], no modo Hormal, cli$ue com o bot8o direito entre os dois
slides e, em se6uida, cli$ue em Adicionar Seção#

Renomear uma seção
Para renomear a seç8o para al6o mais si6ni&icati:o, cli$ue com o bot8o
direito no marcador ;eç8o ;em T>tulo e cli$ue em Renomear Seção# Gnsira
um nome si6ni&icati:o para a seç8o e cli$ue em Renomear#





INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 65

Mover uma seção para cima ou para baixo em uma lista de slides
Ili$ue com o bot8o direito do mouse na seç8o $ue :ocF deseDa mo:er e
cli$ue em Mover Seção Para Cima ou Mover Seção Para Baixo#

Remover uma seção
Ili$ue com o bot8o direito do mouse na seç8o $ue :ocF deseDa remo:er e
cli$ue em Remover Seção#

Inserindo Figuras no Slide
Para inserir uma &i6ura no slide basta clicar na 6uia Inserir, e, em se6uida,
clicar em um dos botões, como por [email protected] os $ue est8o listados a se6uir


Para inserir uma ima6em de um ar$ui:o#

Para escol!er entre :árias &i6uras $ue acompan!am o
)icroso&t O&&ice#


Nma ima6em de $ual$uer pro6rama $ue n8o esteDa
minimi7ado na tela#


Para inserir &ormas prontas, como ret^n6ulos e c>rculos,
setas, lin!as, s>mbolos de &[email protected] e [email protected]
[email protected]:os#

Para inserir um elemento 6rá&ico ;mart1rt para
comunicar in&ormações :isualmente# <sses elementos
6rá&icos :ariam desde listas 6rá&icas e dia6ramas de
processos at9 6rá&icos mais [email protected], como
or6ano6ramas (:ide opções na &i6ura se6uinte)#

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 66


Para inserir um 6rá&ico para ilustrar e comparar dados#


Para inserir um [email protected] com e&eitos especiais#

Adicionar um Novo Slide
Tecla de 1tal!o T #
• Ha 6uia Página Inicial, no 6rupo Slides, cli$ue em Novo Slide
e pronto!! Hesse caso será criado um slide do tipo O<m BrancoL#
• ;e deseDar escol!er um tipo de slide di&erente, cli$ue na setin!a desse
bot8o , e a se6uinte Danela Tema do O&&ice aparecerá#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 67


%i6ura# _anela Tema do O&&ice

• Obser:e nessa Danela os di&erentes tipos de slides $ue podem ser
selecionados para o no:o slide $ue será criado e &aça a sua escol!a!

1l9m de poder inserir :ários tipos de slides 9 poss>:el tamb9m duplicá=los e
at9 reutili7á=los pela tela anterior#


Apresentação de Slides Personalizada
Nma apresentaç8o de slides personali7ada [email protected]á somente os slides
selecionados, possibilitando $ue :ocF ten!a :ários conDuntos de slides
di&erentes (por [email protected], uma sucess8o de slides de .' minutos e outra de
3- minutos) na mesma apresentaç8o#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 68

Para tal, seleciona=se o obDeto deseDado e escol!a Apresentação de Slides
Personalizada na 6uia Apresentação de Slides.


Animações
Ho Powerpoint .'(', tem=se a 6uia Animações, responsá:el por toda
personali7aç8o e con&i6uraç8o de :ários estilos de animações aos obDetos de
um slide ([email protected], &i6uras, etc#)# 1ssim, por essa 6uia podemos ter acesso às
opções de con&i6uraç8o dos :ários tipos di&erentes de animaç/es, incluindo
(mas n8o se limitando) às se6uintes
• Hen!uma,
• 1parecer,
• <smaecer,
• ;ur6ir,
• Ki:idir,
• %orma,
• Bolante,
• 2irar, etc#


%i6ura# 2uia 1nimações

1 partir da 6uia Animações 9 poss>:el selecionar $ual$uer tipo de animaç8o
deseDada para se aplicar ao(s) obDeto(s) do slide# Para inserir uma animaç8o
basta selecionar o obDeto deseDado, escol!er a animaç8o deseDada e aplicar
as con&i6urações de inter:alo necessárias como por [email protected] o tempo de
duraç8o"atraso do e&eito animado#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 69


Animação s8o os e&eitos de mo:imento dos obDetos de um slide (t>tulos,
desen!os, &i6uras, [email protected], etc#)#

Efeitos de Transição
Transição 9 o e&eito de mo:imentaç8o $ue acontece entre os slides (9
aplicada aos slides, selecionando=os)#

%i6ura# 2uia Transições

Gtens como Duração e Atraso das transições podem ser con&i6urados na
2uia Transições, por meio do 6rupo de &erramentas Intervalo,
[email protected]&icados a se6uir

Para utili7ar os recursos de Gnter:alo :ocF de:erá selecionar cada animaç8o
aplicada e de&inir os itens Iniciar, Duração e Atraso bem como a ordem de
[email protected]ç8o# Portanto temos uma 6rande :ariedade de animações a serem
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 70

utili7adas em suas apresentações, [email protected]=as &ortemente para $ue as
mesmas de:am ser bem apro:eitadas e con&i6uradas corretamente nos
slides#

Finalizando o Powerpoint
Para sair do PowerPoint, utili7ar as se6uintes opções
• 1cionar a 6uia Arquivo e clicar em do PowerPoint#
• Pressionar as teclas Alt+F4#
Iaso o ar$ui:o n8o ten!a sido sal:o ainda, ou se as Eltimas alterações n8o
&oram 6ra:adas, o PowerPoint emitirá uma mensa6em, alertando=o do &ato#



Ufa, vamos às questões agora ☺ ☺☺!
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 71

Lista de Questões Comentadas
(= (FCC/2012/TRT-11ª.Região/Provas de Analista Judiciário e
Técnico Judiciário) Juando o cliente de um banco acessa sua conta
corrente atra:9s da internet, 9 comum $ue ten!a $ue di6itar a sen!a em
um teclado :irtual, cuDas teclas mudam de lu6ar a cada caractere
&ornecido# <sse procedimento de se6urança :isa e:itar ata$ues de
(1) spPwares e adwares#
(B) kePlo66ers e adwares#
(I) screenlo66ers e adwares#
(K) p!is!in6 e p!armin6#
(<) kePlo66ers e screenlo66ers#

Comentários
_á :imos a de&iniç8o de todas as ameaças nesta
aula# O teclado :irtual 9 uma &orma de
pre:enç8o contra os pro6ramas maliciosos
(malwares) keyloggers (capa7es de capturar e
arma7enar as teclas di6itadas pelo usuário no teclado de um
computador) e screenloggers ($ue tentam coletar dados :indos da tela do
computador)# Portanto, a letra < 9 a resposta da $uest8o!
Gabarito: letra E.

.= (FCC/2011/TRE-TO/Analista Judiciário - Judiciária) Nma das
&ormas de prote6er o si6ilo da in&ormaç8o $ue tra&e6a na Gnternet 9

a) n8o &a7er os downloads em notebooks#

b) n8o responder e-mails $ue c!e6am [com c?pia oculta[#

c) mandar e-mails somente a pessoas da lista pessoal#

d) n8o usar a opç8o [com c?pia para[ do correio eletrCnico#
e) a cripto6ra&ia

Comentários
1o en:iar in&ormações si6ilosas :ia internet de:e=se utili7ar de um sistema
$ue &aça a codi&icaç8o (c!a:e, ci&ra), de modo $ue somente as má$uinas $ue
con!ecem o c?di6o consi6am deci&rá=lo# 4 a cripto6ra&ia, portanto, a medida
de se6urança a ser adotada para res6uardar o si6ilo da in&ormaç8o $ue
tra&e6a pela Gnternet#
Gabarito: letra E.

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 72

3= (FCC/2011/TRF - 1.ª Região/Técnico Judiciário - Segurança e
Transporte) Ionsiderando o recebimento de um ar$ui:o [email protected]á:el de
&onte descon!ecida, no correio eletrCnico, a atitude mais ade$uada diante
deste &ato 9
a) n8o [email protected]á=loA
b) [email protected]á=lo no seu desktop e [email protected]á=lo localmente, somenteA
c) repassá=lo para sua lista de endereços solicitando aos mais
[email protected] $ue o [email protected]
d) [email protected]á=lo diretamente, sem [email protected]á=lo no seu desktopA
e) [email protected]á=lo de $ual$uer &orma, por9m comunicar o &ato ao
administrador de sua rede#

Comentários
O ar$ui:o [email protected]á:el, $ue está sendo recebido de uma &onte descon!ecida,
no correio eletrCnico, pode conter um c?di6o malicioso (como um :>rus ou
um ca:alo de troia, etc#), $ue, ao ser [email protected], tem 6rande probabilidade
de causar al6um problema $ue resulte na :iolaç8o da se6urança do
computador# Kescon&ie sempre dos ar$ui:os [email protected] à mensa6em, mesmo
$ue ten!am sido en:iados por pessoas ou instituições con!ecidas# O
endereço do remetente pode ter sido &orDado e o ar$ui:o em [email protected] pode ser
malicioso# Portanto nunca abra ar$ui:os ou [email protected] pro6ramas [email protected] aos
e=mails, sem antes :eri&icá=los com um bom pro6rama anti:>rus
(atuali7ado!)# Kiante disso, a resposta certa 9 a letra 1#
Gabarito: letra A.

+= (FCC/2010/DNOCS/ADMINISTRADOR/ PROVA A01-001-Q. 58)
Prestam=se a c?pias de se6urança (backup)
(1) $uais$uer um destes KBKA IK=RO)A disco r>6ido [email protected] ou c?pia
[email protected], $uando os dados s8o en:iados para um pro:edor de ser:iços :ia
internet#
(B) apenas estes IK=RO)A disco r>6ido e c?pia [email protected], $uando os dados
s8o en:iados para um pro:edor de ser:iços :ia internet#
(I) apenas estes KBK, IK=RO) e disco r>6ido [email protected]#
(K) apenas estes IK=RO) e disco r>6ido [email protected]#
(<) apenas estes KBK e IK=RO)#

Comentários
Nm backup en:ol:e c?pia de dados em um meio separado do ori6inal,
re6ularmente, de &orma a prote6F=los de $ual$uer e:entualidade#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 73

Kentre os meios $ue podem ser utili7ados para a reali7aç8o do backup
merecem desta$ue KBKA IK=RO)A disco r>6ido [email protected] ou c?pia [email protected],
$uando os dados s8o en:iados para um pro:edor de ser:iços :ia internet ou
para al6um outro computador de uma rede corporati:a, dentre outros#
Gabarito: letra A.

-= (FCC/2009/Oficial de Chancelaria/Adaptada) O Kiretor de um certo
?r68o pEblico incumbiu al6uns &uncionários da se6uinte tare&a
(tem 0arefa
- 2arantir $ue a maior parte dos dados 6ra:ados nos
computadores n8o seDa perdida em caso de sinistro#

Tal 6arantia 9 poss>:el se &orem &eitas c?pias dos dados
a) ap?s cada atuali7aç8o, em m>dias remo:>:eis mantidas nos pr?prios
computadoresA
b) em ar$ui:os distintos nos respecti:os hard disks, desde $ue estes
dispositi:os seDam desli6ados ap?s o [email protected]
c) em ar$ui:os distintos nos respecti:os hard disks, desde $ue estes
dispositi:os permaneçam li6ados ininterruptamenteA
d) ap?s cada atuali7aç8o, em m>dias remo:>:eis mantidas em local
distinto da$uele dos computadoresA
e) da pol>tica de se6urança &>sica#

Comentários
Backup re&ere=se à c?pia de dados de um dispositi:o para o outro com o
obDeti:o de posteriormente os recuperar, caso !aDa al6um problema# <ssa
c?pia pode ser reali7ada em :ários tipos de m>dias, como IKs, KB;s, &itas
K1T, pendrives, etc#, de &orma a prote6F=los de $ual$uer e:entualidade#
Hesse caso, o backup (c?pia de se6urança) dos dados de:eria ser &eito ap?s
cada atuali7aç8o, em m>dias remo:>:eis mantidas em um local distinto
da$uele dos computadores# ;e a c?pia dos dados &osse reali7ada no mesmo
VK (disco r>6ido), :ocF &icaria impossibilitado de recuperar as in&ormações
em caso de &al!as da má$uina em $uest8o# Tamb9m as m>dias de backup
de:em ser arma7enadas em local distinto da$uele em $ue os dados &oram
obtidos# Kiante disso, a resposta certa 9 a letra K!
Gabarito: letra D.

,= (FCC/2009/TJ-PI/Analista Judiciário/Adaptada) (nstrução Para
responder à $uest8o, considere os dados [email protected]#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 74

(tem 0arefa
BGG Proceder, diariamente, à c?pia de se6urança dos dados em
&itas di6itais re6ra:á:eis (al6umas comportam at9 0. 2B de
capacidade) em m>dias alternadas para manter a se6urança e
economi7ar material#
Ho item BGG 9 recomendado o uso de m>dias con!ecidas por
a) %1T3.A
b) %1TA
c) HT;%A
d) K1TA
e) KBKTRM#

Comentários
<sse item da %II n8o [email protected] maiores di&iculdades# Kentre as alternati:as,
podemos destacar $ue %1T3. e %1T s8o sistemas de ar$ui:os, portanto as
opções a e b Dá n8o atendem aos re$uisitos da $uest8o#
O termo HT;% de:eria ter sido escrito como HT%;, para corresponder a um
tipo de sistema de ar$ui:os, mas $ue tamb9m n8o atenderia à $uest8o#
O KBKTRM 9 uma m>dia $ue nos permite arma7enamento ?ptico de dados#
Para a reali7aç8o da c?pia de se6urança (backup) dos dados em fitas digitais
regraváveis, utili7amos &itas K1T# 1 Enica alternati:a $ue destaca a m>dia
con!ecida por K1T 9 a letra K, $ue 9 a resposta da $uest8o# 1 &ita K1T
(1igital $udio 0ape), com capacidade em m9dia de arma7enamento na &[email protected]
de . a 0. 2B, 9 mais :oltada para o mercado corporati:o, portanto, 9
comum $ue [email protected] soluções $uase $ue personali7adas de &ormatos e
e$uipamentos de 6ra:aç8o e leitura de &itas#
Gabarito: letra D.

0= (FCC/2004/TRT 8ª. REGIÃO/TÉCNICO ADMINISTRATIVO) Para
e:itar a perda irrecuperá:el das in&ormações 6ra:adas em um
computador e prote6F=las contra acesso n8o autori7ado, 9 necessário $ue
se adote, respecti:amente, as medidas inerentes às operações de
(1) backup dos ar$ui:os do sistema operacional e con&i6uraç8o de
cripto6ra&ia#
(B) checkup dos ar$ui:os do sistema operacional e iniciali7aç8o da rede
[email protected]:a#
(I) cripto6ra&ia de dados e iniciali7aç8o da rede pri:ati:a#
(K) backup de ar$ui:os e uso de sen!a pri:ati:a#
(<) uso de sen!a pri:ati:a e backup dos ar$ui:os do sistema operacional#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 75

Comentários
1 $uest8o pede medidas de se6urança relati:as a duas situações proteç8o
contra perda irrecuperá:el de in&ormações (dados) e proteç8o contra acesso
n8o autori7ado#
1 primeira situaç8o de:e ser abordada com pol>ticas ade$uadas de backup#
/o6icamente se precisamos 6uardar in&ormações 6ra:adas, n8o &a7emos
backup dos ar$ui:os do sistema operacional (ar$ui:os de pro6ramas e
con&i6urações), mas dos ar$ui:os de dados (documentos, ima6ens, :>deos
etc#)#
Gsso Dá 9 su&iciente para marcarmos a alternati:a K, $ue tra7, em se6uida, a
aborda6em para a se6unda situaç8o uso de sen!a pri:ati:a#
Gabarito: letra D.

Gnstruções Para responder à $uest8o se6uinte, considere as in&ormações
[email protected]
OB_<TGBO
O )inist9rio PEblico do 2o:erno %ederal de um pa>s deseDa moderni7ar seu
ambiente tecnol?6ico de in&ormática# Para tanto, ad$uirirá e$uipamentos de
computaç8o eletrCnica a:ançados e rede&inirá seus sistemas de computaç8o
a &im de a6ili7ar seus processos internos e tamb9m mel!orar seu
relacionamento com a sociedade#
R<JNG;GTO; P1R1 1T<HK<R 1O OB_<TGBO
`(a = O ambiente de rede de computadores, para troca de in&ormações
[email protected]:amente internas do )inist9rio, de:erá usar a mesma tecnolo6ia da
rede mundial de computadores#
`.a = O acesso a determinadas in&ormações somente poderá ser &eito por
pessoas autori7adas#
`3a = Os &uncionários poder8o se comunicar atra:9s de um ser:iço de
con:ersaç8o eletrCnica em modo instant^neo (tempo real)#
`+a = 1 comunicaç8o eletrCnica tamb9m poderá ser &eita :ia internet no
modo n8o instant^neo
`-a = Para 6arantir a recuperaç8o em caso de sinistro, as in&ormações
de:er8o ser copiadas em m>dias di6itais e 6uardadas em locais se6uros#

S= (FCC/2007/MPU/Técnico-Área Administrativa/Q.22) Os `.a e `-a
especi&icam correta e respecti:amente re$uisitos de uso de
(1) anti:>rus e backup#
(B) firewall e di6itali7aç8o#
(I) anti:>rus e firewall#
(K) sen!a e backup#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 76

(<) sen!a e anti:>rus#

Comentários
Bamos aos comentários dos itens
Gtem 1# ;o&tware antivírus 9 um aplicati:o utili7ado para detectar, anular e
eliminar :>rus e outros tipos de c?di6os maliciosos de um computador# Gtem
FALSO#
Gtem B# O firewall 9 um dos principais dispositi:os de se6urança em uma
rede de computadores# <le reali7a a &iltra6em dos pacotes e, ent8o, blo$ueia
as transmissões n8o permitidas# Tem como obDeti:o e:itar $ue ameaças
pro:enientes da Gnternet se espal!em na rede interna de um determinado
ambiente#
O firewall pode atuar entre a rede [email protected] e interna, controlando o trá&e6o
de in&ormações $ue [email protected] entre elas, procurando se certi&icar de $ue este
trá&e6o 9 con&iá:el, de acordo com a pol>tica de se6urança do site acessado#
Tamb9m pode ser utili7ado para atuar entre redes com necessidades de
se6urança distintas#
Digitalização 9 o processo de con:ers8o de um dado anal?6ico para um
&ormato de representaç8o di6ital# Gtem FALSO#
Gtem I# 1nti:>rus e firewall, con&orme :isto, n8o est8o relacionados aos itens
dos `.a e `-a# Gtem FALSO#
Gtem K# Os itens sen!a e backup en$uadram=se per&eitamente na de&iniç8o
dos pará6ra&os .a e -a#
O `.a destaca $ue o acesso a determinadas in&ormações somente poderá ser
&eito por pessoas autori7adas#
Hesse caso, para reali7ar o acesso a pessoas autori7adas em aplicações 9
necessário implementar controle de acesso l?6ico atra:9s de usuário e
sen!a#
O `-a destaca $ue para 6arantir a recuperaç8o em caso de sinistro, as
in&ormações de:er8o ser copiadas em m>dias di6itais e 6uardadas em locais
se6uros#
<sse pará6ra&o está relacionado ao processo de backup $ue consiste na
reali7aç8o de c?pia de se6urança de dados, com o obDeti:o de permitir $ue
dados ori6inais seDam restaurados em caso da perda de sinistros#
Gtem <# Ion&orme :isto no item 1, o anti:>rus n8o corresponde ao $ue
de:eria ser especi&icado no `-a# Gtem FALSO#
Gabarito: letra D.

*= (CESPE/Técnico Superior - Formação 1- DETRAN-ES/2010) Ho
PowerPoint .''0".'(', em uma apresentaç8o de&inida como
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 77

personali7ada, apenas os slides $ue ten!am sido selecionados ser8o
[email protected]#

Comentários
Nma apresentaç8o de slides personali7ada [email protected]á somente os slides
selecionados# Gsso possibilita $ue :ocF ten!a :ários conDuntos de slides
di&erentes (por [email protected], uma sucess8o de slides de 3' minutos e outra de
+- minutos) na mesma apresentaç8o#
Gabarito: item correto.

('= (CESPE/TJ-ES/CBNS1_01/Superior/2011) Ho )icroso&t
PowerPoint, um ar$ui:o pode ser editado tendo=se como base um
conDunto de eslaides mestres $ue podem ser alternados durante a
apresentaç8o, criando=se, assim, uma :ariaç8o de &ormatos, planos de
&undo e padrões $ue podem ser utili7ados para enri$uecer a apresentaç8o
com di:ersos estilos#
Comentários
Juando $uiser $ue a sua apresentaç8o conten!a dois ou mais estilos ou
temas di&erentes (como planos de &undo, cores, &ontes e e&eitos), pode=se
inserir um slide mestre para cada tema di&erente# Ha ima6em a se6uir,
[email protected] dois slides mestres normalmente apresentados no modo de [email protected]ç8o
de ;lide )estre# Iada slide mestre tem um tema di&erente aplicado#

1 $uest8o tornou=se inade$uada ao a&irmar $ue podem ser alternados os
slides mestres durante a apresentaç8o# O usuário, no momento de criaç8o
do slide irá escol!er o eslaide mestre a ser utili7ado#
Gabarito: item errado.

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 78

((= (CESPE/Assistente Técnico de Trânsito - DETRAN-ES/2010) Ho
PowerPoint .''0, 9 poss>:el associar a emiss8o de sons a um slide,
de:endo esse slide ser ade$uadamente con&i6urado para indicar o
momento [email protected] em $ue será iniciada a [email protected]ç8o do som#

Comentários
<sse 9 um recurso bem interessante do PowerPoint .''0, $ue pode ser
acessado pela 6uia Gnserir, bot8o , locali7ado no 6rupo Ilipes de )>dia#


1p?s selecionar o ar$ui:o de som, o sistema solicita o momento [email protected] em
$ue será iniciada a [email protected]ç8o do som, con&orme :isto a se6uir#

Gabarito: item correto.

(.= (CESPE/Assistente Técnico de Trânsito - DETRAN-ES/2010) Ho
PowerPoint .''0, 9 poss>:el de&inir a :elocidade da transiç8o entre slides
de uma apresentaç8o, utili7ando=se a opç8o 1nimaçõesA nesse caso, o
usuário precisa in&ormar o tempo da transiç8o, em se6undos#




INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 79

Comentários
Ha 2uia 1nimações pode=se de&inir o som de transiç8o e a :elocidade de
transiç8o# Hesse Eltimo item basta de&inir se a :elocidade 9 lenta, m9dia ou
rápida, con&orme ilustrado a se6uir#

Gabarito: item errado.

(3= (CESPE/TJ-ES/CBNM1_01/Nível Médio/2011) Ho )icroso&t
PowerPoint, as [email protected] de [email protected] s8o elementos 6rá&icos $ue podem ser
dimensionados com a &inalidade de inclus8o, no eslaide, de letras,
pala:ras ou [email protected] $ue se deseDe di6itar e inserir em $ual$uer espaço do
eslaide, dentro de uma apresentaç8o#

Comentários
1 [email protected] de [email protected] nos o&erece as possibilidades descritas, e 9 muito
interessante, Dá $ue pode ser posicionada em $ual$uer espaço do eslaide,
dentro de uma apresentaç8o $ue está sendo criada no Powerpoint#
Gabarito: item correto.

(+= (CESPE/TJ-ES/CBNM1_01/Nível Médio/2011) Ho )odo de
anotações do )icroso&t PowerPoint, !á, na tela, um espaço para
anotações $ue poder8o ser [email protected] Duntamente com cada eslaide da
apresentaç8o# <sse recurso &ica acess>:el caso, em $ual$uer eslaide da
apresentaç8o, seDa ati:ado o modo de 1presentaç8o de ;lides do
)icroso&t PowerPoint#

Comentários
1s anotações n8o aparecem no modo de 1presentaç8o de ;lides do )icroso&t
Powerpoint#
Gabarito: item errado.

(-= (CESPE/Nível Superior - PREVIC/2011) Ho pro6rama PowerPoint
do )icroso&t O&&ice, $uando se 6ra:a um pacote de apresentações em um
IK, essas apresentações s8o con&i6uradas, por padr8o, para serem
[email protected] automaticamente#

Comentários
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 80

1o se 6ra:ar um pacote de apresentações em um IK, as apresentações s8o
con&i6uradas com a [email protected] #pps, para $ue possam ser automaticamente
[email protected], por padr8o#
Gabarito: item correto.

(,= (CESPE/Técnico Bancário Novo - CAIXA NM2/2010) Nma das
:anta6ens de se utili7ar o ); Mord 9 a elaboraç8o de apresentações de
slides $ue utili7em conteEdo e ima6ens de maneira estruturada e
or6ani7ada#

Comentários
Para elaboraç8o de apresentaç8o de slides utili7amos o ); Powerpoint#
Gabarito: item errado.

(0= (CESPE/Ministério da Saúde/Analista Técnico Administrativo/
2010) Ho aplicati:o )icroso&t PowerPoint .''3, uma das maneiras
poss>:eis de se iniciar a apresentaç8o dos slides de um ar$ui:o em ediç8o
9 clicar no menu 1presentações e selecionar a opç8o <@ibir 1presentaç8o#

Comentários
1o selecionar Apresentações -> Exibir apresentação ou teclar F5, a
[email protected]ç8o da apresentaç8o dos slides em tela será [email protected] na tela#
Gabarito: item correto.


Ionsiderando a &i6ura acima, $ue ilustra uma Danela do Powerpoint .''0
contendo uma apresentaç8o em elaboraç8o, Dul6ue o [email protected] item#
(S= (CESPE/2008/Ministério da Saúde/AGENTE) 1 partir da &i6ura
mostrada, 9 correto a&irmar $ue a apresentaç8o em elaboraç8o cont9m
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 81

$uatro slides# Iaso se deseDe [email protected] a apresentaç8o desses slides, 9
poss>:el &a7F=lo por meio do bot8o #

Comentários
1 apresentaç8o em $uest8o possui seis slides, e n8o $uatro con&orme
mencionado (2ide barra de status, $ue in&orma o [email protected]###slide 3 de ,)# O
bot8o inicia a apresentaç8o dos slides# O item está
<RR1KO em :irtude do nEmero de slides mencionado na $uest8o#
Gabarito: item errado.

(*= (CESGRANRIO/TermoMacaé - Técnico de Administração/2009)
Ho PowerPoint .''0, em sua con&i6uraç8o padr8o, o recurso ;mart1rt 9
utili7ado para
a) de&inir o laPout dos slides#
b) copiar a &ormataç8o de um [email protected] e aplicá=la em outro#
c) criar !iperlinks para outros documentos do ); O&&ice#
d) escol!er uma animaç8o a ser aplicada a obDetos dos slides#
e) inserir elementos 6rá&icos para comunicar in&ormações :isualmente#

Comentários
O recurso de SmartArt 9 utili7ado para inserir um elemento 6rá&ico
para comunicar in&ormações :isualmente# <sses elementos 6rá&icos :ariam
desde listas 6rá&icas e dia6ramas de processos at9 6rá&icos mais [email protected],
como or6ano6ramas (:ide opções na [email protected] &i6ura)#

Gabarito: letra E.

.'= (Cesgranrio/Petrobrás/Profissional Júnior/Direito/2010) O
&uncionário de uma empresa criou, a pedido de seu diretor, uma
apresentaç8o no PowerPoint .''3 para ser [email protected] em uma reuni8o,
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 82

contendo :ários slides# Posteriormente, &oi solicitado a este &uncionário
$ue alterasse a ordem dos slides dentro da apresentaç8o# Jual 9 o
procedimento a ser [email protected] pelo &uncionário para atender a essa
solicitaç8o5
a) Keletar os slides a serem alterados e recriá=los no &im da
apresentaç8o, indicando a no:a ordem#
b) ;elecionar uma ou mais miniaturas de slide na 6uia Slides, no modo
de [email protected]ç8o Hormal, e arrastar a seleç8o para o no:o local#
c) ;elecionar o modo de [email protected]ç8o Bisuali7ar impress8o, no menu _anela, e
renumerar os slides#
d) ;elecionar a opç8o /aPout do Slide+ no menu %ormatar, e escol!er a
no:a ordem dentre as su6eridas#
e) ;elecionar 2rades e 6uias, no menu <@ibir, e realocar os slides na
ordem correta#

Comentários
Ho PowerPoint .''3, dentre as opções listadas, pode=se &a7er a
mo:imentaç8o dos slides pela guia Slides no modo de exibição Normal#
Hesse caso, selecione uma ou mais miniaturas de slide e arraste a seleç8o
para um no:o local#
Gabarito: letra B.

.(= (CESGRANRIO/Petrobrás - Técnico de Administração e Controle
Júnior/2011) O )icroso&t O&&ice PowerPoint .''0 tem como obDeti:o a
criaç8o e ediç8o de apresentações# Hesse aplicati:o, 9 poss>:el editar a
Barra de Status para $ue seDa nela apresentado o :alor do .oom em $ue
o slide corrente está sendo [email protected]#

Comentários
Pode=se modi&icar o boom pelo controle desli7ante [email protected] na barra de ;tatus
ou clicando=se sobre o bot8o do percentual do boom na mesma barra#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 83


Hesse Eltimo caso, irá ser [email protected] a se6uinte tela

%i6ura# [email protected] de diálo6o boom
Gabarito: item correto.

..= (CESGRANRIO/Petrobrás - Técnico de Administração e Controle
Júnior/2011) O )icroso&t O&&ice PowerPoint .''0 tem como obDeti:o a
criaç8o e ediç8o de apresentações# Hesse aplicati:o, 9 poss>:el reutili7ar
slides de outras apresentações apenas $uando se abrem essas
apresentações e se utili7am as opções copiar e colar#

Comentários
Pode=se inserir uma apresentaç8o de slides completa, ou apenas os slides
deseDados, sem precisar abrir o ar$ui:o e utili7ar as opções de copiar e colar#
Tal aç8o pode ser reali7ada da se6uinte maneira no Powerpoint 2007
(#1bra a apresentaç8o à $ual deseDa adicionar um slide#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 84

.#Ha 6uia Início, no 6rupo Slides, cli$ue na seta em Novo Slide e,
em se6uida, cli$ue em Reutilizar Slides #
3#Ho painel Reutilizar Slides, na [email protected] Inserir slide de, insira o local de
onde irá buscar os slides, a saber Procurar Biblioteca de Slides ou
Procurar Arquivo e, em se6uida, cli$ue na seta para locali7á=lo#


+#1dicione os slides deseDados e pronto!
Gabarito: item errado.

.3= (CESGRANRIO/Petrobrás - Técnico de Administração e Controle
Júnior/2011) O )icroso&t O&&ice PowerPoint .''0 tem como obDeti:o a
criaç8o e ediç8o de apresentações# Hesse aplicati:o, 9 poss>:el sal:ar a
apresentaç8o como uma pá6ina de Gnternet (#!tml), o $ue &a7 com $ue o
ar$ui:o 6erado [email protected] de poder ser editado dentro do )icroso&t O&&ice
PowerPoint#

Comentários
4 poss>:el 6ra:ar a apresentaç8o no &ormato VT)/, como pá6ina da Meb, e
ela continuará ainda podendo ser editada pelo PowerPoint#

Gabarito: item errado.
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 85

.+= (CESGRANRIO/Petrobrás - Técnico de Administração e Controle
Júnior/2011) O )icroso&t O&&ice PowerPoint .''0 tem como obDeti:o a
criaç8o e ediç8o de apresentações# Hesse aplicati:o, 9 poss>:el [email protected]
os t?picos de uma apresentaç8o para um ar$ui:o no &ormato RT%#

Comentários
4 per&eitamente poss>:el reali7ar esta aç8o, sal:ando como tipo

Gabarito: item correto.

.-= (CESGRANRIO/Petrobrás - Técnico de Administração e Controle
Júnior/2011) O )icroso&t O&&ice PowerPoint .''0 tem como obDeti:o a
criaç8o e ediç8o de apresentações# Hesse aplicati:o, 9 poss>:el alterar a
&onte de [email protected] das [email protected] de [email protected], inseridas em uma apresentaç8o#

Comentários
)uito &ácil essa $uest8o! 1o clicar por [email protected] com o bot8o direito do mouse
sobre uma [email protected] de [email protected], temos a opç8o de <ditar [email protected], listada a se6uir#

Gabarito: item correto.

.,= (Cesgranrio/Petrobrás/Técnico de Contabilidade -
Distribuidora/2010/Adaptada) Ho menu %ormatar, o )icroso&t
PowerPoint c.''3d disponibili7a aos usuários :ários comandos de
&ormataç8o para o conteEdo de uma apresentaç8o, entre os $uais NÃO se
inclui o comando para
a) desi6n do slide#
b) laPout do slide#
c) plano de &undo#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 86

d) alin!amento#
e) :>nculo de estrutura#

Comentários
1 partir do menu Formatar, temos
• desi6n do slide RX permite selecionar um modelo de plano de &undo na
apresentaç8o, podendo=se buscar um modelo na internet#
• laPout do slide RX permite selecionar um laPout de slide de acordo
com os modelos $ue o pro6rama o&erece#
• plano de &undo RX permite selecionar o plano de &undo, e o&erece
al6uns recursos di&erenciados na opç8o mais cores e e&eitos de
preenc!imento#

• alin!amento RX permite alin!ar o [email protected] no slide (à es$uerda,
centrali7ar, à direita e Dusti&icar)#
1 opç8o :>nculo de estrutura n8o está dispon>:el nesse [email protected]#
Gabarito: letra E.

.0= (CESGRANRIO/TRANSPETRO - Engenheiro Júnior em
Automação/2008) Ho MS PowerPoint 2003, uma apresentaç8o pode
ser sal:a em :ários &ormatos, entre os $uais os apresentados a se6uir#

I = Kados W)/
II = %ormato _P<2
III = [email protected] &ormatado
IV = )etar$ui:o a:ançado do Mindows
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 87

;8o corretos APENAS os &ormatos
a) I e II
b) I e III
c) I e IV
d) II e IV
e) III e IV

Comentários
Obser:e os &ormatos pela &i6ura se6uinte

Gtem I# Gtem errado# Kados W)/ n8o está dispon>:el na &i6ura#
Gtem II# Gtem correto# %ormato _P<2 está dispon>:el na &i6ura
Gtem III# Gtem errado# [email protected] &ormatado n8o está dispon>:el na &i6ura#
Gtem IV# Gtem correto# )etar$ui:o a:ançado do Mindows está dispon>:el na
&i6ura#

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 88

Dica de formatos cobrados pela banca
Extensão Descrição
.ppt 1presentaç8o Nma apresentaç8o t>pica do
)icroso&t PowerPoint#
.pps 1presentaç8o do
PowerPoint
Nma apresentaç8o $ue sempre
abrirá como uma
apresentação de slides.
.pot )odelo de
estrutura
Nma apresentaç8o como um
modelo#
.gif %ormato 2G% Nm slide como um elemento
6rá&ico para uso em pá6inas da
Meb#
.jpg %ormato _P<2
.png %ormato PH2
.rtf <strutura de
t?picos"RT%
Nma estrutura de t?picos de
uma apresentaç8o como um
documento de estrutura de
t?picos#
.htm; html Pá6ina da Meb Nma pá6ina da Meb como uma
pasta com um ar$ui:o #!tm e
todos os ar$ui:os [email protected]#
Gabarito: letra D.

.S= (CESGRANRIO/EPE - Assistente Administrativo/2010) Ho
POM<RPOGHT .''0, ap?s a ediç8o de uma apresentaç8o com o nome
Iurso#[email protected], 9 necessário sal:á=la com seu nome atual e uma c?pia com
um nome $ue indi$ue uma :ers8o, por [email protected], Iurso.'('#[email protected],
utili7ando, respecti:amente, os se6uintes comandos
a) ;al:ar e ;al:ar como#
b) ;al:ar e Trocar nome#
c) ;al:ar e Ion:erter#
d) 2ra:ar e Ion:erter#
e) 2ra:ar e ;al:ar como#

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 89

Comentários
1 opç8o Salvar pode ser utili7ada para sal:á=la com o nome atual# Para
sal:á=lo com um no:o nome, utili7aremos o Salvar Como.
Dica!
Salvar mantém o arquivo original e Salvar como cria a cópia!!
Gabarito: letra A.

.*= (CESGRANRIO/EPE - Assistente Administrativo/2010) Kurante a
criaç8o de uma apresentaç8o no POM<RPOGHT .''0 9 preciso inserir uma
&i6ura# Jue procedimentos de:em ser reali7ados5
a) Posicionar o cursor no local onde se deseDa inserir a &i6ura e, na Barra
de )enu, clicar em Gnserir e, depois, em %i6ura#
b) Ilicar com o bot8o direito do mouse no local onde se deseDa inserir
uma &i6ura e, em se6uida, selecionar %ormatar %orma#
c) Ha 6uia Gnserir, no 6rupo Glustrações, clicar em Gma6em e, em se6uida,
selecionar a &i6ura $ue se deseDa a partir de seu local#
d) Ha 6uia Kesi6n, no 6rupo Temas, selecionar o tema deseDado#
e) Ha 6uia 1presentaç8o de ;lides, no 6rupo Ion&i6urar, clicar em
Ion&i6urar 1presentaç8o de ;lides#

Comentários
Ha guia Inserir, no grupo Ilustrações, clicar em Imagem e, em se6uida,
selecionar a &i6ura $ue se deseDa a partir do local em $ue se encontra
arma7enada#

Gabarito: letra C.


3'= (CESGRANRIO/PETROBRÁS/Economista/2008) ;upon!a $ue um
usuário esteDa editando uma apresentaç8o, c!amada pres(, utili7ando a
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 90

:ers8o em portu6uFs do aplicati:o )icroso&t PowerPoint .''3 com suas
con&i6urações padrões# Nma poss>:el opç8o para o usuário inserir um
no:o slide em pres( 9 selecionar a opç8o
1) 1r$ui:o RX Ho:o#
B) Gnserir RX Ho:o ar$ui:o#
I) Gnserir RX Ho:o slide
K) %ormatar RX 1presentaç8o
<) <ditar RX ;lides

Comentários
1 opç8o I 9 a correta para o PowerPoint .''3# Ho caso da
:ers8o .''0, a opç8o para inserir no:o slide pode ser
encontrada na Guia Início, grupo Slides#

Gabarito: letra C.

3(= (Cesgranrio/Banco do Brasil/2012) 1 &i6ura a se6uir apresenta um
slide criado no aplicati:o PowerPoint :ers8o .''0, com um [email protected]
selecionado#

1p?s aplicar o comando Ion:erter em ;mart1rt ao [email protected] selecionado e, lo6o
em se6uida, um estilo de e&eito moderado ao elemento 6rá&ico 6erado, o
resultado apresentado &oi o se6uinte
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 91


1nalisando=se esse resultado, conclui=se $ue o <lemento 2rá&ico ;mart1rt
utili7ado &oi
a) Iiclo Básico
b) Radial Básico
c) Radial Ki:er6ente
d) ;etas Ki:er6entes
e) Benn Básico

Comentários
<ssa $uest8o trata dos elementos 6rá&icos do ;mart1rt#

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 92

Pela ilustraç8o dada na tabela se6uinte com re&erFncia aos elementos básicos
mencionados, temos $ue a &i6ura ilustrada na $uest8o 9 do tipo Iiclo Básico#
Nome do
Layout
Descrição Imagem
Ciclo Básico Nse para representar uma se$uFncia
cont>nua de está6ios, tare&as ou e:entos
em um &[email protected] circular# <n&ati7a os está6ios
ou as etapas, e n8o o &[email protected] ou as setas de
[email protected]#

Radial Básico Nse para mostrar a relaç8o com uma ideia
central em um ciclo# 1 primeira lin!a do
[email protected] de H>:el ( corresponde à &orma
central e o respecti:o [email protected] de H>:el .
corresponde às &ormas circulares ao
redor#

Radial
Divergente
Nse para mostrar as relações com uma
ideia central em um ciclo# 1 primeira lin!a
de H>:el ( do [email protected] corresponde à &orma
circular central# <n&ati7a os c>rculos ao
redor, e n8o a ideia central#

Setas
Divergentes
Nse para mostrar ideias ou conceitos $ue
se desen:ol:em para &ora de uma &onte
central# %unciona mel!or $uando !á
somente [email protected] de H>:el (#

Venn Básico Nse para mostrar relações de
sobreposiç8o ou [email protected]#

Gabarito: letra A.

3.= (Elaboração própria) Para [email protected] uma apresentaç8o $ue esteDa aberta
na área de trabal!o do PowerPoint, um usuário de:e acionar o >cone ou
pressionar a tecla
a) %-A
b) %0A
c) %*A
d) %((#

Comentários
Obs# 1o criar uma apresentaç8o para ser apresentada a um pEblico
[email protected]:o por meio de aparel!os de proDeç8o, &aça um teste antes, se
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 93

poss>:el no pr?prio local ou local semel!ante, para n8o ter surpresas $uanto
à tonalidade das cores e :isibilidade do [email protected] apresentado#
Ho Powerpoint .''0, basta acessar a guia Exibição, $ue irá disponibili7ar o
6rupo Modos de Exibição de Apresentação, com os botões dispon>:eis
listados a se6uir


Gabarito: letra A.

33= (FCC/2010/Governo do Estado de Rondônia/Auditor Fiscal de
Tributos Estaduais) 1 criaç8o do e&eito de Persiana !ori7ontal pode ser
elaborada no aplicati:o PowerPoint por meio do menu
a) <ditar e da opç8o 1presentaç8o de slidesA
b) 1presentações e da opç8o Transiç8o de slidesA
c) 1presentações e da opç8o Ho:o ;lideA
d) Gnserir e da opç8o Ho:o slideA
e) Gnserir e da opç8o 1presentaç8o de slides#

Comentários
Ho )icroso&t PowerPoint 9 poss>:el estabelecer transições de slides, $ue s8o
os e&eitos semel!antes à animaç8o, $ue ocorrem no modo de [email protected]ç8o
Apresentação de Slides $uando :ocF mo:e de um slide para o [email protected]# 4
poss>:el controlar a :elocidade de cada e&eito de transiç8o de slides e
tamb9m adicionar som#
O e&eito de Persiana !ori7ontal está locali7ado no menu Apresentações ->
Transição de Slides do Powerpoint .''3, con&orme mostra a &i6ura#

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 94

Ho Powerpoint .''0, pela guia Animações, podemos ter acesso às opções
de con&i6uraç8o dos :ários tipos di&erentes de transiç/es de slides, incluindo
(mas n8o se limitando) ao se6uinte

;em transiç8o, Persiana Vori7ontal, Persiana Bertical, Juadro %ec!ar,
Juadro 1brir, Juadriculado na Vori7ontal, Juadriculado na Bertical,
Pente Vori7ontal, Pente Bertical# 1 resposta à $uest8o 9 a alternati:a B!
%onte (Juint8o, .'(')#
Gabarito: letra B.

3+= (FCC/Agente Administrativo/Ministério Público - RS/2010) Para
iniciar uma no:a apresentaç8o em branco no PowerPoint c.''3d, 9
poss>:el usar a opç8o [1presentaç8o em branco[, do [Painel de Tare&as[,
ou ainda o bot8o [Ho:o[, $ue &ica no in>cio da barra de &erramentas
padr8o# 1o &a7er isso, o [Painel de Tare&as[ será modi&icado para
(1) [/aPout do slide[#
(B) [Barra de desen!o[#
(I) [)ostrar &ormataç8o[#
(K) [Barra de t>tulos[#
(<) [1presentaç8o[
Comentários
Ion&orme :isto na &i6ura, o Painel de Tare&as será modi&icado para /aPout do
;lide#

Gabarito: letra A.

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 95

3-= (FCC/Agente Administrativo - MPE-RS/2008) Nma apresentaç8o
em PowerPoint pode conter e&eitos nas [email protected]ções dos slides, entre outros,
do tipo es$uema de transiç8o
(1) mostrar em ordem in:ersa#
(B) aplicar 7oom 6radati:amente#
(I) má$uina de escre:er colorida#
(K) persiana !ori7ontal#
(<) l^mpada de &las!#

Comentários
Iom [email protected]ç8o da letra K, $ue 9 um e&eito de transiç8o, todas as outras
opções di7em respeito a e&eitos $ue podem ser aplicados nas [email protected]ções dos
slides (es$uemas de animaç8o)#
• O es$uema de animaç8o pode ser obtido no
menu Apresentações=X Esquemas de animação#
• O e&eito de transiç8o de slides pode ser obtido no
menu Apresentações=X Transição de slides#
Gabarito: letra D.

3,= (FCC/TRT 24ª Região/Técnico/2006) 1s apresentações criadas no
PowerPoint podem conter e&eitos de transiç8o e de animaç8o aplicados,
respecti:amente,
(1) nos obDetos de slide e no mestre#
(B) nos slides e no mestre#
(I) nos slides e nos obDetos de slide#
(K) no mestre e nos slides#
(<) no mestre e nos obDetos de slide#

Comentários
Transição 9 o e&eito de mo:imentaç8o $ue acontece entre os slides (9
aplicada aos slides, selecionando=os)A animaç8o s8o os e&eitos de mo:imento
dos obDetos de um slide (T>tulos, desen!os, &i6uras, [email protected], etc#)#
Gabarito: letra C.

30= (FUNIVERSA/2010) O )icroso&t O&&ice Powerpoint .''3".''0,
:ers8o em portu6uFs, permite uni&ormi7ar a aparFncia de uma
apresentaç8o de &orma rápida, por meio de um recurso $ue arma7ena
in&ormações acerca do posicionamento do [email protected] e de obDetos em um slide,
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 96

taman!os dos espaços reser:ados, estilos de [email protected], plano de &undo,
temas de cores, e&eitos e animaç8o# <sse recurso está indicado
corretamente em
1) Slide )estre#
B) 3a#out do slide#
I) 1esign do slide#
K) 1presentaç8o de slides#
<) Ion&i6urar apresentaç8o#

Comentários
O recurso com as caracter>sticas descritas 9 o Slide Mestre# <le permite a
criaç8o de itens padroni7ados para todos os slides#
Gabarito: letra A.

3S= (Secretaria Estadual de Educação - SP/Vunesp - Agente de
Organização Escolar/2009) Para iniciar uma apresentaç8o de slides no
PowerPoint .''3".''0, em sua con&i6uraç8o padr8o, pode=se pressionar
a tecla
1 ) %(#
B ) %3#
I ) %-#
K ) %0#
< ) %*#

Comentários
Para [email protected] uma apresentaç8o %-#
Gabarito: letra C.

Como temos poucas questões sobre o Powerpoint 2010, fiz diversas
adaptações e/ou comentei questões atualizadas nessa nova versão.
Portanto, todas as questões utilizadas a seguir são aplicáveis à
versão do Powerpoint 2010. Ainda que não citem a versão do
software ou que citem outras versões, o conteúdo é pertinente.


3*= (Cespe/Unb/EBC/Cargos de Nível Superior - Conhecimentos
Básicos - EXCETO Cargo 4 Advocacia/2011) Tanto no )icroso&t Mord
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 97

.'(' como no )icroso&t PowerPoint .'(', 9 poss>:el inserir seções no
documento $ue esti:er sendo editado#

Comentários
Hos . aplicati:os 9 poss>:el a inserç8o de seções no documento#
Ho )icroso&t PowerPoint .'(', de acordo com )icroso&t, 9 poss>:el usar o
no:o recurso de Seções para or6ani7ar seus slides, muito semel!ante à
maneira como :ocF usa pastas para or6ani7ar os seus ar$ui:os# BocF pode
usar seções nomeadas para controlar 6rupos de slides e pode atribuir seções
a cole6as para esclarecer a propriedade durante a colaboraç8o# ;e esti:er
começando do 7ero, as seções poder8o at9 ser usadas para destacar os
t?picos em sua apresentaç8o#
Gabarito: item errado.

+'= (CESPE/Técnico Superior - Formação 1- DETRAN-ES/2010) Ho
PowerPoint .'(', em uma apresentaç8o de&inida como personali7ada,
apenas os slides $ue ten!am sido selecionados ser8o [email protected]#
Comentários
Nma apresentaç8o de slides personali7ada [email protected]á somente os
slides selecionados# Gsso possibilita $ue :ocF ten!a :ários conDuntos de slides
di&erentes (por [email protected], uma sucess8o de slides de 3' minutos e outra de
+- minutos) na mesma apresentaç8o#
Gabarito: item correto.

+(= (CESPE/Assistente Técnico de Trânsito - DETRAN-ES/2010-
Adaptada) Ho PowerPoint .'(', 9 poss>:el associar a emiss8o de sons a
um slide, de:endo esse slide ser ade$uadamente con&i6urado para indicar
o momento [email protected] em $ue será iniciada a [email protected]ç8o do som#

Comentários
<sse 9 um recurso bem interessante do PowerPoint .'(', $ue pode ser
acessado pela 6uia Inserir, bot8o , locali7ado no 6rupo Mídia#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 98


1p?s selecionar o ar$ui:o de som, na barra %erramentas de Zudio, 2uia
Reproduç8o, pode=se con&i6urar o momento [email protected] em $ue será iniciada a
[email protected]ç8o do som, con&orme :isto a se6uir#

Gabarito: item correto.

+.= (CESPE/Assistente Técnico de Trânsito - DETRAN-ES/2010-
Adaptada) Ho PowerPoint .'(', 9 poss>:el de&inir a :elocidade da
transiç8o entre slides de uma apresentaç8o, utili7ando=se a opç8o
1nimaçõesA nesse caso, o usuário precisa in&ormar o tempo da transiç8o,
em se6undos#


Comentários
Ntili7amos a 6uia Transições no Powerpoint .'(' para con&i6urar o recurso
da $uest8o, con&orme ilustrado a se6uir#

Gabarito: item errado.

43- (CESPE/Analista Técnico Administrativo - DPU/2010) Ho modo
de apresentaç8o de slides do );PowerPoint, $ue pode ser acionado por
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 99

meio da tecla %- ou do bot8o , 9 poss>:el :isuali7ar os slides de uma
apresentaç8o em conDuntos de $uatro slides por tela#

Comentários
<sse modo de :isuali7aç8o [email protected] os slides de &orma indi:idual, em tela
inteira#
Gabarito: item errado.

++= (CESPE/Técnico Bancário Novo - CAIXA NM2/2010) Nma das
:anta6ens de se utili7ar o ); Mord 9 a elaboraç8o de apresentações de
slides $ue utili7em conteEdo e ima6ens de maneira estruturada e
or6ani7ada#

Comentários
Para elaboraç8o de apresentaç8o de slides utili7amos o ); Powerpoint#
Gabarito: item errado.

+-= (CESPE/2010/INCA - Assistente em Ciência e Tecnologia-
Adaptada) O PowerPoint .'(' 9 um aplicati:o utili7ado para a criaç8o de
apresentações de slides para palestras, cursos, or6ani7aç8o de conteEdos,
entre outras &inalidades# Nma :e7 aberto um ar$ui:o, a inserç8o de no:os
slides em uma apresentaç8o pode ser &eita a partir da opç8o Ho:o slide,
encontrada no menu Gnserir, ou acionando=se as teclas T #

Comentários
1 combinaç8o de teclas ITR/ T ) pode ser utili7ada no Powerpoint .'(', no
entanto, o menu Gnserir n8o [email protected] nessa :ers8o# Hesse caso, a opç8o para
inserir no:o slide pode ser obtida na 2uia Página Inicial =X Opç8o Novo
Slide#
Gabarito: item errado.

Referências Bibliográficas
Gn&ormática=%II=Juestões Iomentadas e Or6ani7adas por 1ssunto, de
Patr>cia /ima Juint8o, .'(.# .Y# <diç8o# 3
a
tira6em# <d# 2en")9todo# Novo!
Hotas de aula, Pro&
a
Patr>cia /ima Juint8o# .'((".'(.#
)anuais do O&&ice .''3,.''0 e .'('#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 100

Lista de Questões Apresentadas na Aula

(= (FCC/2012/TRT-11ª.Região/Provas de Analista Judiciário e
Técnico Judiciário) Juando o cliente de um banco acessa sua conta
corrente atra:9s da internet, 9 comum $ue ten!a $ue di6itar a sen!a em
um teclado :irtual, cuDas teclas mudam de lu6ar a cada caractere
&ornecido# <sse procedimento de se6urança :isa e:itar ata$ues de
(1) spPwares e adwares#
(B) kePlo66ers e adwares#
(I) screenlo66ers e adwares#
(K) p!is!in6 e p!armin6#
(<) kePlo66ers e screenlo66ers#

.= (FCC/2011/TRE-TO/Analista Judiciário - Judiciária) Nma das
&ormas de prote6er o si6ilo da in&ormaç8o $ue tra&e6a na Gnternet 9

a) n8o &a7er os downloads em notebooks#

b) n8o responder e-mails $ue c!e6am [com c?pia oculta[#

c) mandar e-mails somente a pessoas da lista pessoal#

d) n8o usar a opç8o [com c?pia para[ do correio eletrCnico#
e) a cripto6ra&ia

3= (FCC/2011/TRF - 1.ª Região/Técnico Judiciário - Segurança e
Transporte) Ionsiderando o recebimento de um ar$ui:o [email protected]á:el de
&onte descon!ecida, no correio eletrCnico, a atitude mais ade$uada diante
deste &ato 9
a) n8o [email protected]á=loA
b) [email protected]á=lo no seu desktop e [email protected]á=lo localmente, somenteA
c) repassá=lo para sua lista de endereços solicitando aos mais
[email protected] $ue o [email protected]
d) [email protected]á=lo diretamente, sem [email protected]á=lo no seu desktopA
e) [email protected]á=lo de $ual$uer &orma, por9m comunicar o &ato ao
administrador de sua rede#

+= (FCC/2010/DNOCS/ADMINISTRADOR/ PROVA A01-001-Q. 58)
Prestam=se a c?pias de se6urança (backup)
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 101

(1) $uais$uer um destes KBKA IK=RO)A disco r>6ido [email protected] ou c?pia
[email protected], $uando os dados s8o en:iados para um pro:edor de ser:iços :ia
internet#
(B) apenas estes IK=RO)A disco r>6ido e c?pia [email protected], $uando os dados
s8o en:iados para um pro:edor de ser:iços :ia internet#
(I) apenas estes KBK, IK=RO) e disco r>6ido [email protected]#
(K) apenas estes IK=RO) e disco r>6ido [email protected]#
(<) apenas estes KBK e IK=RO)#

-= (FCC/2009/Oficial de Chancelaria/Adaptada) O Kiretor de um certo
?r68o pEblico incumbiu al6uns &uncionários da se6uinte tare&a
(tem 0arefa
- 2arantir $ue a maior parte dos dados 6ra:ados nos
computadores n8o seDa perdida em caso de sinistro#

Tal 6arantia 9 poss>:el se &orem &eitas c?pias dos dados
a) ap?s cada atuali7aç8o, em m>dias remo:>:eis mantidas nos pr?prios
computadoresA
b) em ar$ui:os distintos nos respecti:os hard disks, desde $ue estes
dispositi:os seDam desli6ados ap?s o [email protected]
c) em ar$ui:os distintos nos respecti:os hard disks, desde $ue estes
dispositi:os permaneçam li6ados ininterruptamenteA
d) ap?s cada atuali7aç8o, em m>dias remo:>:eis mantidas em local
distinto da$uele dos computadoresA
e) da pol>tica de se6urança &>sica#

,= (FCC/2009/TJ-PI/Analista Judiciário/Adaptada) (nstrução Para
responder à $uest8o, considere os dados [email protected]#
(tem 0arefa
BGG Proceder, diariamente, à c?pia de se6urança dos dados em
&itas di6itais re6ra:á:eis (al6umas comportam at9 0. 2B de
capacidade) em m>dias alternadas para manter a se6urança e
economi7ar material#
Ho item BGG 9 recomendado o uso de m>dias con!ecidas por
a) %1T3.A
b) %1TA
c) HT;%A
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 102

d) K1TA
e) KBKTRM#

0= (FCC/2004/TRT 8ª. REGIÃO/TÉCNICO ADMINISTRATIVO) Para
e:itar a perda irrecuperá:el das in&ormações 6ra:adas em um
computador e prote6F=las contra acesso n8o autori7ado, 9 necessário $ue
se adote, respecti:amente, as medidas inerentes às operações de
(1) backup dos ar$ui:os do sistema operacional e con&i6uraç8o de
cripto6ra&ia#
(B) checkup dos ar$ui:os do sistema operacional e iniciali7aç8o da rede
[email protected]:a#
(I) cripto6ra&ia de dados e iniciali7aç8o da rede pri:ati:a#
(K) backup de ar$ui:os e uso de sen!a pri:ati:a#
(<) uso de sen!a pri:ati:a e backup dos ar$ui:os do sistema operacional#

Gnstruções Para responder à $uest8o se6uinte, considere as in&ormações
[email protected]
OB_<TGBO
O )inist9rio PEblico do 2o:erno %ederal de um pa>s deseDa moderni7ar seu
ambiente tecnol?6ico de in&ormática# Para tanto, ad$uirirá e$uipamentos de
computaç8o eletrCnica a:ançados e rede&inirá seus sistemas de computaç8o
a &im de a6ili7ar seus processos internos e tamb9m mel!orar seu
relacionamento com a sociedade#
R<JNG;GTO; P1R1 1T<HK<R 1O OB_<TGBO
`(a = O ambiente de rede de computadores, para troca de in&ormações
[email protected]:amente internas do )inist9rio, de:erá usar a mesma tecnolo6ia da
rede mundial de computadores#
`.a = O acesso a determinadas in&ormações somente poderá ser &eito por
pessoas autori7adas#
`3a = Os &uncionários poder8o se comunicar atra:9s de um ser:iço de
con:ersaç8o eletrCnica em modo instant^neo (tempo real)#
`+a = 1 comunicaç8o eletrCnica tamb9m poderá ser &eita :ia internet no
modo n8o instant^neo
`-a = Para 6arantir a recuperaç8o em caso de sinistro, as in&ormações
de:er8o ser copiadas em m>dias di6itais e 6uardadas em locais se6uros#

S= (FCC/2007/MPU/Técnico-Área Administrativa/Q.22) Os `.a e `-a
especi&icam correta e respecti:amente re$uisitos de uso de
(1) anti:>rus e backup#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 103

(B) firewall e di6itali7aç8o#
(I) anti:>rus e firewall#
(K) sen!a e backup#
(<) sen!a e anti:>rus#

*= (CESPE/Técnico Superior - Formação 1- DETRAN-ES/2010) Ho
PowerPoint .''0".'(', em uma apresentaç8o de&inida como
personali7ada, apenas os slides $ue ten!am sido selecionados ser8o
[email protected]#

('= (CESPE/TJ-ES/CBNS1_01/Superior/2011) Ho )icroso&t
PowerPoint, um ar$ui:o pode ser editado tendo=se como base um
conDunto de eslaides mestres $ue podem ser alternados durante a
apresentaç8o, criando=se, assim, uma :ariaç8o de &ormatos, planos de
&undo e padrões $ue podem ser utili7ados para enri$uecer a apresentaç8o
com di:ersos estilos#

((= (CESPE/Assistente Técnico de Trânsito - DETRAN-ES/2010) Ho
PowerPoint .''0, 9 poss>:el associar a emiss8o de sons a um slide,
de:endo esse slide ser ade$uadamente con&i6urado para indicar o
momento [email protected] em $ue será iniciada a [email protected]ç8o do som#

(.= (CESPE/Assistente Técnico de Trânsito - DETRAN-ES/2010) Ho
PowerPoint .''0, 9 poss>:el de&inir a :elocidade da transiç8o entre slides
de uma apresentaç8o, utili7ando=se a opç8o 1nimaçõesA nesse caso, o
usuário precisa in&ormar o tempo da transiç8o, em se6undos#

(3= (CESPE/TJ-ES/CBNM1_01/Nível Médio/2011) Ho )icroso&t
PowerPoint, as [email protected] de [email protected] s8o elementos 6rá&icos $ue podem ser
dimensionados com a &inalidade de inclus8o, no eslaide, de letras,
pala:ras ou [email protected] $ue se deseDe di6itar e inserir em $ual$uer espaço do
eslaide, dentro de uma apresentaç8o#

(+= (CESPE/TJ-ES/CBNM1_01/Nível Médio/2011) Ho )odo de
anotações do )icroso&t PowerPoint, !á, na tela, um espaço para
anotações $ue poder8o ser [email protected] Duntamente com cada eslaide da
apresentaç8o# <sse recurso &ica acess>:el caso, em $ual$uer eslaide da
apresentaç8o, seDa ati:ado o modo de 1presentaç8o de ;lides do
)icroso&t PowerPoint#

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 104

(-= (CESPE/Nível Superior - PREVIC/2011) Ho pro6rama PowerPoint
do )icroso&t O&&ice, $uando se 6ra:a um pacote de apresentações em um
IK, essas apresentações s8o con&i6uradas, por padr8o, para serem
[email protected] automaticamente#
(,= (CESPE/Técnico Bancário Novo - CAIXA NM2/2010) Nma das
:anta6ens de se utili7ar o ); Mord 9 a elaboraç8o de apresentações de
slides $ue utili7em conteEdo e ima6ens de maneira estruturada e
or6ani7ada#

(0= (CESPE/Ministério da Saúde/Analista Técnico Administrativo/
2010) Ho aplicati:o )icroso&t PowerPoint .''3, uma das maneiras
poss>:eis de se iniciar a apresentaç8o dos slides de um ar$ui:o em ediç8o
9 clicar no menu 1presentações e selecionar a opç8o <@ibir 1presentaç8o#


Ionsiderando a &i6ura acima, $ue ilustra uma Danela do Powerpoint .''0
contendo uma apresentaç8o em elaboraç8o, Dul6ue o [email protected] item#
(S= (CESPE/2008/Ministério da Saúde/AGENTE) 1 partir da &i6ura
mostrada, 9 correto a&irmar $ue a apresentaç8o em elaboraç8o cont9m
$uatro slides# Iaso se deseDe [email protected] a apresentaç8o desses slides, 9
poss>:el &a7F=lo por meio do bot8o #

(*= (CESGRANRIO/TermoMacaé - Técnico de Administração/2009)
Ho PowerPoint .''0, em sua con&i6uraç8o padr8o, o recurso ;mart1rt 9
utili7ado para
a) de&inir o laPout dos slides#
b) copiar a &ormataç8o de um [email protected] e aplicá=la em outro#
c) criar !iperlinks para outros documentos do ); O&&ice#
d) escol!er uma animaç8o a ser aplicada a obDetos dos slides#
e) inserir elementos 6rá&icos para comunicar in&ormações :isualmente#

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 105


.'= (Cesgranrio/Petrobrás/Profissional Júnior/Direito/2010) O
&uncionário de uma empresa criou, a pedido de seu diretor, uma
apresentaç8o no PowerPoint .''3 para ser [email protected] em uma reuni8o,
contendo :ários slides# Posteriormente, &oi solicitado a este &uncionário
$ue alterasse a ordem dos slides dentro da apresentaç8o# Jual 9 o
procedimento a ser [email protected] pelo &uncionário para atender a essa
solicitaç8o5
a) Keletar os slides a serem alterados e recriá=los no &im da
apresentaç8o, indicando a no:a ordem#
b) ;elecionar uma ou mais miniaturas de slide na 6uia Slides, no modo
de [email protected]ç8o Hormal, e arrastar a seleç8o para o no:o local#
c) ;elecionar o modo de [email protected]ç8o Bisuali7ar impress8o, no menu _anela, e
renumerar os slides#
d) ;elecionar a opç8o /aPout do Slide+ no menu %ormatar, e escol!er a
no:a ordem dentre as su6eridas#
e) ;elecionar 2rades e 6uias, no menu <@ibir, e realocar os slides na
ordem correta#

.(= (CESGRANRIO/Petrobrás - Técnico de Administração e Controle
Júnior/2011) O )icroso&t O&&ice PowerPoint .''0 tem como obDeti:o a
criaç8o e ediç8o de apresentações# Hesse aplicati:o, 9 poss>:el editar a
Barra de Status para $ue seDa nela apresentado o :alor do .oom em $ue
o slide corrente está sendo [email protected]#

..= (CESGRANRIO/Petrobrás - Técnico de Administração e Controle
Júnior/2011) O )icroso&t O&&ice PowerPoint .''0 tem como obDeti:o a
criaç8o e ediç8o de apresentações# Hesse aplicati:o, 9 poss>:el reutili7ar
slides de outras apresentações apenas $uando se abrem essas
apresentações e se utili7am as opções copiar e colar#

.3= (CESGRANRIO/Petrobrás - Técnico de Administração e Controle
Júnior/2011) O )icroso&t O&&ice PowerPoint .''0 tem como obDeti:o a
criaç8o e ediç8o de apresentações# Hesse aplicati:o, 9 poss>:el sal:ar a
apresentaç8o como uma pá6ina de Gnternet (#!tml), o $ue &a7 com $ue o
ar$ui:o 6erado [email protected] de poder ser editado dentro do )icroso&t O&&ice
PowerPoint#

.+= (CESGRANRIO/Petrobrás - Técnico de Administração e Controle
Júnior/2011) O )icroso&t O&&ice PowerPoint .''0 tem como obDeti:o a
criaç8o e ediç8o de apresentações# Hesse aplicati:o, 9 poss>:el [email protected]
os t?picos de uma apresentaç8o para um ar$ui:o no &ormato RT%#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 106


.-= (CESGRANRIO/Petrobrás - Técnico de Administração e Controle
Júnior/2011) O )icroso&t O&&ice PowerPoint .''0 tem como obDeti:o a
criaç8o e ediç8o de apresentações# Hesse aplicati:o, 9 poss>:el alterar a
&onte de [email protected] das [email protected] de [email protected], inseridas em uma apresentaç8o#

.,= (Cesgranrio/Petrobrás/Técnico de Contabilidade -
Distribuidora/2010/Adaptada) Ho menu %ormatar, o )icroso&t
PowerPoint c.''3d disponibili7a aos usuários :ários comandos de
&ormataç8o para o conteEdo de uma apresentaç8o, entre os $uais NÃO se
inclui o comando para
a) desi6n do slide#
b) laPout do slide#
c) plano de &undo#
d) alin!amento#
e) :>nculo de estrutura#

.0= (CESGRANRIO/TRANSPETRO - Engenheiro Júnior em
Automação/2008) Ho MS PowerPoint 2003, uma apresentaç8o pode
ser sal:a em :ários &ormatos, entre os $uais os apresentados a se6uir#

I = Kados W)/
II = %ormato _P<2
III = [email protected] &ormatado
IV = )etar$ui:o a:ançado do Mindows

;8o corretos APENAS os &ormatos
a) I e II
b) I e III
c) I e IV
d) II e IV
e) III e IV




INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 107

.S= (CESGRANRIO/EPE - Assistente Administrativo/2010) Ho
POM<RPOGHT .''0, ap?s a ediç8o de uma apresentaç8o com o nome
Iurso#[email protected], 9 necessário sal:á=la com seu nome atual e uma c?pia com
um nome $ue indi$ue uma :ers8o, por [email protected], Iurso.'('#[email protected],
utili7ando, respecti:amente, os se6uintes comandos
a) ;al:ar e ;al:ar como#
b) ;al:ar e Trocar nome#
c) ;al:ar e Ion:erter#
d) 2ra:ar e Ion:erter#
e) 2ra:ar e ;al:ar como#

.*= (CESGRANRIO/EPE - Assistente Administrativo/2010) Kurante a
criaç8o de uma apresentaç8o no POM<RPOGHT .''0 9 preciso inserir uma
&i6ura# Jue procedimentos de:em ser reali7ados5
a) Posicionar o cursor no local onde se deseDa inserir a &i6ura e, na Barra
de )enu, clicar em Gnserir e, depois, em %i6ura#
b) Ilicar com o bot8o direito do mouse no local onde se deseDa inserir
uma &i6ura e, em se6uida, selecionar %ormatar %orma#
c) Ha 6uia Gnserir, no 6rupo Glustrações, clicar em Gma6em e, em se6uida,
selecionar a &i6ura $ue se deseDa a partir de seu local#
d) Ha 6uia Kesi6n, no 6rupo Temas, selecionar o tema deseDado#
e) Ha 6uia 1presentaç8o de ;lides, no 6rupo Ion&i6urar, clicar em
Ion&i6urar 1presentaç8o de ;lides#

3'= (CESGRANRIO/PETROBRÁS/Economista/2008) ;upon!a $ue um
usuário esteDa editando uma apresentaç8o, c!amada pres(, utili7ando a
:ers8o em portu6uFs do aplicati:o )icroso&t PowerPoint .''3 com suas
con&i6urações padrões# Nma poss>:el opç8o para o usuário inserir um
no:o slide em pres( 9 selecionar a opç8o
1) 1r$ui:o RX Ho:o#
B) Gnserir RX Ho:o ar$ui:o#
I) Gnserir RX Ho:o slide
K) %ormatar RX 1presentaç8o
<) <ditar RX ;lides

3(= (Cesgranrio/Banco do Brasil/2012) 1 &i6ura a se6uir apresenta um
slide criado no aplicati:o PowerPoint :ers8o .''0, com um [email protected]
selecionado#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 108


1p?s aplicar o comando Ion:erter em ;mart1rt ao [email protected] selecionado e, lo6o
em se6uida, um estilo de e&eito moderado ao elemento 6rá&ico 6erado, o
resultado apresentado &oi o se6uinte

1nalisando=se esse resultado, conclui=se $ue o <lemento 2rá&ico ;mart1rt
utili7ado &oi
a) Iiclo Básico
b) Radial Básico
c) Radial Ki:er6ente
d) ;etas Ki:er6entes
e) Benn Básico

3.= (Elaboração própria) Para [email protected] uma apresentaç8o $ue esteDa aberta
na área de trabal!o do PowerPoint, um usuário de:e acionar o >cone ou
pressionar a tecla
a) %-A
b) %0A
c) %*A
d) %((#

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 109

33= (FCC/2010/Governo do Estado de Rondônia/Auditor Fiscal de
Tributos Estaduais) 1 criaç8o do e&eito de Persiana !ori7ontal pode ser
elaborada no aplicati:o PowerPoint por meio do menu
a) <ditar e da opç8o 1presentaç8o de slidesA
b) 1presentações e da opç8o Transiç8o de slidesA
c) 1presentações e da opç8o Ho:o ;lideA
d) Gnserir e da opç8o Ho:o slideA
e) Gnserir e da opç8o 1presentaç8o de slides#

3+= (FCC/Agente Administrativo/Ministério Público - RS/2010) Para
iniciar uma no:a apresentaç8o em branco no PowerPoint c.''3d, 9
poss>:el usar a opç8o [1presentaç8o em branco[, do [Painel de Tare&as[,
ou ainda o bot8o [Ho:o[, $ue &ica no in>cio da barra de &erramentas
padr8o# 1o &a7er isso, o [Painel de Tare&as[ será modi&icado para
(1) [/aPout do slide[#
(B) [Barra de desen!o[#
(I) [)ostrar &ormataç8o[#
(K) [Barra de t>tulos[#
(<) [1presentaç8o[

3-= (FCC/Agente Administrativo - MPE-RS/2008) Nma apresentaç8o
em PowerPoint pode conter e&eitos nas [email protected]ções dos slides, entre outros,
do tipo es$uema de transiç8o
(1) mostrar em ordem in:ersa#
(B) aplicar 7oom 6radati:amente#
(I) má$uina de escre:er colorida#
(K) persiana !ori7ontal#
(<) l^mpada de &las!#

3,= (FCC/TRT 24ª Região/Técnico/2006) 1s apresentações criadas no
PowerPoint podem conter e&eitos de transiç8o e de animaç8o aplicados,
respecti:amente,
(1) nos obDetos de slide e no mestre#
(B) nos slides e no mestre#
(I) nos slides e nos obDetos de slide#
(K) no mestre e nos slides#
(<) no mestre e nos obDetos de slide#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 110


30= (FUNIVERSA/2010) O )icroso&t O&&ice Powerpoint .''3".''0,
:ers8o em portu6uFs, permite uni&ormi7ar a aparFncia de uma
apresentaç8o de &orma rápida, por meio de um recurso $ue arma7ena
in&ormações acerca do posicionamento do [email protected] e de obDetos em um slide,
taman!os dos espaços reser:ados, estilos de [email protected], plano de &undo,
temas de cores, e&eitos e animaç8o# <sse recurso está indicado
corretamente em
1) Slide )estre#
B) 3a#out do slide#
I) 1esign do slide#
K) 1presentaç8o de slides#
<) Ion&i6urar apresentaç8o#

3S= (Secretaria Estadual de Educação - SP/Vunesp - Agente de
Organização Escolar/2009) Para iniciar uma apresentaç8o de slides no
PowerPoint .''3".''0, em sua con&i6uraç8o padr8o, pode=se pressionar
a tecla
1 ) %(#
B ) %3#
I ) %-#
K ) %0#
< ) %*#

Como temos poucas questões sobre o Powerpoint 2010, fiz diversas
adaptações e/ou comentei questões atualizadas nessa nova versão.
Portanto, todas as questões utilizadas a seguir são aplicáveis à
versão do Powerpoint 2010. Ainda que não citem a versão do
software ou que citem outras versões, o conteúdo é pertinente.
3*= (Cespe/Unb/EBC/Cargos de Nível Superior - Conhecimentos
Básicos - EXCETO Cargo 4 Advocacia/2011) Tanto no )icroso&t Mord
.'(' como no )icroso&t PowerPoint .'(', 9 poss>:el inserir seções no
documento $ue esti:er sendo editado#

+'= (CESPE/Técnico Superior - Formação 1- DETRAN-ES/2010) Ho
PowerPoint .'(', em uma apresentaç8o de&inida como personali7ada,
apenas os slides $ue ten!am sido selecionados ser8o [email protected]#

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 111

+(= (CESPE/Assistente Técnico de Trânsito - DETRAN-ES/2010-
Adaptada) Ho PowerPoint .'(', 9 poss>:el associar a emiss8o de sons a
um slide, de:endo esse slide ser ade$uadamente con&i6urado para indicar
o momento [email protected] em $ue será iniciada a [email protected]ç8o do som#

+.= (CESPE/Assistente Técnico de Trânsito - DETRAN-ES/2010-
Adaptada) Ho PowerPoint .'(', 9 poss>:el de&inir a :elocidade da
transiç8o entre slides de uma apresentaç8o, utili7ando=se a opç8o
1nimaçõesA nesse caso, o usuário precisa in&ormar o tempo da transiç8o,
em se6undos#

+3= (CESPE/Analista Técnico Administrativo - DPU/2010) Ho modo
de apresentaç8o de slides do );PowerPoint, $ue pode ser acionado por
meio da tecla %- ou do bot8o , 9 poss>:el :isuali7ar os slides de uma
apresentaç8o em conDuntos de $uatro slides por tela#

++= (CESPE/Técnico Bancário Novo - CAIXA NM2/2010) Nma das
:anta6ens de se utili7ar o ); Mord 9 a elaboraç8o de apresentações de
slides $ue utili7em conteEdo e ima6ens de maneira estruturada e
or6ani7ada#

+-= (CESPE/2010/INCA - Assistente em Ciência e Tecnologia-
Adaptada) O PowerPoint .'(' 9 um aplicati:o utili7ado para a criaç8o de
apresentações de slides para palestras, cursos, or6ani7aç8o de conteEdos,
entre outras &inalidades# Nma :e7 aberto um ar$ui:o, a inserç8o de no:os
slides em uma apresentaç8o pode ser &eita a partir da opç8o Ho:o slide,
encontrada no menu Gnserir, ou acionando=se as teclas T #

INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 112

Gabarito
(= /etra E#
.= /etra E#
3= /etra A#
+= /etra A#
-= /etra D#
,= /etra D#
0= /etra D#
S= /etra D#
*= Gtem correto#
('= Gtem errado#
((= Gtem correto#
(.= Gtem errado#
(3= Gtem correto#
(+= Gtem errado#
(-= Gtem correto#
(,= Gtem errado#
(0= Gtem correto#
(S= Gtem errado#
(*= /etra E#
.'= /etra B#
.(= Gtem correto#
..= Gtem errado#
.3= Gtem errado#
.+= Gtem correto#
.-= Gtem correto#
.,= /etra E#
.0= /etra D#
.S= /etra A#
.*= /etra C#
3'= /etra C#
3(= /etra A#
3.= /etra A#
33= /etra B#
3+= /etra A#
3-= /etra D#
3,= /etra C#
30= /etra A#
3S= /etra C#
3*= Gtem errado#
+'= Gtem correto#
+(= Gtem correto#
+.= Gtem errado#
+3= Gtem errado#
++= Gtem errado#
+-= Gtem errado#


INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 113

Glossário de Termos Mais Usados em Informática
• Acesso remoto: Gn6resso, por meio de uma rede, aos dados de um
computador &isicamente distante da má$uina do usuário#
• Active Desktop: Recurso do Mindows $ue permite a [email protected]ç8o de
conteEdo Meb na área de trabal!o#
• Active X: Tecnolo6ia desen:ol:ida pela )icroso&t para disponibili7ar,
principalmente, conteEdo interati:o para pá6inas de Meb#
• Anti-spam: %erramenta utili7ada para &iltro de mensa6ens
indeseDadas#
• Antivírus %erramentas $ue detectam e, em muitos casos, remo:em
:>rus de computador e outros pro6ramas maliciosos (como ;pPwares e
Ia:alos de Troia)#
• Atom: <sp9cie de &eed, tamb9m baseado em W)/ como o R;;# R;; e
1tom s8o tecnolo6ias concorrentes, mas R;; se populari7ou!
• Audioblog: Tipo de blo6 $ue utili7a publicações de áudio#
• Backbone: Tamb9m con!ecido como espin!a dorsal da Gnternet#
Gnterli6a pontos distribu>dos de uma rede, &ormando uma 6rande :ia
por onde tra&e6am in&ormações#
• Backup (cópia de segurança) en:ol:e a c?pia dos dados de um
dispositi:o para o outro com o obDeti:o de posteriormente recuperar as
in&ormações, caso !aDa al6um problema# Procure &a7er c?pias re6ulares
dos dados do computador, para recuperar=se de e:entuais &al!as e das
conse$uFncias de uma poss>:el in&ecç8o por :>rus ou in:as8o#
Principais tipos de backup
INCREMENTAL
• Copia somente
os arquivos
CRIADOS ou
ALTERADOS
desde o último
backup normal
ou incremental.
• O atributo de
ar$ui:amento
(ar$ui:o morto) É
DESMARCADO.
CÓPIA (AUXILIAR
ou SECUNDÁRIA)
• COPIA TODOS
os ar$ui:os
selecionados,
assim como no
backup normal#
• O atributo de
ar$ui:amento
(ar$ui:o morto)
NÃO É
ALTERADO.
DIÁRIO
• Iopia todos os
ar$ui:os
selecionados $ue
&oram
ALTERADOS NO
DIA da [email protected]ç8o
do backup#
• O atributo de
ar$ui:amento
(ar$ui:o morto)
NÃO É
ALTERADO.
• Bit: )enor unidade de in&ormaç8o manipulada por um computador#
Iorresponde a ter ou n8o ter ener6ia passando em um determinado
momento em um circuito eletrCnico#
• Blogs (Weblog ou blogue): Pá6inas da Meb cuDas atuali7ações
(c!amadas posts) s8o or6ani7adas cronolo6icamente, como em um
diário, s? $ue de &orma in:ersa#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 114

• Bot: Tipo de Morm $ue dispõe de mecanismos de comunicaç8o com o
in:asor, permitindo $ue este seDa controlado remotamente#
• Botnets: Redes &ormadas por di:ersos computadores in&ectados com
bots (Redes bumbis)# Podem ser usadas em ati:idades de ne6aç8o de
ser:iço, en:io de spam, etc#
• Browser: Pro6rama utili7ado para na:e6ar na Meb, tamb9m c!amado
de na:e6ador# <@emplo )o7illa %ire&[email protected]#
• Byte: Home dado ao conDunto de S bits#
• Cavalo de troia Pro6rama aparentemente ino&ensi:o $ue entra no
computador na &orma de cart8o :irtual, álbum de &otos, protetor de
tela, Do6o etc#, e $ue, $uando [email protected] (com autori7aç8o do
usuário!), parece l!e di:ertir, mas, por trás abre portas de
comunicaç8o na má$uina para $ue ela possa ser in:adida#
• Chat: Pro6rama $ue possibilita con:ersa (bate=papo) em tempo real
pelo computador entre internautas#
• Cliente de e-mail: ;o&tware destinado a 6erenciar contas de correio
eletrCnico, possibilitando a composiç8o, en:io, recebimento, leitura e
ar$ui:amento de mensa6ens#
• Cookies: H8o s8o :>rus, e sim ar$ui:os l>citos instalados no
computador durante a na:e6aç8o $ue permitem a identi&icaç8o da
má$uina no acesso a uma pá6ina# Podem ser utili7ados para 6uardar
pre&erFncias do usuário, bem como in&ormações t9cnicas como o nome
e a :ers8o de seu browser#
• Combo drive: /eitor de IK $ue combina a capacidade de ler e 6ra:ar
IK=R"IK=RM com a !abilidade de ler (mas HeO 6ra:ar) m>dias de
KBK#
• DNS (Domain Name System - Sistema de Nomes de Domínio):
Possibilita a associaç8o de nomes ami6á:eis (nomes de dom>nio) aos
endereços GPs dos computadores, permitindo locali7á=los por seus
nomes em :e7 de por seus endereços GPs e :ice=:ersa#
• Download Processo de trans&erFncia de um ar$ui:o, de $ual$uer
nature7a, de al6um e$uipamento remoto ($ue pode estar [email protected] ou
do outro lado do mundo) para o computador do usuário#
• Drives: Kispositi:os em $ue s8o colocados os dis$uetes, IK=RO)s e
KBK=RO)s# Trata=se de um !ardware!
• Driver (device driver ou driver de dispositivo) Pro6rama $ue
permite ao sistema operacional entender o e$uipamento a $ue se
destina, sem ter $ue se preocupar com con&i6urações básicas internas
do dispositi:o#
• Endereço IP: HEmero especialmente desen:ol:ido para acessar um
computador na Gnternet#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 115

• Extranet: Parte de uma intranet $ue pode ser acessada pela Gnternet#
Trata=se de uma [email protected] das redes pri:adas de uma empresa, $ue
permite a seus clientes, parceiros ou &ornecedores se comunicarem e
&a7er ne6?cios por meio do acesso à intranet corporati:a#
• Feeds: /istas de atuali7aç8o de conteEdo publicadas por determinados
Mebsites $ue podem ser recebidas diretamente pelo usuário# Podemos
receber atuali7ações de conteEdo atra:9s de tecnolo6ias como R;;,
1tom ou Podcast#
• Firewall ;istema para controlar o acesso às redes de computadores,
desen:ol:ido para e:itar acessos n8o autori7ados em uma rede local
ou na rede pri:ada de uma corporaç8o#
• Flash ;o&tware utili7ado para a criaç8o de animações interati:as $ue
&uncionam embutidas em um na:e6ador da Meb#
• Fotologs Blo6s de &otos, ou seDa, sites $ue permitem aos usuários
colocarem &otos na Gnternet com &acilidade e rapide7#
• FTP (File Transfer Protocol - Protocolo de Transferência de
arquivos): Protocolo padr8o para troca de ar$ui:os na Gnternet#
• Hardware: IonDunto de dispositi:os &>sicos de um computador#
<@emplos IPN, &onte, monitor, impressora, disco r>6ido, etc#
• Hyperlinks: 1tal!os, nas pá6inas da Meb, $ue nos remetem a outras
pá6inas ou ar$ui:os#
• Hipertexto ou hypertext: [email protected] $ue cont9m !iperlinks, apresenta
:>nculos (atal!os) com outros documentos#
• HD Kisco r>6ido ou Minc!ester#
• HTML (Hyper Text Markup Language - Linguagem de Marcação
de Hipertexto) /in6ua6em padr8o utili7ada na produç8o de pá6inas
da Meb#
• HTTP (HyperText Transfer Protocol - Protocolo de
Transferência de Hipertexto): Ntili7ado para trans&erir as pá6inas da
Gnternet entre o ser:idor Meb (aplicaç8o $ue mant9m as pá6inas
dispon>:eis) e o cliente Meb (o browser ou na:e6ador, $ue 9 a
aplicaç8o $ue lF tais pá6inas)#
• IMAP (Internet Message Access Protocol - Protocolo de Acesso
ao Correio da Internet): Permite o acesso às mensa6ens de correio
eletrCnico diretamente no ser:idor de correio# 1o contrário do POP,
pelo G)1P, as mensa6ens n8o s8o tra7idas ao computador do usuário,
mas permanecem no ser:idor e de lá s8o apa6adas, lidas, mo:idas,
etc# Iom o uso desse protocolo, as mensa6ens &icam arma7enadas no
ser:idor e o usuário pode ter acesso a suas pastas e mensa6ens de
$ual$uer local e em $ual$uer computador, pelo Mebmail ou por um
pro6rama cliente de correio eletrCnico, como o )icroso&t Outlook# 1
leitura do correio de:e ser &eita on=line#
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 116

• Incidente Resultado de um ou de uma s9rie de e:entos, indeseDados
ou inesperados, $ue ten!am uma 6rande probabilidade de
comprometer as operações do ne6?cio e ameaçar a se6urança da
in&ormaç8o#
• iPad: Kispositi:o em &ormato tablet produ7ido pela 1pple Gnc#
• iTunes: Pro6rama desen:ol:ido pela 1pple para reprodu7ir e or6ani7ar
mEsica di6ital, ar$ui:os de :>deo e para a compra de ar$ui:os de m>dia
di6ital#
• Internet: Rede mundial de computadores#
• IP (Internet Protocol) Protocolo responsá:el pelo roteamento de
pacotes entre dois sistemas $ue utili7am a &am>lia de protocolos
TIP"GP, desen:ol:ida e usada na Gnternet# 4 considerado o mais
importante dos protocolos em $ue a Gnternet 9 baseada#
• Internet 2 ProDeto de rede de computadores de alta :elocidade e
per&ormance# ;ua criaç8o tem um prop?sito educacional, unindo
6randes centros uni:ersitários e de pes$uisa ao redor do mundo (o
Brasil Dá &a7 parte dessa rede)#
• Intranet: O)iniaturaL da Gnternet dentro da empresa, ou seDa, rede
corporati:a interna, baseada nos protocolos e ser:iços da Gnternet, de
acesso restrito dos &uncionários# Ntili7a o modelo de comunicaç8o
cliente=ser:idor, em $ue di:ersas má$uinas se conectam a um ser:idor
$ue possui uma &uncionalidade espec>&ica, como a de arma7enamento
de pá6inas web, a de trans&erFncia de ar$ui:os, etc#
• Linkedin: ;ite de rede social, em $ue os usuários podem compartil!ar
in&ormações pro&issionais ou de interesses espec>&icos, al9m de reali7ar
a busca por pro&issionais, no:as :a6as de trabal!o, ou at9 mesmo
colaborar pro&issionalmente em assuntos de interesse comum entre os
usuários#
• Logon Processo de entrada de um usuário no sistema#
• Macros: Pro6ramas (se$uFncias de ações) $ue podem, por [email protected],
ser constru>dos dentro dos aplicati:os do )icroso&t O&&ice (Mord, <@cel,
Powerpoint) em uma lin6ua6em c!amada BB1, com o intuito de
automati7ar tare&as repetiti:as#
• MIME (Multipurpose Internet Mail Extensions - Extensões
multiuso do correio da Internet): Pro:F mecanismos para o en:io
de outros tipos de in&ormações por e=mail, como ima6ens, sons, &ilmes,
entre outros#
• Modem (MOdulator-Modulador/DEModulator-Demodulador):
Peri&9rico de entrada e sa>da, $ue &a7 com $ue um computador se
conecte à Gnternet# Trans&orma o sinal di6ital do computador para o
sinal anal?6ico, e :ice=:ersa, permitindo processamento de dados
entre computadores atra:9s de uma lin!a de comunicaç8o#
• MTA (Mail Transfer Agent - Agente de Transferência de
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 117

Correio): Termo utili7ado para desi6nar os ser:idores de Iorreio
<letrCnico#
• MUA (Mail User Agent - Agente Usuário de Correio): Pro6ramas
clientes de e=mail, como o )o7illa T!underbird, )icroso&t Outlook
<@press, etc#
• Nó Jual$uer dispositi:o li6ado a uma rede, como ser:idores e
estações de trabal!o#
• Orkut: Iomunidade on=line criada para tornar a sua :ida social e a de
seus ami6os mais ati:a e estimulante# Pode aDudá=lo a manter contato
com os ami6os atuais por meio de &otos e mensa6ens, e a con!ecer
mais pessoas#
• Peer-to-peer ou P2P (Ponto a Ponto): Tecnolo6ia $ue possibilita a
distribuiç8o de ar$ui:os em rede e $ue tem como caracter>stica
principal permitir o acesso de $ual$uer usuário desta a um n?, ou a
outro usuário (peer) de maneira direta#
• Phishing, scam ou phishing scam: Tipo de &raude $ue se dá por
meio do en:io de mensa6em n8o solicitada, $ue se passa por
comunicaç8o de uma instituiç8o con!ecida, e $ue procura indu7ir o
acesso a pá6inas &raudulentas (&alsi&icadas), proDetadas para &urtar
dados pessoais e &inanceiros de usuários desa:isados#
• Placa-mãe (motherboard) Placa de circuito de um computador em
$ue &icam locali7ados o processador e a mem?ria R1), principalmente#
• Podcast 2ra:aç8o de áudio $ue pode ser disponibili7ada na Meb
tanto para download $uanto para streamin6 (isto 9, para reproduç8o
:ia Meb, como no caso das rádios on=line).
• POP3 (Post Office Protocol Version 3 - Protocolo de Agência de
Correio "Versão 3"): Protocolo padr8o para receber e=mails# 1tra:9s
do POP, um usuário trans&ere para o computador as mensa6ens
arma7enadas em sua [email protected] postal no ser:idor#
• Pop-ups: Pe$uenas Danelas $ue se abrem automaticamente na tela do
na:e6ador# 2eralmente s8o utili7adas para c!amar a atenç8o do
internauta para al6um assunto ou propa6anda#
• Porta: Kispositi:o l?6ico $ue ser:e para reali7ar a [email protected] de um
determinado protocolo, como por [email protected] as portas S' do VTTP, a (('
do POP3 ou a .- do ;)TP#
• Provedor de acesso (ou ISP - Internet Service Provider)
<mpresa $ue pro:F uma [email protected] do computador à rede da Gnternet#
• Protocolo de comunicação IonDunto de re6ras (so&tware) $ue
permitem a troca de in&ormações entre os n?s de uma rede#
• RAM (Random Access Memory) )em?ria de acesso randCmico $ue
pode ser lida ou 6ra:ada constantemente pelo processador e outros
dispositi:os# 1 R1) 9 :olátil, ou seDa, tudo o $ue esti:er nela 9 perdido
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 118

$uando o computador 9 desli6ado#
• ROM (Read Only Memory) )em?ria somente de leitura#
• Roteador: <$uipamento $ue recebe e encamin!a pacotes de dados
entre redes#
• RSS (Really Simple Syndication): Nma das &ormas de se receber as
atuali7ações de conteEdo mais con!ecidas, em $ue o usuário cria uma
pá6ina W)/ com atuali7ações de [email protected] e a disponibili7a em um ser:idor
da MebA os usuários com pro6ramas a6re6adores como Gnternet
<@plorer, Outlook, )o7illa %ire&[email protected] ou )o7illa T!underbird se inscre:em
em tais pá6inas e passam a receber os &eeds contendo as no:idades do
site#
• Script: IonDunto de comandos e par^metros escritos numa
determinada lin6ua6em de pro6ramaç8o para a [email protected]ç8o automática
de tare&as#
• Seção: Zrea independente dentro de um documento, com suas
pr?prias &ormatações, re6ras, e&eitos, etc# Por [email protected], um documento
do Mord pode ser di:idido em :árias seções, caso se $ueira ter
di:ersas &ormatações distintas num mesmo documento#
• Senha ou Password: IonDunto de caracteres $ue permitem a
:alidaç8o da identidade do usuário e a obtenç8o de acesso a um
sistema de in&ormaç8o ou ser:iço# ;eu uso 9 pessoal e intrans&er>:el#
• Site (tamb9m c!amado de sítio da Meb) IonDunto de pá6inas web,
acess>:eis 6eralmente pelo protocolo VTTP na Gnternet#
• Skype ;o&tware 6ratuito e simples de utili7ar $ue permite
comunicaç8o pela Gnternet por meio de [email protected]ões BoGP (Bo7 sobre GP)#
• SMTP (Simple Mail Transfer Protocol - Protocolo de
Transferência Simples de Correio): 4 um protocolo de envio de e=
mail apenas# Iom ele, n8o 9 poss>:el $ue um usuário descarre6ue suas
mensa6ens de um ser:idor# <sse protocolo utili7a a porta 25 do
protocolo TIP#
• SNMP (Simple Network Management Protocol - Protocolo
Simples de Gerenciamento de Rede): Ntili7ado para monitorar e
6erenciar uma rede de computadores, permitindo $ue se :eri&i$ue, por
[email protected], o status dos dispositi:os da rede#
• Software Pro6ramas de computador# <@emplos )icroso&t Mord,
)o7illa T!underbird#
• SSH (Secure Shell): Protocolo para lo6in remoto de &orma se6ura# Os
dados transmitidos durante uma [email protected] ;;V s8o cripto6ra&ados, ou
seDa, codi&icados#
• Tablet: Iomputador em &orma de pranc!eta eletrCnica, sem teclado e
INFORMÁTICA P/TRT-RJ (TEORIA E EXERCÍCIOS)
PROF
A
PATRÍCIA LIMA QUINTÃO
Prof
a
. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 119

com tela sens>:el ao to$ue#
• Touchpad: ;uper&>cie sens>:el ao to$ue por meio da $ual
posicionamos o ponteiro na tela#
• Twitter: Rede social, na $ual os usuários publicam e trocam
mensa6ens de at9 (+' caracteres#
• Upload: Trans&erFncia de um ar$ui:o, de $ual$uer nature7a, do
computador do usuário para al6um e$uipamento da Gnternet#
• Userid Gdenti&icaç8o do usuário no recurso computacional#
• Vírus: I?di6os de pro6ramaç8o maliciosos $ue se Oa6re6amL a
ar$ui:os e s8o transmitidos com eles# Juando o ar$ui:o 9 aberto na
mem?ria R1), o :>rus tamb9m 9, e, a partir da> se propa6a in&ectando,
isto 9, inserindo c?pias de si mesmo e se tornando parte de outros
pro6ramas e ar$ui:os de um computador#
• VoIP (Voice Over Internet Protocol): Tecnolo6ia $ue torna
poss>:el a comunicaç8o de :o7 sobre a rede GP permitindo assim a
reali7aç8o de c!amadas tele&Cnicas pela Gnternet#
• VPN (Virtual Private Network - Rede Privada Virtual) Rede
pri:ada $ue usa a estrutura de uma rede pública (como a Internet)
para trans&erir dados (de:em estar criptografados para passarem
despercebidos e inacess>:eis pela Gnternet)#
• Webmail ;er:iço de 6erenciamento de e=mails $ue utili7a um
na:e6ador Meb como inter&ace ao in:9s de um so&tware cliente de e=
mail#
• Wiki: ;ite $ue permite a ediç8o colaborati:a, ou seDa, :ários usuários
podem criar e editar seu conteEdo ([email protected], !iperlinks entre pá6inas) de
modo simpli&icado, sem a necessidade de um pro6rama especial de
ediç8o de pá6inas Meb#
• WWW (World Wide Web ou Web): ;istema de in&ormaç8o em rede
$ue utili7a o protocolo VTTP para comunicar=se por meio da Gnternet#
• Web 2.0 ;e6unda 6eraç8o de ser:iços dispon>:eis na Meb $ue
permite a colaboraç8o e o compartil!amento de in&ormações on=line
entre os usuários da rede#
• XML (Extensible Markup Language): /in6ua6em $ue descre:e
documentos estruturados e dados e :em se tornando um no:o padr8o
de troca e publicaç8o de dados e inte6raç8o entre aplicações#
• YouTube: Mebsite pEblico $ue permite aos seus usuários, uma :e7
cadastrados, carre6arem e compartil!arem :>deos em &ormato di6ital#

Sponsor Documents

Or use your account on DocShare.tips

Hide

Forgot your password?

Or register your new account on DocShare.tips

Hide

Lost your password? Please enter your email address. You will receive a link to create a new password.

Back to log-in

Close