DDS

Published on January 2017 | Categories: Documents | Downloads: 42 | Comments: 0 | Views: 298
of 3
Download PDF   Embed   Report

Comments

Content

Desorganização
A desorganização é causa constante de acidentes de trabalho na construção civil.
Mantenha as ferramentas e materiais de uso no local adequado. Se possível mantenha a fiação
elétrica em lugar elevado.
Uma obra com materiais espalhados por todos os lados é um convite ao acidente.
– Queda de materiais
Para evitar acidentes com queda de materiais é necessário tanto o uso de EPis quanto a
segurança proporcionada pelos EPCs.
O uso do capacete de segurança é muito importante para amenizar os estragos nesse tipo de
acidente.
A plataforma de segurança também é um aliado indispensável. É um EPC obrigatório para obras
com mais de 4 pavimentos.
– Dermatoses (cimento, argamassa, etc)
É importante que todo trabalhador use luvas e máscaras para diminuir o contato com esses
materiais.
– Queda de nível por;
Andaimes;
Em todo trabalho acima de 2 Mts o trabalhador deverá usar cinto de segurança de preso em
algum lugar fixo, esse lugar fixo “nunca” deve estar ligado ao andaime. Pois em caso de queda
do andaime de nada adiantaria esse cinto.
Os andaimes devem sempre estar sobre piso nivelado e estáveis, é importante que se tiver rodas
as mesmas sejam bem travadas durante o período em que o trabalhador estive-lo usando.
É importante que os andaimes tenham guarda corpo e rodapé para evitar a queda do trabalhador.
Jamais os andaimes devem ser movimentados com pessoas sobre ele.

Risco de queda na periferia das lajes: Todos os vãos das lajes internos e externos devem ser
protegidos com material resistente para evitar quedas.

Balancim
Inspecione o Balancim antes do início da jornada de trabalho. Isso não é dever só do setor de
segurança do trabalho, CIPA ou empresa.
Quando cada um faz sua parte às chances de sucesso aumentam muito, ninguém pode fazer
mais pela segurança do trabalhador do que ele mesmo.
Conecte o cinto de segurança em algum lugar fixo e independente da estrutura do balancim.
– Queda no nível (mesmo nível do solo)
Causado principalmente por materiais fora do lugar e desorganização no ambiente de trabalho.
Esse é o tipo de acidente que se evita facilmente, apenas com organização arrumação e limpeza
no ambiente trabalho.

– Choque elétrico
A principal causa de acidentes continua sendo as gambiarras.
Evite ligar vários equipamentos na mesma extensão.
Evite usar extensões muito longas. Quanto mais longa a extensão, maior será a chance de
aquecimento
do
cabo.
Não use sacolinhas como se fosse fita isolante. Seja prudente evite gambiarras e com isso
acidentes.
– Serra circular
Utilize a coifa na serra circular. A coifa é uma segurança muito importante para evitar cortes
acidentais que podem até levar a morte. Use protetor auricular e óculos ou viseira.

– Falta de sinalização
A sinalização de segurança é fator determinante para uma boa gestão de segurança do trabalho.
Sinalizar é informar, é conscientizar.
Não retire a sinalização de segurança. E faça até melhor, se notou que algum lugar deveria ser
sinalizado, mas não é, comunique a CIPA, dê a sugestão. Funcionário ativo faz a diferença
dentro da organização.

Sinalização de manutenção
Todo equipamento que pode gerar riscos se for ligado no momento da manutenção deverá ter a
placa avisando “não ligue, estamos em manutenção ou equipamento em manutenção, não
ligue”, isso evita acionamentos no momento da manutenção que poderiam causa acidentes.
Além da sinalização pode-se usar também algum método tipo barreira, cadeados, fita zebrada,
etc.

– Ferramentas
Quando não estiver em uso devem ser guardadas em local apropriado. Use a ferramenta só para
a finalidade que se destina, evite gambiarras e assim evite acidentes.
Se for indispensável andar com a ferramenta durante o experiente use equipamento próprio para
isso.

– Fundação
Todos os buracos ociosos devem ser sinalizados e isolados para evitar queda de trabalhadores.

– Armazenagem e estocagem de madeiras usadas
As madeiras que foram usadas como formas, tapumes, escoramentos, armação de telhados e
outros, devem ter seus pregos retirados ou rebatidos antes de empilhá-las ou estocá-las.
Nunca deixe madeiras com pregos espalhados pelo ambiente. Coloque-as sempre no local
correto.

– EPIs indicados na construção civil:
– Botina de segurança: Protege os pés contra cortes causados por objetos, como um prego por
exemplo.
– Capacete: Protege o trabalhador contra queda de materiais.
– Cinto de segurança: Protege contra queda de altura.
– Protetores auriculares: Protege contra o ruído no ambiente de trabalho.
– Luvas de raspa: Para transporte ou manuseio de materiais que causam risco de corte ou
ferimentos em geral.
– Máscaras: Para evitar a ingestão de partículas dispersas, cimento, pó de Brita, poeiras, etc.
– Luva de PVC: Para evitar contato com cimentos argamassas, etc.
– Luva de Latéx: Para efetuar serviços de limpeza em geral.
– Viseira: Protege contra partículas em projeção, como por exemplo, farpas de madeira no
momento do manuseio da serra circular, fagulhas lançadas pelo policorte.
– Óculos de proteção: Protege contra partículas em projeção. Mesma função da viseira.

– EPC’s indicados:

Sinalização de segurança
– Placas, e informativos.
– Cones para limitar ou evitar acesso.
Tela de proteção, conhecida também como véu de noiva.
Guarda corpos: São usados na periferia das lajes e em vãos internos para evitar quedas de
trabalhadores

Sponsor Documents

Or use your account on DocShare.tips

Hide

Forgot your password?

Or register your new account on DocShare.tips

Hide

Lost your password? Please enter your email address. You will receive a link to create a new password.

Back to log-in

Close