ninja

Published on February 2018 | Categories: Documents | Downloads: 33 | Comments: 0 | Views: 422
of 2
Download PDF   Embed   Report

Comments

Content

O Ninja é capaz de desenvolver poderes da Mente, uma arte utilizada para prever o pensamento de seu adversário, interferir ou controlar o adversário em algumas situações. Leitura da Mente

Qualquer pessoa tem o poder de intuir os pensamentos de outras. Algumas chegam a desenvolver a leitura da Mente como uma arte sutil. O objetivo da leitura menta l é antecipar os movimentos ou a ação de um individuo através de seus gestos, suas emoções, e de sua fala. Primeiro devemos determinar com que tipo de pessoas estamos : vi sual, auditiva ou tátil. Os artistas são essencialmente visuais, lidam com a cor, co m a forma e com as imagens. Os músicos exemplificam a categoria auditiva, relacion ando a si mesmo com o tom, com a melodia e com o som, quanto aos escultores dede m representar o grupo tátil, trabalhando com a textura e a forma. É interessante not ar que o toque é o habito costumeiro para muitas pessoas. Quando vêem um objeto desc onhecido, se aproximam cautelosamente, tateando para descobrir do que se trata. Como um ruído assustador ou o som de uma batida de automóvel, levará o curioso a senti r vibrações em busca da fonte do que ouviu. A maneira de classificar com que tipo de pessoas estamos lidando, está em observar os seus olhos "Os olhos são a janela da a lma". Os pensadores visuais olham para cima quando tentam lembrar ou visualizar as coisas. Os tocadores olham para baixo quando estão pensando. Observe para que q uadrante o sujeito olha quando esta pensando. Aquele que olham acima do nível dos olhos ou parecem desfocados, pensam e se lembram visualmente. Aqueles que olham de lado a lado estão escutando. Aqueles que olham para baixo e para a esquerda lem bram-se de cor ou repetindo trechos, aqueles que olham para baixo e a direita, r aciocínio. Se segurar a testa (o terceiro olho), coçar o ouvido, e esfregar a queixo são gestos usados para estimular e encorajar os processos mentais. Tendo determin ado em que categoria o sujeito deve ser qualificado, devemos nos ajustar ao modo dele agir. Isto é necessário porque muitas pessoas não tem a idéia de como processam in formação, somente sabem que são melhores em uma áreas do que em outras. Agora podemos al terar a nós mesmos, em conformidade ao padrão do sujeito, visto que não podemos espera r altera-lo. O ninja sabe que para influenciar uma pessoa se deve sair do circul o que o pressiona, não podemos esperar mudar sos outros a menos que tenhamos contr ole sobre nos mesmos. Existem vários Outros métodos que me proponho a abordar em bre ve. Sugestão: é a habilidade de implantar uma semente na mente dos outros. Se aquele que for semeado tiver uma imaginação ativa e motivação suficiente, aquela semente irá crescer e florescer. Esta é a base para muitas lendas de curandeiros que "rezam para mata r um homem". Por outro lado, se o ouvinte tem auto confiança suficiente e um forte código moral, tais sementes de destruição caem em ouvidos surdos, somente para secar e morrer. Impressionamento: é uma técnica para assegurar a cooperação de alguém disposto a aceitar u ma causa. Veja por exemplo o caso do hipnotizador de palco que pede voluntários. A queles que se oferecem como voluntário estão pré dispostos a estar no palco com o ment alista. Ou eles estão a fim de experimentar um pouco do poder do hipnotizador em ação, ou gostariam de desafia-lo a vence-los, mesmo esses últimos podem ser induzidos a cooperar, entretanto, por um simples mecanismo. O impressionismo também é usado no treinamento militar básico. Um indivíduo é escolhido entre a tropa, seja por suas inig ualáveis habilidades, seja pela falta delas e mandando executar um desempenho para o resto do batalhão. Se ele tem algum sentimento do orgulho, ele se obrigará a faze r o melhor que possa, seja pela autodisciplina pessoal, seja pela pressão de seus pares, aqueles com quem ele deve continuar a interagir. De tempos a tempos este método revela líderes naturais. Controlando Opções: Está técnica envolve fazer com que o sujeito tenha a impressão de esta r tomando uma decisão livre enquanto estará sendo influenciado a escolher o item des ejado. Por exemplo, numa reunião onde existe uma ou mais pessoas que são completamen te contrário a você, é sabido que qualquer proposta que você coloque será rejeitada, então rabalhe o oposto do que você deseja, e terá seus opositores trabalhando para aprovar

sua proposta. Outro exemplo é lançar uma pergunta aleatória, cuja respostas sejam sem pre não apropriada. Quando perguntado "Você parou de bater na sua mulher?". Se a pes soa responder não, isso poderá ser entendido que ele continua batendo nela. Se ele r esponder sim então terá confessado ter praticado essa violência antes. Se não se der nen huma resposta, o interlocutor pode alegar que o sujeito teme responder por causa do sentimento de culpa; e se o sujeito alega que isso é um truque, ele pode ser a cusado de ser hipersensível. Essencialmente, estes métodos confiam em controlar as o pções das pessoas de madeira que apenas uma decisão, aquela que é esperada, é possível, enq anto ao mesmo tempo, se cria a ilusão de que a pessoa esta livre para escolher o q ue lhe agrada. Hipnose em Combate: No combate, o HSI MEN JITSU ("Caminho da ponte Mental"), sig nifica a habilidade de induzir o inimigo fazer o que você quer, independente dos i nteresses dele. Como descrito anteriormente, podemos fazer com que seu melhor in teresse será servido com o impressionamento, mas também é possível manipular seu comport amento por meios de truques. Por exemplo: em combate Avance, finja um ataque e d eixe o adversário defende-lo. Faça isso duas vezes, na terceira avance como antes, m as ataque em local diferente. O inimigo, foi programado pelo simples recurso de atacar e defender, observará o avanço e fará o mesmo bloqueio pela terceira vez. Nessa ocasião entretanto, o alvo será diferente, essa técnica quase nunca falha. Uma versão mais simples é a finta clássica. O estilo do Dragão é um bom exemplo : Se alguém ataca des ferindo um chute voador seguido de uma rasteira, o inimigo, defendendo-se de con tra um abre-se para a outra. Outra tática efetiva é usar ganchos psicológicos, como po r exemplo: tornar o inimigo raivoso, e encorajando-o a atacar selvagemente. Inju riar para fazer com que o adversário se lance num padrão de ataque também se inclui ne ssa categoria. Em terceiro lugar, uma tática muito eficaz para o ninja é contradizer o alvo. Usando suas habilidades evasivas, o Ninja evita golpes do inimigo. Isso certamente o frustra. O General Sum Tze dizia, "A arte da guerra se baseia na d ecepção"; também se baseia no reflexo e no engano.

Sponsor Documents

Or use your account on DocShare.tips

Hide

Forgot your password?

Or register your new account on DocShare.tips

Hide

Lost your password? Please enter your email address. You will receive a link to create a new password.

Back to log-in

Close